Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que são xantomas e como tratar

Xantoma, ou xantelasma, é a formação "bolhas ou bolsas" com conteúdo rico em colesterol, que surge devido ao acúmulos de células contendo gorduras na pele ou tendões, geralmente, em pessoas que têm o colesterol ou triglicerídeos muito elevados. 

Assim, o xantoma não é uma doença, mas um sintoma associado a um defeito no metabolismo de gorduras e proteínas que carregam o colesterol no organismo, e podem surgir em qualquer local do corpo, mas são mais comuns nos cotovelos, joelhos, pés, coxas, mãos, pálpebras e glúteos..

Os principais tipos de xantoma são:

  • Xantelasmas: são o tipo o xantoma que se localiza na pálpebra, na forma de placas amareladas e amolecidas, geralmente, em pessoas com história de hipercolesterolemia, que é o colesterol elevado. 
  • Xantomas eruptivos: são a forma mais comum, associados ao aumento dos triglicerídeos, em que surgem pequenos caroços amarelos, principalmente, nas coxas, pernas, nádegas e braços. Costumam melhorar quando os triglicerídeos se normalizam;
  • Xantomas tuberosos: nódulos amarelados que se localizam preferencialmente nos cotovelos e calcanhares de pessoas portadoras de hipercolesterolemia;
  • Xantoma tendíneo: é o depósito que ocorre nos tendões, principalmente no tendão de aquiles, no calcanhar, ou dos dedos, e costumam surgir em pessoas com portadoras de hipercolesterolemia;
  • Xantomas planos: são achatados e surgem mais frequentemente nas pregas palpares, rosto, tronco e em cicatrizes.

Existe, ainda, outra forma de xantoma, que é o xantoma gástrico, depósito de gorduras localizada no estômago, que, geralmente, não provoca sintomas e costuma ser achado em endoscopias ou cirurgias gástricas por outros motivos. Este tipo de xantoma é raro, e não se sabe exatamente a sua causa.

O que são xantomas e como tratar
O que são xantomas e como tratar

Como é feito o tratamento

Caso a pessoa portadora de xantomas tenha um excesso de colesterol ou triglecrídeos detectados no exame de sangue, o médico irá indicar o tratamento para controle destes níveis, com medicamentos chamados hipolipemiantes, como Sinvastatina, Atorvastatina, e fibratos, como Fenofibrato ou Benzafibrato, por exemplo. Confira como é feito o tratamento para o colesterol alto e para baixar os triglicerídeos.

Além disso, podem ser feitos procedimentos para retirada dos depósitos, feitos pelos dermatologista, como:

  • Cirurgia para retirada e fechamento com pontos:  é a opção mais segura, eficaz, pode se feita no ambulatório, tem baixo custo e produz excelentes resultados;
  • Cauterização química: mais indicada para lesões pequenas e superficiais. É feita através da aplicação de substâncias cáusticas como ácido tricloroacético ou combinações de ácidos;
  • Tratamento com laser: através do dióxido carbônico ultra pulsado ou de laser pulsado;
  • Criocirurgia: utilizando nitrogênio líquido ou neve carbônica;

Também é muito importante que seja feito o tratamento e controle de outras doenças associadas a alterações no metabolismo e formação de xantomas, como diabetes, câncer do fígado, hipotireoidismo ou doenças renais.

Tratamento para xantoma gástrico

O xantoma gástrico ou xantelasma gástrico são bolsas amareladas de colesterol o lipídeos, com contornos um pouco irregulares, que podem medir 1 a 2 mm, localizados no estômago. 

Para tratar este tipo de xantoma é necessário fazer exames de endoscopia e biópsia, e se forem descartados sinais de câncer no estômago, geralmente trata-se de uma situação benigna, e a conduta deve ser a observação, ou seja, deve-se acompanhar frequentemente para ver a evolução do problema.

Entretanto, se há risco de formação de câncer ou sinais de piora do xantoma, o médico poderá orientar a sua retirada, procedimento feito através de endoscopia. 

Mais sobre este assunto:


Carregando
...