Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como é feita e para que serve a angiografia

A angiografia é um exame de diagnóstico que permite visualizar melhor o interior dos vasos sanguíneos, servindo para avaliar a sua forma e diagnosticar possíveis doenças como aneurisma ou arteriosclerose, por exemplo.

Dessa forma, este exame pode ser feito em vários locais do corpo, como cérebro, coração ou pulmões, por exemplo, dependendo da doença que se está tentando diagnosticar.

Para facilitar a observação completa dos vasos, é preciso utilizar um produto de contraste, que é injetado através de cateterismo, que é uma técnica que usa um fino tubo inserido em uma artéria na virilha ou no pescoço, para chegar até ao local que se pretende avaliar.

Como é feita e para que serve a angiografia

Preço do exame

O preço da angiografia pode variar de acordo com o local do corpo a avaliar, assim como a clínica selecionada, no entanto, é de aproximadamente 4 mil reais.

Para que serve a angiografia

Este exame ajuda no diagnóstico de diversos problemas, dependendo do local onde é feito. Alguns exemplos são:

Angiografia cerebral

  • Aneurisma cerebral;
  • Tumor no cérebro;
  • Presença de coágulos que podem provocar AVC;
  • Estreitamento odas artérias cerebrais;
  • Hemorragia cerebral.

Angiografia cardíaca

  • Defeitos cardíacos congênitos;
  • Alterações nas valvas cardíacas;
  • Estreitamento das artérias do coração;
  • Diminuição da circulação sanguíena no coração;
  • Presença de coágulos, que podem levar a infarto.

Angiografia pulmonar

  • Malformações do pulmão;
  • Aneurisma das artérias pulmonares;
  • Hipertensão pulmonar;
  • Embolia pulmonar;
  • Tumor no pulmão.

Angiografia ocular

  • Retinopatia diabética;
  • Degeneração macular;
  • Tumores nos olhos;
  • Presença de coágulos.

Geralmente, este exame só é feito quando outros exames menos invasivos, como ressonância magnética ou tomografia, não conseguiram identificar corretamente o problema.

Como é feito o exame

Para realizar o exame é aplicada anestesia no local onde vai ser introduzido o cateter, que é um pequeno tubo que é conduzido pelo médico até o local onde se pertende observar os vasos sanguíenos, que geralmente é inserido na virilha ou no pescoço.

Depois de inserido o cateter até ao local que se pretende analisar, o médico injeta o contraste e tira várias radiografias na máquina de raio X. O líquido de contraste é refletido pelos raios imitidos pela máquina e, por isso, aparece com uma coloração diferente nas imagens tiradas, permitindo observar todo o trajeto do vaso.

Durante o exame permanece-se acordado, porém como é necessário ficar o mais imóvel possível, o médico pode aplicar um medicamento para acalmar e, por isso, é possível sentir-se um pouco de sono.

Este exame dura cerca de uma hora, mas é possível voltar a casa logo a seguir, uma vez que não é preciso usar anestesia geral. Em alguns casos, pode também ser necessário dar um ponto e colocar um curativo no local onde foi introduzido o cateter.

Como se preparar para o exame

Para realizar o exame é importante ficar de jejum por cerca de 8 horas para evitar vomitar, especialmente se o médico for utilizar um remédio para acalmar durante o exame.

Além disso, em alguns casos é necessário parar de tomar alguns medicamentos 2 a 5 antes do procedimento, como anticoagulantes, coumadin, lovenox, metformina, glucophage aspirina, por exemplo, sendo, por isso, muito importante informar o médico sobre os remédios que se está tomando.

Cuidados depois do exame

Nas 24 horas seguintes ao exame não se deve fazer atividade física, permanecendo em repouso, para evitar sangramento e os medicamentos de uso habitual só deve ser tomados quando o médico indicar.

Riscos da angiografia

O risco mais comum deste exame é uma reação alérgica ao contraste que é inserido, no entanto o médico normalmente possui medicamentos preparado para injetar caso isso aconteça. Além disso, pode também ocorrer sangramento no local de inserção do cateter ou problemas renais devido ao contraste. Veja mais sobre os riscos dos exames com o uso de contraste.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...