Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é assexualidade

A assexualidade corresponde a uma orientação sexual caracterizada pela ausência de interesse por sexo, apesar de apreciar a intimidade e, por isso, a pessoa assexual é capaz de amar e se envolver emocionalmente com um parceiro, mantendo um namoro ou até mesmo o casamento mesmo sem qualquer contato sexual, embora a masturbação possa acontecer.

Este tipo de relacionamento sem sexo pode ser feito com pessoas do mesmo sexo ou não e é mais fácil quando ambas as pessoas do casal são assexuadas. A assexualidade é uma orientação sexual semelhante à heterossexualidade, homossexualidade ou bissexualidade, e, por isso, não se deve julgar ou maltratar essas pessoas, uma vez que todas merecem ser tratadas com respeito e dignidade.

O que é assexualidade

O que causa a assexualidade

Enquanto que nos transtornos e distúrbios sexuais pode haver fatores envolvidos como estresse, depressão, conflitos de religião, uso de medicamentos que diminuem a libido, e as doenças hormonais como hipotireoidismo e hipogonadismo, na assexualidade a causa não pode ser definida porque não existem causas orgânicas ou psicológicas envolvidas.

O sexólogo clínico é o profissional de saúde mais indicado para tratar os distúrbios relacionados à sexualidade e por isso se a pessoa achar que possui algum tipo de transtorno que precisa de tratamento, deverá procurar por este profissional para alcançar o bem-estar físico, emocional e sexual.

Como é o relacionamento assexual

As pessoas assexuais podem ter um relacionamento normal, em que há amor, interesse, envolvimento e, até mesmo, intimidade, apesar de não haver relação sexual. Isso porque os assexuais acreditam que o amor não está necessariamente vinculado ao sexo, e, por isso, não sentem necessidade de se sentirem atraídas sexualmente para que se possa estar em um relacionamento.

Embora a penetração durante o ato sexual não aconteça na assexualidade, devido à falta de interesse, a masturbação pode ser utilizada pelo homem para que o excesso de espermatozoides seja eliminado, já que seu corpo continua essa produção durante toda a vida do homem. Assim, a masturbação pode acontecer entre pessoas assexuais sem que haja desejo sexual envolvido e sem fantasias sexuais relacionadas, sendo somente um ato mecânico.

O que é assexualidade

Como diferenciar assexualidade de falta de desejo sexual

O transtorno do desejo sexual hipoativo é uma doença caracterizada pela falta de fantasias sexuais e pela falta de vontade de ter contato íntimo, que gera angústia e sofrimento. Neste caso, a pessoa tinha desejo sexual mas em algum momento, este diminuiu ou deixou de existir. Nesses casos, o apetite sexual pode ser aumentado por meio de terapia, em que é identificada a possível causa da diminuição da libido, além de medidas naturais. Confira algumas opções de remédios caseiros para aumentar o apetite sexual.

No caso da assexualidade, todos os órgãos e sistemas estão funcionando bem, mas a pessoa não tem nenhuma vontade ou necessidade de ter sexo com penetração, e não se preocupa com isso, por isso não há angústia ou sofrimento envolvido. Quando há sintomas como angústia e sofrimento, este sintoma pode indicar o transtorno do desejo sexual hipoativo, uma doença que tem diversas causas e que pode ser tratada com medidas simples, veja o que fazer para aumentar o interesse pelo sexo e melhorar o contato íntimo.

Como diferenciar a assexualidade do Celibato

O celibato é uma escolha onde a pessoa não tem contato íntimo mas também não há namoro, nem casamento e por isso a pessoa não tem nenhum tipo de aproximação ou intimidade, permanecendo solteira por toda a vida. Um exemplo comum são os padres e as freiras que decidem por questões religiosas não ter nenhum tipo de relacionamento amoroso, no entanto eles podem manter o desejo sexual e lutam contra este desejo, reprimindo-o.

No caso da assexualidade, a pessoa não tem qualquer tipo de desejo e por isso não precisa lutar contra estes impulsos, porque eles não existem. Estas são chamadas de assexuais e esta é uma condição permanente, que dura toda a vida, mas pode haver namoro e casamento, mas sempre sem sexo.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...