Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como parar de suar nas mãos

O suor excessivo nas mãos, também chamado de hiperidrose palmar, acontece devido ao hiperfuncionamento das glândulas sudoríparas, que produzem transpiração nesta região. 

Existem algumas formas de disfarçar o suor acima do normal, com o uso de sais de alumínio, talco ou lenços, mas os tratamentos definitivos e mais eficazes devem ser indicados pelo dermatologista ou cirurgião plástico, e algumas opções são a aplicação de botox, uso do remédio oxibutinina ou a cirurgia de simpatectomia.

Como parar de suar nas mãos

A hiperidrose, que também aparece em outros locais do corpo, como pés ou axilas, é muito incômoda, e deve ser tratada assim que possível para evitar constrangimentos ou isolamento social. Assim, os principais tratamentos são:

1. Produtos antitranspirante

O uso de talcos ou lenços ajudam a disfarçar e melhorar a aderência das mãos, mas uma boa alternativa é o uso de desodorantes antiperspirantes, que são antitranspirantes à base de sais de alumínio, que limitam a saída de suor pelas glândulas durante o dia inteiro, como o perspirex, rexona clinical, nivea dry impact e DAP, por exemplo. 

É importante não tentar usar luvas ou cobrir as mãos para disfarçar a umidade, porque o aumento da temperatura faz com que aumente ainda mais a produção de suor.

2. Iontoforese

É uma técnica para aplicação de agentes ionizados na pele, utilizando uma corrente elétrica para facilitar a absorção destas substâncias na pele. Esses íons, quando absorvidos, vão diminuindo gradualmente a transpiração no local da pele onde foram aplicados. O tratamento deve ser feito diariamente, por cerca de 10 a 15 minutos, e, que, posteriormente vai sendo alterado para sessões quinzenais ou mensais. 

A iontoforese não é um tratamento definitivo, por isto, deve ser feita regularmente para gerar resultados. 

3. Toxina botulínica

Esta substância, também chamada de botox, pode ser aplicada na pele para bloquear a produção de suor pelas glândulas sudoríparas do local, mas, como tem efeito temporário, este tratamento deve ser feito a cada 6 meses. 

4. Remédios

O uso de medicamentos que têm efeito na redução do suor, que são chamados anticolinérgicos, como o glicopirrolato e oxibutinina, por exemplo, podem ser tomados diariamente, com a prescrição médica. 

Apesar de apresentarem bons resultados, os remédios anticolinérgicos podem causar alguns efeitos colaterais, como boca seca, dificuldade para urinar ou tonturas.

5. Cirurgia

A cirurgia feita para controlar o suor excessivo das mãos é a simpatectomia, que corta os nervos que estimulam as glândulas sudoríparas, de forma que elas parem de produzir excesso de umidade. Entenda melhor como funciona a cirurgia para parar de suar.

Apesar de ter bons resultados, esta cirurgia pode causar, como efeito colateral, uma hiperidrose compensatória, em algum local do corpo que antes não suava em excesso, e, por isto, a cirurgia fica reservada para casos que não melhoraram com outros tratamentos.

Como evitar o suor nas mãos

O suor nas mãos, em leve a moderada quantidade, é uma reação normal do corpo, principalmente em situações de calor ou estresse. Para evitar este tipo de incômodo em situações indesejadas, como encontros ou reuniões, é recomendado lavar as mãos com água e sabão frequentemente e carregar lenços de papel ou gel antibacteriano para deixar as mãos limpas e secas.

Evitar o estresse exagerado, com terapias alternativas, como yoga, aromaterapia ou acumpuntura podem ajudar a diminuir o suor nestas ocasiões. Além disto, existem receitas caseiras naturais que podem ajudar a diminuir o suor, como o chá de sálvia. Confira uma receita de chá de sálvia e um desodorante natual à base de sálvia e hamamélis

Mais sobre este assunto:


Carregando
...