Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas da neuralgia do trigêmeo

Os sintomas da neuralgia do trigêmeo estão relacionados com a compressão do nervo trigêmeo, que inerva o rosto e envia as informações até ao cérebro.

Assim, alguns dos sintomas mais comuns incluem:

  • Crises de dor muito intensa no rosto, que normalmente vai desde o canto da boca até ao ângulo da mandíbula;
  • Dor que surge no rosto mesmo com movimentos leves, como tocar no rosto ou aplicar maquiagem;
  • Formigamento nas bochechas;
  • Sensação de calor na bochecha, no trajeto do nervo.

Geralmente as crises de dor provocadas pela neuralgia do trigêmeo duram alguns segundos ou minutos, mas existem casos mais graves em que essa dor pode se manter por vários dias, causando muito desconforto e desespero.

Inicialmente, muitas pessoas podem achar que as crises de dor estão sendo causadas por um problema em um ou mais dentes, mas depois de consultar o dentista, percebem que não existe qualquer alteração que justifique a dor.

Sintomas da neuralgia do trigêmeo

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da neuralgia do trigêmeo normalmente é feita pelo dentista através da avaliação dos sintomas e da localização da dor. No entanto, para despistar outras causas, como infecção dentária ou uma fratura no dente, também podem ser pedidos exames de diagnóstico como um raio X da boca ou uma ressonância magnética, por exemplo.

O que provoca as crises de neuralgia

Na maioria dos casos, a dor da neuralgia do trigêmeo não está sempre presente, aparecendo por crises, que podem ser deencadeadas por atividades do dia-a-dia, como:

  • Barbear;
  • Aplicar maquiagem;
  • Comer;
  • Beber;
  • Tocar no rosto;
  • Escovar os dentes;
  • Sorrir;
  • Lavar o rosto.

No entanto, as crises podem nem sempre surgir com a mesma atividade, nem surgir de todas as vezes que se faz algo que anteriormente levou ao surgimento de uma crise.

O que causa a neuralgia do trigêmeo

A neuralgia normalmente é provocada pelo aumento da pressão sobre o nervo trigêmeo que inerva o rosto. O mais comum, é que a pressão seja causada por um vaso sanguíneo que acaba se deslocando ligeiramente e apoiando sobre o nervo.

No entanto, este problema também pode acontecer em pessoas com lesões cerebrais ou doenças autoimunes que afetam os nervos, como a esclerose múltipla, onde a bainha de mielina do nervo trigêmeo vai se desgastando, causando mau funcionamento do nervo.

Tratamento da neuralgia do trigêmeo

O tratamento da neuralgia do trigêmeo pode ser feito em casa com remédios anticonvulsivantes, analgésicos ou antidepressivos para diminuir a dor, receitados pelo médico.

Nos casos mais graves, os pacientes podem precisar de fisioterapia ou mesmo cirurgia para bloquear a função do nervo.

Para aliviar os sintomas de neuralgia do trigêmeo pode-se aplicar uma toalha mergulhada em água quente e sal Epsom na parte detrás do pescoço, aliviando a irritação do nervo. Entenda melhor quais as opções de tratamento da neuralgia do trigêmeo.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar