Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

7 sintomas de diverticulite e como é o diagnóstico

Os sintomas de diverticulite surgem quando há inflamação dos divertículos, que são pequenas bolsas que se formam no intestino, sendo mais frequente de acontecer em pessoas com mais de 40 anos, que possuem prisão de ventre, são sedentárias, estão acima do peso e/ou possuem uma alimentação rica em gorduras e pobre em fibras.

Os principais sinais e sintomas indicativos de diverticulite são:

  1. Dor constante no lado esquerdo da barriga;
  2. Enjoos e vômitos;
  3. Febre;
  4. Calafrios;
  5. Perda de apetite;
  6. Barriga inchada;
  7. Períodos de diarreia e de prisão de ventre.

Quando surgem estes sintomas, deve-se ir ao pronto-socorro ou consultar o gastroenterologista para que seja feita a avaliação dos sintomas e sejam indicados exames que ajudem a confirmar o diagnóstico e, assim, iniciar o tratamento mais adequado.

Teste de sintomas

Para saber o risco de estar com diverticulite, selecione os sintomas apresentados no teste a seguir:

  1. 1. Dor no lado esquerdo da barriga que não passa
  2. 2. Enjoos e vômitos
  3. 3. Barriga inchada
  4. 4. Febre acima de 38º C com calafrios
  5. 5. Perda de apetite
  6. 6. Alternância de períodos de diarreia ou prisão de ventre
Imagem que indica que o site está carregando

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da diverticulite deve ser feito pelo gastroenterologista por meio da avaliação dos sinais e sintomas apresentados pela pessoa, além de ser importante que sejam realizados exames de imagem que ajudem a confirmar a inflamação dos divertículos.

Assim, pode ser solicitado pelo médico a realização de tomografia computadorizada, ultrassonografia abdominal e colonoscopia, que é essencial para avaliar a mucosa intestinal e confirmar o diagnóstico. Entenda como é feita a colonoscopia.

Como é feito o tratamento

O tratamento para diverticulite deve ser orientado por um gastroenterologista ou um cirurgião geral e pode ser feito em casa com remédios antibióticos, por cerca de 10 dias, e a ingestão de remédios analgésicos para reduzir a dor abdominal.

Durante o tratamento para diverticulite é recomendado manter o repouso e, inicialmente, durante 3 dias, fazer uma dieta líquida, adicionando lentamente os alimentos sólidos. Depois de tratar a diverticulite, é importante fazer uma alimentação rica em fibras, orientada por um nutricionista, de forma a melhorar o funcionamento intestinal e evitar que os divertículos inflamem novamente.

Nos casos mais graves, em que os divertículos perfuram, podendo dar origem a complicações como peritonite ou infecção generalizada do organismo, pode ser utilizada a cirurgia para retirada da região afetada. Saiba mais sobre o tratamento para diverticulite.

Confira no vídeo a seguir mais dicas sobre o que comer para aliviar os sintomas da diverticulite:

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • CAMPOS, Fábio G. Diverticulite aguda. Disponível em: <https://cbcsp.org.br/wp-content/uploads/2016/aulas/Diverticulite.pdf>.
  • REGERT, REBECA; BERGMANN, GABRIELA A.; FILLMANN, LÚCIO S. Diagnóstico e manejo da diverticulite aguda. Disponível em: <https://docs.bvsalud.org/biblioref/2018/02/879424/diagnostico-e-manejo-da-diverticulite-aguda.pdf>. Acesso em 20 Jan 2021
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE COLOPROCTOLOGIA. Diverticulite: Diagnóstico e Tratamento. Disponível em: <https://diretrizes.amb.org.br/_BibliotecaAntiga/diverticulite-diagnostico-e-tratamento.pdf>. Acesso em 20 Jan 2021
Mais sobre este assunto:

Carregando
...