Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Técnica de Jelqing: o que é, como funciona e resultados

A técnica de jelqing, também conhecida como jelq ou exercício de jelqing, é uma forma completamente natural de aumentar o tamanho do pênis que pode ser feita em casa utilizando apenas as mãos, sendo, por isso, uma opção mais econômica aos aparelhos de aumento peniano.

Embora seja uma técnica muito simples e indolor, a técnica de jelqing não possui comprovação científica, não sendo possível afirmar se funciona ou não. Além disso, quando a técnica é realizada de forma errada, pode aumentar o risco de haver lesões no pênis, dor e irritação, sendo importante que o passo-a-passo seja seguido e a realização da técnica seja interrompida assim que o homem sentir alguma alteração ou desconforto.

Técnica de Jelqing: o que é, como funciona e resultados

Como funciona a técnica

A técnica de jelqing baseia-se no fato de permitir o aumento da circulação de sangue no órgão sexual, alongando o corpo do pênis e aumentando a sua capacidade para receber sangue. No entanto não há evidências científicas que indiquem se essa técnica funciona ou não e nem em quanto tempo podem ser visualizados resultados.

Apesar disso, é possível experimentar desde que o passo-a-passo seja orientado pelo médico e que o pênis não seja apertado muito forte, seja usado lubrificante e o órgão não esteja totalmente ereto. Assim, a técnica de jelq pode ser realizada em 3 fases diferentes:

1. Fase do aquecimento

O primeiro passo é muito importante, pois garante o aquecimento dos tecido do corpo do pênis, reduzindo o risco de lesões durante os restantes passos da técnica. Algumas formas de fazer o aquecimento incluem:

  • Tomar um banho quente;
  • Colocar uma compressa ou toalha quente no pênis;
  • Aplicar uma bolsa de água quente.

Após fazer o aquecimento, deve-se colocar o pênis num nível médio de ereção, para permitir a entrada de mais sangue no corpo do órgão. O nível ideal é que o pênis esteja ereto mas não duro o suficiente para fazer uma penetração, por exemplo. Depois, pode-se aplicar um pouco de lubrificante antes de iniciar a fase seguinte, de forma a facilitar os movimentos da técnica, causar menos desconforto e evitar as possíveis consequências.

Técnica de Jelqing: o que é, como funciona e resultados

2. Fase dos exercícios

Após fazer a fase de aquecimento e chegar no nível correto de ereção, pode-se iniciar a fase de exercícios, que inclui:

  1. Segurar na base do pênis, envolvendo-a com o dedo indicador e polegar, de forma a formar o símbolo gestual de "ok";
  2. Apertar ligeiramente o corpo do pênis com os dedos, sem causar dor, mas com força suficiente para prender o sangue no corpo do pênis;
  3. Deslizar lentamente a mão para cima até à base da glande do pênis, sem passar pela cabeça do pênis;
  4. Repetir os passos com a outra mão, enquanto se continua agarrando na base da glande com a primeira mão.

Estes passos devem ser repetidos cerca de 20 vezes, especialmente em homens que estão iniciando a técnica.

3. Fase do alongamento

Esta fase ajuda a prevenir a sensação de pênis dolorido e também a facilitar a cicatrização do tecido do corpo do órgão. Para isso, deve-se fazer pequenas massagens circulares no corpo pênis, utilizando o polegar e o indicador para realizar a massagem, por aproximadamente 1 a 2 minutos. Por fim, pode-se voltar a colocar uma compressa quente sobre o pênis, por 2 a 5 minutos, para facilitar a circulação do sangue.

Quando surgem os resultados

Os primeiros resultados normalmente podem ser notados após 1 ou 2 meses de uso da técnica, sendo possível identificar um aumento de tamanho de até 0,5 cm. No entanto, com o decorrer do tempo, pode ser possível identificar alteração no tamanho do pênis de até 2 ou 3 cm, por exemplo. Porém, como não há evidências científicas, não é possível afirmar que o aumento do pênis foi devido à prática dos exercícios ou a outro tratamento que o homem possa estar fazendo.

A técnica de Jelqing tem riscos?

Essa técnica tem riscos quando não é realizada corretamente, ou seja, quando é aplicada muita força sobre o pênis ou quando os movimentos são também muito fortes. Dessa forma, pode haver aumento do risco de lesões, surgimento de cicatrizes, dor, irritação local e, em alguns casos, disfunção erétil. Por isso, é importante que a realização dos exercícios seja feita sob orientação do médico.

Bibliografia >

  • CHUNG, Eric; BROCK, Gerald. Penile traction therapy and Peyronie’s disease: a state of art review of the current literature. Ther Adv Urol. Vol 05. 1 ed; 59-65, 2013
  • Transl Androl Urol. Penile traction therapy for Peyronie’s disease—what’s the evidence?. USTA, Mustafa F.; IPECKI, Tumay. Vol 5. 3 ed; 303-309, 2016
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem