Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sucupira: o que é, para que serve e como usar a semente

A sucupira é uma grande árvore que possui propriedades medicinais analgésicas e anti-inflamatórias, ajudando a aliviar a dor e a inflamação no organismo, principalmente causadas por doenças reumáticas. Essa árvore pertence à família das Fabaceae e pode ser encontrada principalmente na América do Sul.

O nome científico da sucupira branca é Pterodon pubescens e o nome da sucupira preta Bowdichia major Mart. As partes da planta que normalmente são utilizadas são suas sementes, com as quais são preparados chás, óleos, tinturas e extratos. Além disso a sucupira pode ser encontrada em forma de cápsulas em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação ou pela internet.

Sucupira: o que é, para que serve e como usar a semente

Para que serve e principais benefícios

A sucupira possui ação analgésica, anti-inflamatória, antirreumática, cicatrizante, antimicrobiana, antioxidante e antitumoral e, por isso, suas sementes poderia ser utilizadas em diversas situações e promover diversos benefícios para a saúde, sendo os principais:

  • Diminuir a inflamação nas articulações e, por isso, pode ser utilizada para tratar artrite, artrose, reumatismo e artrite reumatoide;
  • Aliviar as dores causada por problemas como excesso de ácido úrico e inflamações;
  • Combater a amigdalite, dor de garanta;
  • Ajudar a cicatrizar feridas na pele, eczemas, cravos nos pés e sangramentos;
  • Ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue;
  • Pode exercer ação anticancerígena, principalmente no caso do câncer de próstata e de fígado, já que suas sementes possuem atividade antitumoral e antioxidante.

Em alguns casos, este chá pode ainda ajudar a aliviar a dor e desconforto constante provocado pela quimioterapia, usada no tratamento contra o câncer. 

Como usar a sucupira

A sucupira pode ser encontrada em forma de chá, cápsulas, extrato e óleo, podendo ser utilizada da seguinte forma:

  • Chá de sementes de sucupira: Lave 4 sementes de sucupira e quebre-as utilizando um martelo de cozinha. Depois ferva as sementes quebradas juntamente com 1 litro de água por 10 minutos, coe e beba ao longo do dia.
  • Sucupira em cápsulas: tomar de 2 cápsulas ao dia para um melhor efeito. Saiba quando o uso das cápsulas é mais indicado;
  • Óleo de sucupira: Tomar de 3 a 5 gotas por dia comer com alimentos, 1 gota diretamente na boca, até 5 vezes por dia;
  • Extrato de semente de sucupira: tomar de 0,5 a 2 ml por dia;
  • Tintura de sucupira: tomar 20 gotas, 3 vezes ao dia.

Se optar por fazer o chá, deve utilizar uma panela apenas para esse efeito porque o óleo liberado pelas sementes da planta fica grudado nas paredes da panela, sendo difícil de eliminar completamente.

Possíveis efeitos secundários

De forma geral, a sucupira é bem tolerada, não tendo sido descritos efeitos secundários relacionados ao seu consumo. No entanto, é importante que seja consumida com precaução e sob orientação médica.

Contraindicações

A sucupira está contraindicada para mulheres grávidas, lactantes e crianças com menos de 12 anos. Além disso, deve ser usada com moderação por pessoas com problemas renais ou no fígado, assim como no caso de pessoas com câncer, sendo importante consultar o médico antes do consumo.

Bibliografia >

  • SOUZA Marcelle; APARECIDA Karen et al. Fitoterapia brasileira: análise dos efeitos biológicos da sucupira (Bowdichia virgilioides e Pterodon emarginatus). Brazilian Journal of Natural Sciences. 2. 1; 15-21, 2018
  • MENDES V; SANT'ANNA J et al. Inhibitory Effects of Pterodon emarginatus Bean Oil and Extract on Staphylococcus aureus. Pharmacognosy Research. 9. 4; 348–353, 2017
  • HINDAWI. Sucupira as a Potential Plant for Arthritis Treatment and Other Diseases. 2015. Disponível em: <https://www.hindawi.com/journals/arthritis/2015/379459/>. Acesso em 21 Mai 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem