Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como tomar o suplemento de creatina e quais os benefícios

A creatina é um suplemento alimentar que muitos atletas aderem, especialmente atletas das áreas do fisiculturismo, musculação ou de esportes que necessitam de explosão muscular, como corridas de velocidade. Este suplemento ajuda no ganho de massa magra, aumenta o diâmetro da fibra muscular e melhora o desempenho físico, assim como ajuda na prevenção de lesões esportivas.

A creatina é uma substância naturalmente produzida pelos rins e fígado e os suplementos deste composto podem ser tomados durante aproximadamente 2 a 3 meses, sob a orientação de um médico, nutricionista ou nutrólogo variando a dose de manutenção entre os 3 e os 5 g por dia de acordo com o peso.

Como tomar o suplemento de creatina e quais os benefícios

Como tomar Creatina

Os suplementos de creatina podem ser tomados de 3 formas diferentes, e todas podem apresentar benefícios no aumento da massa muscular, mas sempre acompanhado com treino de força porque a suplementação sem musculação e alimentação adequada não leva a nenhum aumento da massa muscular.

A forma mais comum de uso é a suplementação de creatina por 3 meses, em que a suplementação é feita com cerca de 2 a 5 gramas de creatina por dia durante 2 a 3 meses. Outra opção é a suplementação de creatina com sobrecarga, em que nos primeiros dias de suplementação são tomados 0,3 g/kg de peso de creatina, devendo a dose ser dividida para 3 a 4 vezes por dia. Esse tipo de suplementação promove a saturação do músculo e, em seguida, deve-se reduzir a dose para 5 gramas por dia por 12 semanas.

A creatina pode ser tomada em qualquer momento do dia, pois tem um efeito cumulativo no corpo e não imediato, não existindo por isso a necessidade de tomar o suplemento numa hora especifica. Além disso, a creatina é indicada para aumentar o tamanho muscular, força e melhorar o desempenho, não sendo recomendada para emagrecer.

Independente da forma de consumo, a suplementação de creatina deve ser feita sob orientação de um médico ou nutricionista e deve ser acompanhada de treino intenso e alimentação adequada. É recomendado que a creatina seja tomada após o treino junto com um carboidrato de elevado índice glicêmico, para que seja gerado um pico de insulina e, assim, poder ser carreado pelo organismo com mais facilidade, possuindo mais benefícios.

Benefícios da creatina

A creatina é um suplemento barato e que possui vários benefícios, sendo os principais:

  • Fornece energia para as fibras musculares, evitando a fadiga muscular e favorecendo o treino de força;
  • Facilita a recuperação muscular;
  • Aumenta o volume muscular, pois promove o acúmulo de líquido dentro das células;
  • Promove o ganho de massa muscular livre de gordura;
  • Previne lesões.

Além de possuir benefícios relacionados à atividade física, alguns estudos também indicam que a creatina possui função neuroprotetora, prevenindo e reduzindo a gravidade de doenças neurodegenerativas, como doença de Parkinson, doença de Huntington e distrofia muscular. Além disso, esse suplemento também pode ter efeitos positivos e benefícios quando usados como forma de complementar o tratamento da diabetes, osteoartrite, fibromialgia, isquemia cerebral e cardíaca e depressão.

Creatina engorda?

A creatina geralmente não provoca ganho de peso, no entanto, um dos efeitos de seu uso é o inchaço das células musculares, o que faz com que os músculos fiquem mais inchados, mas não necessariamente está relacionada com a retenção hídrica. No entanto, existem alguns tipos de creatina que possuem outras substâncias componentes da creatina, como o sódio, por exemplo, sendo essa substância responsável pela retenção de água.

Assim, é importante que a creatina seja indicada pelo médico ou nutricionista, devendo ser consumida conforme a orientação, além de ter atenção ao rótulo do produto.

Como tomar o suplemento de creatina e quais os benefícios

Tomar creatina faz mal?

Tomar creatina nas doses recomendadas não faz mal para o organismo, pois as doses recomendadas são muito reduzidas, o que faz com que não exista quantidade suficiente para sobrecarregar os rins.

Porém, a forma mais segura de tomar creatina é através do acompanhamento de um médico ou nutricionista, pois é importante respeitar as doses legalmente recomendadas e avaliar periodicamente os seus efeitos no corpo. Além disso, é importante que quem pratica exercício físico faça uma alimentação adequada, que garanta a reposição de energias e correta recuperação dos músculos.

Veja o que comer antes e depois do treino assistindo esse vídeo da nossa nutricionista:

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem