Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento da inflamação da glândula de Bartholin

O tratamento da inflamação da glândula de Bartholin deve ser indicado pelo médico ginecologista e, geralmente, é feito com:

  • Antibióticos, se houver infecção;​
  • Anti-inflamatórios e analgésicos para aliviar a dor;
  • Banhos de assento 3-4 vezes durante o dia para ajudar na eliminação do pus e alívio da dor, através da imersão em uma banheira com alguns centímetros de água morna, a cerca de 35º;
  • Drenagem cirúrgica com anestesia local, através de uma pequena incisão no local do cisto, em que já há infecção e formação de pus ou quando a paciente tem muitas dores e dificuldade em sentar e andar;
  • Marsupialização que é uma técnica cirúrgica em que é realizada uma abertura do cisto e as bordas dele são unidas à pele, nos casos de cistos recorrentes;
  • Cirurgia chamada de Bartolinectomia​ para remover completamente a glândula de Bartholin quando as recidivas são frequentes e nenhum dos procedimentos anteriores é bem sucedido.

A cirurgia de remoção das glândulas de Bartholin só é utilizada em último recurso.

A glândula de Bartholin pode inflamar devido ao acúmulo do líquido lubrificante em seu interior dando origem ao cisto de Bartholin. Este líquido pode ser infectado por bactérias, ocorrendo infecção do cisto, com formação de pus.

Remédio caseiro para a inflamação da glândula de Bartholin

Um ótimo remédio caseiro para a inflamação da glândula de Bartholin é o chá de barbatimão e aroeira, pois estas plantas medicinais possuem propriedades anti-inflamatórias, anti-bactericidas, anti-sépticas e cicatrizantes ginecológicas que ajudam no tratamento da inflamação e infecção da ou das glândulas de Bartholin.

​Ingredientes

Modo de preparo

Colocar os ingredientes a ferver durante 10 minutos. Depois deixar esfriar, coar e beber 4 xícaras por dia.

Este tratamento natural para a inflamação da glândula de Bartholin deve complementar o tratamento que o médico ginecologista orientar.

Link útil:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...