Aneurisma: o que é, sintomas, causas e tratamento

setembro 2022
  1. Sintomas
  2. Causas
  3. Diagnóstico
  4. Tipos de aneurisma
  5. Tratamento
  6. Cura

O aneurisma é quando uma artéria aumenta de tamanho, o que pode causar sintomas como dor no peito, falta de ar e até sangramentos, nos casos mais graves. 

Geralmente, o aneurisma acontece devido a uma fraqueza na parede do vaso, sendo mais comum em idosos e fumantes, por exemplo. Além disso, o risco também é maior em caso de doenças como hipertensão e aterosclerose.

Assim, em caso de suspeita de aneurisma é importante consultar um clínico geral ou angiologista para uma avaliação e início do tratamento mais adequado, que pode envolver desde o seu monitoramento e mudança de hábitos até a cirurgia.

Principais sintomas

Os principais sintomas de aneurisma são:

  • Sensação de pulsação no abdome;
  • Dor na cabeça, peito, abdome ou costas, dependendo da localização do aneurisma;
  • Falta de ar;
  • Tosse;
  • Rouquidão.

Geralmente, aneurismas pequenos causam nenhum ou poucos sintomas, demorando meses ou anos até serem descobertos, no entanto, podem aumentar de tamanho com o tempo, o que pode provocar sintomas e elevar o risco de complicações como sangramento ou infecções respiratórias.

Assim, em caso de suspeita de aneurisma, é recomendado consultar um angiologista ou clínico geral para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento mais apropriado. 

No entanto, caso sintomas como tosse com sangue, falta de ar intensa, sonolência e desmaio ocorram, podem indicar a ruptura do aneurisma, que é uma situação grave, sendo recomendado procurar uma emergência para uma avaliação. Saiba como identificar mais sinais de emergência em caso de aneurisma.

Possíveis causas

O aneurisma normalmente é causado devido a uma fraqueza da parede do vaso, sendo mais comum de acontecer em pessoas idosas, fumantes e pessoas com histórico familiar de aneurisma. 

Além disso, o risco de desenvolvimento de aneurismas também é maior em caso de doenças, como hipertensão, aterosclerose, tumores e colesterol elevado, infecções, como sífilis e tuberculose, e após pancadas.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico de aneurisma é feito pelo médico através de exames de imagem, como ecocardiograma, tomografia computadorizada, ressonância magnética ou ultrassom, que são capazes de identificar a dilatação no vaso. 

Tipos de aneurisma

De acordo com a sua localização, o aneurisma pode ser classificado em alguns tipos, sendo os principais:

1. Aneurisma cerebral

O aneurisma cerebral ocorre quando um aneurisma se forma em artérias no cérebro. Embora geralmente não cause sintomas, quando o aneurisma se rompe, geralmente causa dor de cabeça intensa e repentina acompanhada de desmaio. Conheça outros sintomas do aneurisma cerebral.

2. Aneurisma da aorta abdominal

O aneurisma da aorta abdominal é quando o aneurisma surge na porção abdominal da artéria aorta e, quando grande, pode causar sintomas como dor e a sensação de pulsação no abdome. Além disso, quando se rompe, pode causar sangramento intenso, colocando a vida da pessoa em risco. Confira os principais sintomas dos aneurismas na aorta.

3. Aneurisma da artéria pulmonar

O aneurisma da artéria pulmonar ocorre quando um aneurisma se desenvolve no tronco pulmonar, em uma das artérias pulmonares ou outras artérias que levam sangue aos pulmões, podendo causar sintomas como falta de ar ou tosse. Além disso, podem ocorrer outros sintomas como febre e calafrios quando o aneurisma é causado por infecções. 

4. Aneurisma da aorta torácica

Quando o aneurisma ocorre na porção torácica da artéria aorta é chamado de aneurisma da aorta torácica. Embora geralmente não cause sintomas, quando se rompe pode provocar dor intensa no peito ou nas costas acompanhada de pressão baixa. 

Como é feito o tratamento

O tratamento do aneurisma é orientado pelo clínico geral ou angiologista e geralmente depende da sua localização, tamanho e se o aneurisma causa sintomas. Assim, em alguns casos, o aneurisma pode apenas ser acompanhado por meio de exames como o ultrassom ou tomografia computadorizada. 

No entanto, quando o aneurisma é muito grande, apresenta crescimento, causa sintomas ou é causado por infecções, a cirurgia geralmente é indicada devido ao risco de complicações, como ruptura e sangramento.  

Além disso, é importante parar de fumar e tratar adequadamente doenças como hipertensão e colesterol elevado.

Aneurisma tem cura?

O aneurisma tem cura quando é feita uma cirurgia para a sua retirada. Porém, quando o risco de sangramento é baixo, geralmente apenas o monitoramento e tratamento de outras doenças existentes são necessários.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em setembro de 2022.

Bibliografia

  • ETMINAN, Nima; DORFLER, Arnd; STEINMETZ, Helmuth. Unruptured Intracranial Aneurysms- Pathogenesis and Individualized Management. Dtsch Arztebl Int. Vol.117, n.14. 235-242, 2020
  • STATPEARLS. Abdominal Aortic Aneurysm. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK470237/>. Acesso em 14 set 2022
Mostrar bibliografia completa
  • CAMPOS, Leticia G. et al. Pulmonary artery aneurysm rupture. Autops Case Rep. Vol.10, n.1. 2020
  • DUIJNHOUWER, Anthonie L. et al. Aneurysm of the Pulmonary Artery, a Systematic Review and Critical Analysis of Current Literature. Congenit Heart Dis. Vol.11, n.2. 102-109, 2016
  • SALAMEH, Maya J; BLACK, James H; RATCHFORD, Elizabeth V. Thoracic aortic aneurysm. Vasc Med. Vol.23, n.6. 573-578, 2018
  • STATPEARLS. Cerebral Aneurysm. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK507902/>. Acesso em 14 set 2022
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.