Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

TGO e TGP: o que são, para que servem e valores normais

TGO e TGP, também conhecidas como transaminases, são enzimas normalmente dosadas com o objetivo de avaliar a saúde do fígado. TGO, conhecido como transaminase oxalacética ou AST (aspartato aminotransferase) é produzido em vários tecidos, como coração, músculos e fígado, estando localizado no interior das células hepáticas.

Assim, quando há aumento nos níveis apenas de TGO, é comum que esteja relacionado com outra situação que não relacionada com o fígado, isso porque no caso de lesões hepáticas é preciso que a lesão seja mais extensa de forma que as células do fígado se rompam e leve à liberação de TGO no sangue.

Por outro lado, o TGP, conhecido como transaminase pirúvica ou ALT (alanina aminotransferase), é produzido exclusivamente no fígado e, por isso, quando há qualquer alteração nesse órgão, é verificado aumento na quantidade circulante no sangue. Conheça mais sobre o TGP.

TGO e TGP: o que são, para que servem e valores normais

Valores normais

Os valores de TGO e TGP podem variar de acordo com o laboratório, no entanto de forma geral, os valores considerados normais no sangue são:

  • TGO: entre 5 e 40 U/L;
  • TGP: entre 7 e 56 U/L.

Apesar de TGO e TGP serem considerados marcadores hepáticos, essas enzimas também podem ser produzidas por outros órgãos, principalmente coração no caso do TGO. Por isso, é importante que a avaliação do exame seja realizado pelo médico que solicitou o exame, pois assim é possível verificar se houve alteração e, em caso positivo, ser possível estabelecer a causa.

O que pode ser TGO e TGP alterados

As alterações nos níveis de TGO e TGP são normalmente indicativas de lesões no fígado, o que pode acontecer devido à hepatite, cirrose ou presença de gordura no fígado, sendo consideradas essas possibilidades quando são verificados valores muito superiores de TGO e TGP.

Por outro lado quando apenas o TGO está alterado, por exemplo, é possível que se trate de alguma alteração no coração, uma vez que o TGO é também um marcador cardíaco. Assim, nessa situação, o médico pode indicar a realização de exames que avaliam a saúde do coração, como dosagem de troponina, mioglobina e creatinofosfoquinase (CK). Conheça mais sobre o TGO.

De forma geral, as alterações nos níveis de TGO e TGP podem estar relacionadas às seguintes situações:

  • Hepatite fulminante;
  • Hepatite alcoólica;
  • Cirrose por consumo de excessivo de bebidas alcoólicas;
  • Uso abusivo de drogas ilícitas;
  • Gordura no fígado;
  • Presença de abscesso no fígado;
  • Pancreatite aguda;
  • Obstrução das vias biliares;
  • Infarto;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Isquemia cardíaca;
  • Lesão muscular;
  • Uso de medicamento por um longo período e/ou sem orientação médica.

Assim, a dosagem dessas enzimas é solicitada pelo médico quando há suspeita de alguma dessas situações e quando existem sintomas sugestivos, como pele e olhos amarelados, urina escura, cansaço frequente e sem razão aparente e fezes amareladas ou esbranquiçadas. Conheça outros sintomas de problemas no fígado.

Além de avaliar os níveis de TGO e TGP, para confirmar a lesão no fígado e a sua extensão, o médico aplica a razão de Ritis, que é a razão entre os níveis de TGO e TGP e que quando superior a 1 é indicativo de lesões mais graves, devendo o tratamento ser iniciado o mais rápido possível para evitar a progressão da doença.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem