Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Amnésia

A amnésia é a perda da memória recente ou antiga, que pode ocorrer de forma total ou parcial. A amnésia pode durar alguns minutos ou horas e desaparecer sem tratamento ou pode levar a perda de memória permanente.

Os tipos existentes de amnésia são:

  • Amnésia retrógrada: Quando um traumatismo craniano leva a perda da memória imediatamente antes do trauma;
  • Amnésia anterógrada: É a perda de memória para eventos recentes, fazendo com que o paciente só consiga lembrar de eventos antigos;
  • Amnésia pós-traumática: Quando um traumatismo craniano leva a uma perda da memória dos eventos ocorridos imediatamente após o trauma.

Os alcoólatras e os desnutridos podem apresentar uma forma incomum de amnésia, devido à carência da vitamina B1, conhecida como síndrome de Wernicke-Korsakoff, que é a combinação de um estado de confusão mental aguda e uma amnésia mais prolongada. Estes tendem a apresentar uma marcha instável, paralisia dos movimentos oculares, visão dupla, confusão mental e sonolência. A perda da memória nestes casos é grave.

Tratamento para amnésia

O tratamento para amnésia vai depender da causa e da sua gravidade. Para boa parte dos casos é indicado acompanhamento psicológico e reabilitação cognitiva para que o paciente aprenda a lidar com a perda da memória e estimule outros tipos de memória para compensar o que foi perdido.

O tratamento também tem como objetivo fazer com que o paciente desenvolva estratégias para viver com a perda de memória, principalmente nos casos das perdas permanentes.

Amnésia tem cura?

Amnésia tem cura nos casos de perdas transitórias ou parciais, onde não houve lesão permanente no cérebro, mas nos casos de grave lesão no cérebro, a perda de memória pode ser permanente.

Em ambos os casos, pode ser feito um tratamento psicológico e reabilitação cognitiva, onde o paciente vai aprender formas para viver com a nova realidade e desenvolver estratégias para estimular a memória restante, compensando o que foi perdido.

A amnésia anterógrada pode ser evitada ou minimizada, através de algumas medidas de prevenção, como:

  • Utilizar capacete ao andar de bicicleta, moto ou quando praticar esportes radicais;
  • Usar sempre cinto de segurança ao dirigir;
  • Evitar o abuso de bebidas alcoólicas e de drogas ilícitas.

Nos casos de qualquer trauma na cabeça, infecções cerebrais, derrames ou aneurismas, o paciente deve ser encaminhado imediatamente para as urgências do hospital para que as lesões no cérebro sejam devidamente tratadas.

Links úteis:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...