Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Soluços Persistentes

Os soluços persistentes são aqueles que duram mais de 48 horas e menos de 1 mês e que precisam de intervenção médica. Eles, geralmente, são inofensivos, mas podem ser perigosos e até mesmo levar à morte quando são gerados por alguma alteração no sistema nervoso central que não é devidamente tratada.

Algumas das possíveis causas dos soluços persistentes são objetos no ouvido que entram em contato com o tímpano estimulando o nervo vago, faringites ou tumores que entram em contato com o nervo estimulando-o. Seja qual for a causa, ela deve ser eliminada para que o soluço seja curado. Por isso, recomenda-se que diante de um quadro de soluços persistentes o indivíduo procure auxílio médico para que sejam tomadas as medidas necessárias.

Outras causas de soluço persistente são:

  • Distúrbio de sódio e potássio;
  • Doença renal;
  • Sequela de derrame cerebral (AVC);
  • Doenças gástricas, como gastrite ou úlcera ou refluxo gastro-esofágico;
  • Efeito de medicações;

Raio X, exame de sangue, endoscopia e até mesmo tomografia são alguns exames que devem ser realizados a fim de encontrar a origem do problema para solucioná-lo o mais rápido possível. No caso dos soluços persistentes uma hipótese de tratamento é a administração de um medicamento chamado Amplictil, que é um poderoso supressor do sistema nervoso central, mas este só deve ser utilizado mediante orientação médica.

Links úteis:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...