Terapia bioenergética: o que é, para que serve e como é feita

Setembro 2021

A terapia bioenergética, ou análise bioenergética, é um tipo de psicoterapia corporal que combina técnicas de tratamento terapêutico, com estudo psicológico e o trabalho corporal ativo, utilizando exercícios físicos específicos e a respiração, com foco no corpo, na mente e na energia que flui entre eles, uma vez que considera que a mente e o corpo funcionam como uma unidade única. 

Esse tipo de terapia considera que todos os eventos e experiências da vida são na realidade experiências do corpo, podendo gerar padrões de comportamento de defesa para sobrevivência e segurança, e que ao longo do tempo podem se manifestar em sintomas psicológicos, tensão muscular crônica ou sofrimento físico e emocional.

Desta forma, o psicoterapeuta bioenergético concentra a atenção nos padrões musculares da pessoa e relaciona com os movimentos do corpo, a respiração, a postura e a expressão emocional, para ativar o fluxo energético, renovar a energia vital da pessoa e ajudar a diminuir ou retirar qualquer tipo de bloqueio emocional (consciente ou não) presente ou traumas, que podem interferir no bem estar emocional e psicológico e nos relacionamentos da pessoa.

Terapia bioenergética: o que é, para que serve e como é feita

Para que serve

A terapia bioenergética é indicada principalmente para pessoas que possuem algum tipo de bloqueio emocional, como fobias, depressões, baixa autoestima, crises de pânico ou transtorno obsessivo compulsivo. Mas também pode ser usada para ajudar no controle de alguns problemas respiratórios, digestivos ou neurológicos.

Dependendo do local onde são focados os exercícios, a terapia bioenergética pode ajudar, então, a desbloquear vários tipos de problemas reprimidos. Alguns exemplos são:

  • Pélvis: os exercícios corporais realizados com a pélvis são direcionados para o desbloqueio de problemas relacionados com a sexualidade;
  • Diafragma: os exercícios corporais com o diafragma buscam um maior controle respiratório;
  • Peito: os exercícios são direcionados para a expressão de sentimentos e emoções reprimidas;
  • Pernas e pés: os exercícios corporais com esses membros buscam conectar a pessoa com a sua realidade.

Além disso, a terapia bioenergética também pode ser aplicada no pescoço, com o objetivo de aliviar as tensões e promover o relaxamento.

Como é feita a técnica

As técnicas da terapia bioenergética incluem exercícios físicos que podem ser feitos em vários segmentos corporais como pernas, pés, pélvis, diafragma, peito, pescoço, boca ou olhos. Alguns exemplos são:

  • Exercício básico de vibração: ficar parado com os pés afastados em uma distância de 25 cm. Inclinar o corpo para frente, até as mãos alcançarem o chão, os joelhos podem estar flexionados para o exercício ser feito com mais comodidade. Relaxar o pescoço e respirar de forma profunda e lentamente. Deve-se permanecer nesta posição por 1 minuto;
  • Exercício de alongamento: este exercício inclui o movimento de espreguiçar-se. Para realizá-lo deve-se posicionar de forma ereta e com os pés paralelos, colocar os braços para cima entrelaçando os dedos, espreguiçar por alguns segundos, sentindo a hiperextensão do abdômen e depois relaxar. É importante inspirar profundamente, e ao expirar fazer um som de “a” prolongado.;
  • Sacudir e socos: neste exercício deve-se sacudir todo o corpo, sem sincronia ou coordenação. Começar sacudindo as mãos, braços, ombros e depois todo o corpo, relaxando até os músculos dos pés e liberando as tensões. Podem ser feitos movimentos de socos com os braços.

Cada sessão de terapia bioenergética dura em média uma hora, e permite proporcionar aos seus praticantes tranquilidade, equilíbrio emocional e relaxamento.

Além disso, as técnicas de exercícios são integradas à psicoterapia, que ajuda no autoconhecimento, autoexpressão e autoconsciência corporal, o que permite mais vivacidade, prazer, criatividade e saúde.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • GUEST, Diana; PARKER, Jan; WILLIAMS, Susan L. Development of modern bioenergetic analysis. Body, Movement and Dance in Psychotherapy. An International Journal for Theory, Research and Practice. 14. 4; 264-276, 2019
Mais sobre este assunto: