Tratamento da insuficiência renal (aguda e crônica)

julho 2022

O tratamento da insuficiência renal aguda pode ser feito com alimentação adequada, medicamentos e nos casos mais graves quando o rim está muito comprometido, pode ser necessário fazer hemodiálise para filtrar o sangue ou até mesmo fazer um transplante de rins.

Na insuficiência renal, os rins deixam de ser capazes de filtrar o sangue, causando um acúmulo de substâncias tóxicas no organismo. Na insuficiência renal aguda ocorre uma diminuição da capacidade do rim enquanto que na insuficiência renal crônica a perda desta função dos rins ocorre progressivamente.

Assim, o tratamento da insuficiência renal deve ser indicado pelo nefrologista e pelo nutricionista, podendo ser feita em casa ou no hospital, dependendo da gravidade da doença. 

Como tratar a insuficiência renal aguda

Geralmente, o tratamento da insuficiência renal aguda pode ser feito com:

  • Medicamentos diuréticos e anti-hipertensivos prescritos pelo nefrologista;
  • Dieta especial indicada pelo nutricionista com diminuição do consumo de alimentos com sal, proteínas, potássio, cálcio e fósforo e aumento da ingestão de água;
  • Administração de soro na veia, feita no hospital;
  • Remédios para diminuir a quantidade de potássio no sangue, aplicada na veia no hospital;
  • Hemodiálise, para ajudar a eliminar as substâncias tóxicas do corpo.

É importante fazer o tratamento corretamente porque a insuficiência renal aguda é reversível, mas quando isto não acontece, pode evoluir para insuficiência renal crônica. Veja mais detalhes do tratamento da insuficiência renal aguda

Como tratar a insuficiência renal crônica

Para o tratamento da insuficiência renal crônica o nefrologista pode indicar além dos medicamentos e da alimentação, as sessões de hemodiálise ou diálise peritoneal que são duas técnicas que filtram o sangue. O transplante renal, nestes casos, é uma solução, mas só é utilizado em último recurso. Veja como é feito o transplante renal.

Alimentação para insuficiência renal

A dieta para insuficiência renal tem como objetivo diminuir o consumo de alimentos ricos em sal, potássio, proteínas, cálcio e fósforo da dieta do paciente e aumentar a ingestão de água. O paciente deve:

  • Evitar alimentos ricos em sal, como linguiça, presunto e salsichas;
  • Substituir o sal por limão, vinagre ou ervas aromáticas;
  • Evitar o consumo de refrigerantes;
  • Moderar ou evitar o consumo de alimentos ricos em proteínas, como os ovos, peixe e carne;
  • Evitar os alimentos ricos em potássio, como a banana, o tomate, a abóbora, a carne, a batata e o feijão;
  • Evitar os alimentos ricos em cálcio e fósforo, como os derivados do leite, ovos, legumes e cereais.

O tratamento nutricional da insuficiência renal deve ser indicado por um nutricionista. Assista o vídeo da nossa nutricionista para saber o que pode comer e alguns truques para cozinhar os alimentos:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em julho de 2022.

Bibliografia

  • ANDERSON, C. A. M.; NGUYEN, H. A. Nutrition education in the care of patients with chronic kidney disease and end-stage renal disease. Semin Dial. 31. 2; 115-121, 2018
  • BELLOMO, R.; et al. Acute kidney injury. Lancet. 380. 9843; 756-66, 2012
Mostrar bibliografia completa
  • MERCADO, M G.; et al. Acute Kidney Injury: Diagnosis and Management. Am Fam Physician. 100. 11; 687-694, 2019
  • BINDROO, S.; ET AL. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Renal Failure. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK519012/>. Acesso em 27 jul 2022
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.

Tuasaude no Youtube

  • Dieta para tratar a insuficiência renal

    04:11 | 484497 visualizações