Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

9 dicas para cuidar da criança com diabetes

Quando uma criança tem diabetes, pode ser difícil lidar com a situação, já que é necessário realizar uma alimentação saudável, rica em legumes e pobre em açúcares, o que pode deixar a criança frustrada.

Este pode ser um fator de estresse para muitos pais e crianças, porém existem dicas importantes e que podem ajudar a cuidar da criança com diabetes a manter a qualidade de vida e que incluem:

9 dicas para cuidar da criança com diabetes

1. Comer sempre na mesma hora

As pessoas com diabetes devem comer sempre à mesma hora e, idealmente, realizar 6 refeições por dia.

2. Oferecer uma dieta adaptada

Deve-se oferecer para a crianças uma dieta rica em alimentos com fibras e baixo índice glicêmico, como feijão, maçã ou esparguete. Veja uma lista completa de alimentos com baixo índice glicêmico;

3. Não oferecer açúcar

As crianças diabéticas não devem comer doces, por isso não se deve oferecer alimentos ricos em açúcar, podendo substituí-lo por adoçante.

4. Evitar ter doces em casa

Deve-se evitar ao máximo ter doces como bolos, bolachas, chocolates ou outras guloseimas em casa, para evitar a tentação da criança. Já existem alguns alimentos que podem substituir estes doces, com adoçante na composição e que podem ser ingeridos por diabéticos.

5. Levar doces sem açúcar para as festas

Oferecer, nas festas de aniversário, doces sem açúcar, como gelatina diet, pipoca com canela ou biscoitos diet para a criança não se sentir excluída. Veja uma ótima receita de bolo diet para diabetes.

6. Incentivar a prática de exercício físico

Para que a criança cresça saudável, deve-se incentivar a fazer exercícios como futebol, dança ou natação, por exemplo.

7. Ser carinhoso

As picadas diárias para administrar insulina ou fazer testes de glicemia, podem ser muito violentas para a criança e por isso é muito importante ser paciente e dar carinho para a criança depois de fazer as pesquisas de glicemia ou administrar a insulina.

8. Deixar a criança participar no tratamento

Deixar a criança participar no seu tratamento, deixando, por exemplo, que escolha o dedo para a picada ou segurar na caneta de insulina, pode tornar o processo menos aborrecido.

9. Informar a escola

Informar a escola sobre a situação de saúde da criança, é um passo fundamental e muito importante no caso de crianças que têm que realizar uma alimentação específica e tratamentos fora de casa. Assim, os pais devem avisar a escola para que sejam evitados doces e para que seja feita educação da turma nessa área.

Estas dicas devem ser adaptadas à idade da criança e, à medida que vai crescendo, os pais devem ensinar sobre a doença, explicando o que é, porque acontece e como pode ser tratada.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem