Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Adesivo anticoncepcional: Como usar, vantagens e desvantagens, e como funciona

O adesivo anticoncepcional funciona como a pílula tradicional, mas neste caso os hormônios estrogênio e progestogênio são absorvidos através da pele, protegendo até 99% contra a gravidez, desde que seja usado corretamente. 

Para usar corretamente basta colar o adesivo na pele no 1º dia da menstruação e trocar depois de 7 dias, colando outro num outro local. Depois de usar 3 adesivos consecutivos deve-se fazer um intervalo de 7 dias, para então colocar um novo adesivo na pele.

Algumas marcas deste tipo de anticoncepcional são Evra e Lisvy que podem ser compradom em qualquer farmácia convencional com a receita médica do ginecologista. Este produto pode ser comprado com o preço médio de 50 e 80 reais por caixa de 3 adesivos, que é o suficiente para um mês de contracepção. 

Adesivo anticoncepcional: Como usar, vantagens e desvantagens, e como funciona

Como usar o adesivo

Para usar o adesivo contraceptivo deve-se descolar a parte posterior do adesivo e colar nos braços, costas, parte inferior da barriga ou no bumbum, sendo recomendado evitar a região das mamas, uma vez que a absorção de hormônios neste local pode causar dor.  

Ao colar o adesivo é também importante garantir que fica num local de fácil acesso e visível, para permitir verificar sua integridade todos os dias. Este tipo de adesivo possui uma boa implantação e, por isso, não costuma soltar-se com facilidade, mesmo durante o banho, mas é bom conseguir vê-lo diariamente. Deve-se evitar colocar nos locais onde existem dobras da pele ou onde a roupa aperta mais para que ele não fique amassado ou enrugado. 

Antes de colar o adesivo na pele certifique-se de que a pele está limpa e seca. Não se deve passar creme, gel ou loção por cima do adesivo para que ele não solte. No entanto, ele não sai no banho e é possível frequentar a praia, piscina e nadar com ele. 

Como colocar o 1º adesivo

Para quem não usava nenhum outro método contraceptivo deve esperar o 1º dia da menstruação para colar o adesivo na pele. Mas quem quer deixar de tomar a pílula anticoncepcional pode colar o adesivo no dia seguinte após tomar o último comprimido da cartela, antes de descer a menstruação.

A menstruação pode ficar altera nos 2 primeiros meses de uso deste adesivo contraceptivo, mas tende a normalizar a partir daí.

Como funciona

O adesivo anticoncepcional é bastante eficaz porque libera hormônios na corrente sanguínea que impedem a ovulação, além de tornarem o muco cervical mais espesso, evitando que os espermatozoides consigam chegar até ao útero, diminuindo muito as chances de gravidez.

A menstruação deve descer na semana de pausa, em que não é usado nenhum adesivo. 

Vantagens e desvantagens 

As principais vantagens de usar o adesivo contraceptivo é não precisar tomar um medicamento todos os dias e a principal desvantagem é que as mulheres que estejam acima do peso não devem usar, porque o acumulo de gordura sob a pele dificulta a entrada dos hormônios deste patch, comprometendo sua eficácia. Veja no quadro a seguir:

VantagensDesvantagens
Muito eficazPode ser visto pelos outros
É fácil de usarNão protege contra DSTs
Não impede a relação sexualPode causar irritação na pele

O que fazer se o adesivo descolar 

Se o adesivo descolar da pele por mais de 24 horas, deve-se colar um novo adesivo imediatamente e usar camisinha durante 7 dias. 

O que fazer se esquecer de trocar o adesivo no dia certo 

O adesivo não perde sua eficácia antes de 9 dias de uso, por isso, se esquecer de trocar o adesivo no 7º dia, pode-se trocar assim que lembrar desde que não ultrapasse 2 dias do dia da troca. 

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos do adesivo transdérmico são os mesmos da pílula, incluindo irritação na pele, sangramento vaginal, retenção de líquidos, aumento da pressão arterial, manchas escuras na pele, enjoo, vômito, dor nos seios, cólicas, dor abdominal, nervosismo, depressão, tontura, queda de cabelo e aumento das infecções vaginais. Além disso, como qualquer terapia hormonal, o adesivo pode causar alterações do apetite e desequilíbrios hormonais facilitando o ganho de peso e fazendo a mulher engordar. 

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...