Verruga no pênis: o que pode ser, sintomas e como tratar

Atualizado em novembro 2023

Verruga no pênis é um sintoma da infecção causada pelo vírus HPV, o Papilomavírus Humano, e surge principalmente na cabeça do pênis tendo como características ser da mesma cor da pele, podendo ser lisas ou similares à couve-flor.

A verruga no pênis, conhecida também como condiloma acuminado ou crista de galo, é transmitida principalmente através de relações sexuais sem uso de preservativo. Veja como acontece a transmissão da verruga no pênis.

Apesar de não existir um tratamento que consiga eliminar o vírus do HPV do organismo, os tratamentos indicados pelo urologista, como uso de cremes e pomadas, laser, cirurgia e crioterapia, ajudam a remover as verrugas, diminuindo o risco de transmissão do vírus para outras pessoas.

Imagem ilustrativa número 1

Sintomas de verruga no pênis

Os principais sintomas de verruga no pênis são:

  • Lesões pequenas elevadas, com menos de 5mm de diâmetro;
  • Verrugas da mesma cor da pele, mas também podem ser um pouco mais escuras;
  • Verrugas lisas ou semelhantes à uma couve-flor;
  • Coceira, vermelhidão ou irritação no local;
  • Sensação de ardor ou desconforto;
  • Sangramentos espontâneos na lesão.

Apesar de serem mais comuns na cabeça do pênis, também chamada glande, as verrugas genitais também podem surgir no escroto.

É importante ressaltar que as lesões no pênis podem surgir entre 2 meses e 20 anos após a infecção e não causam dor.

Além disso, na maioria dos casos, a verruga no pênis não é acompanhada de outros sinais ou sintomas, mas pode causar sofrimento psicológico no homem.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da verruga no pênis é feito pelo urologista através da avaliação dos sintomas, histórico de saúde e exame físico observando as características das verrugas.

Além disso, pode ser feito o exame de peniscopia, em que o médico utiliza um tipo de "lupa" para identificar lesões muito pequenas no pênis, ajudando a confirmar a causa da verruga no pênis. Saiba como é feita a peniscopia.

Marque uma consulta com um urologista na região mais próxima de você:

Cuidar da sua saúde nunca foi tão fácil!

Marque uma consulta com nossos Urologistas e receba o cuidado personalizado que você merece.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender

Quando existe dúvida no diagnóstico, o homem tem o sistema imune enfraquecido ou lesões pigmentadas ou com úlceras ou sangramentos, o médico pode fazer uma biópsia da verruga.

Essa biópsia serve para confirmar o diagnóstico e descartar outras condições com sintomas semelhantes, como molusco contagioso ou condiloma lata causado pela infecção por sífilis.

O que pode ser verruga no pênis

A verruga no pênis, ou condiloma acuminado, é normalmente sinal de infecção sexualmente transmissível causada pelo HPV, geralmente do tipo 6 ou 11.

Esse vírus infecta a pele e as mucosas causando o surgimento de uma ou mais lesões na região genital, principalmente na glande (cabeça no pênis) do pênis. Entenda melhor o que pode ser a verruga no pênis.

Como acontece a transmissão

A transmissão da verruga no pênis acontece através do contato direto com as lesões, sendo principalmente através das relações sexuais sem uso de preservativo, seja por via oral, anal e vaginal, podendo acontecer até mesmo sem a penetração vaginal ou anal.

Apesar de ser bastante raro, a transmissão da verruga no pênis também pode acontecer com o uso compartilhado de brinquedos sexuais, roupas íntimas, toalhas, banheiras e vasos sanitários.

Alguns fatores de risco podem aumentar as chances de se contrair a verruga no pênis, como:

  • Manter relações sexuais com vários (as) parceiros (as);
  • Ter tido outra infecção sexualmente transmissível;
  • Ter relações sexuais com um (a) parceiro (a) que não conhece o histórico de saúde.

Além disso, pessoas com o sistema imunológico comprometido, como gestantes, pessoas em tratamento de quimioterapia, ou radioterapia, em uso de medicamentos imunossupressores e pessoas portadoras de HIV / Aids também têm mais chances de contrair a verruga no pênis.

Como é feito o tratamento

A cura contra o HPV é muito rara e pode acontecer somente quando o organismo consegue combater o vírus naturalmente. No entanto, alguns tratamentos são indicados para eliminar as verrugas, o que evita a transmissão do vírus para outras pessoas.

Os tratamentos indicados para remover as verrugas no pênis variam de acordo com o tamanho e local das lesões e incluem o uso de medicamentos, cirurgia, crioterapia ou laser.

1. Remédios

A aplicação de remédios, como a solução de ácido tricloroacético ou de podofilotoxina, podem ser feitos pelo urologista no consultório para eliminar as verrugas no pênis.

Além disso, algumas pomadas e cremes também podem ser indicados pelo médico para uso em casa, como o imiquimode, que deve ser aplicado 3 vezes por semana, por até 16 semanas, e a podofilotoxina, que deve ser aplicada nas lesões 2 vezes ao dia por 3 dias seguidos.

2. Laser

Este tipo de tratamento usa um feixe de luz intenso para destruir os vasos sanguíneos das lesões e diminuir o fluxo sanguíneo, causando, assim, a morte das células e ajudando a combater as verrugas no pênis.

3. Crioterapia

A crioterapia é uma técnica em que se aplica o nitrogênio líquido nas lesões, diminuindo o fluxo de sangue e promovendo a morte das verrugas. Veja como é feita a crioterapia.

4. Cirurgia

Esse procedimento é indicado quando houve falha nos tratamento anteriores, quando se deseja um tratamento mais rápido no caso da doença avançada, ou quando é preciso avaliar o tipo de vírus causador da verruga no pênis.

Além disso, a cirurgia também pode ser indicada nos casos de lesões, verrugas queratinizadas ou muito grandes.

Como prevenir

As verrugas no pênis podem ser prevenidas através do uso do preservativo em todas as relações sexuais, uma vez que o vírus HPV é transmitido através do contato sexual desprotegido com uma pessoa que tenha o vírus.

Além disso, outra forma de prevenir as verrugas no pênis, é tomar a vacina HPV, pois cobre contra os principais tipos de HPV que causam verrugas genitais, o 6 e 11, além de proteger contra outros tipos de HPV. Veja quando tomar a vacina contra o HPV.