Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Compulsão alimentar tem cura?

A compulsão alimentar tem cura, especialmente quando identificada e tratada juntamente logo no início e sempre com apoio de um psicólogo e orientação nutricional. Isso porque com o psicólogo é possível identificar a razão que desencadeou a compulsão e, assim diminuir os sintomas e garantir melhora na qualidade de vida e bem-estar da pessoa. O contato com um nutricionista também é importante para que a pessoa não possua deficiência nutricional e possa controlar seus impulsos alimentares e aprender a comer sem medo de engordar.

Compulsão alimentar tem cura?

A compulsão alimentar é um transtorno psicológico que pode começar por causa de crises de ansiedade ou problemas hormonais, por exemplo. Dietas muito restritivas e grandes perdas, como de um ente querido, perder o emprego ou ficar sem dinheiro, também podem levar ao surgimento da compulsão alimentar.

Sintomas da compulsão alimentar

Os principais sintomas indicativos de compulsão alimentar são:

  • Comer exageradamente;
  • Comer mesmo sem fome;
  • Ter dificuldade em parar de comer;
  • Pode ou não haver sensação de culpa após o "assalto" à geladeira ou dispensa;
  • Comer alimentos estranhos como arroz cru, um pote de manteiga, feijão gelado com queijo e etc.;
  • Comer muito rápido;
  • Comer escondido;
  • Prazer imensurável ao comer;
  • Pouca preocupação com o excesso de peso.

O indivíduo compulsivo num momento de "ataque" pode ingerir mais de 10 mil calorias num curto espaço de tempo, quando deveria comer em média 1200 calorias por dia.

PARA VENCER A ANOREXIA

15 mil visualizações

Como é o Tratamento 

O tratamento para a compulsão alimentar deve ser iniciado o quanto antes e é importante que a pessoa saiba que é preciso algum tempo para que ele comece a fazer efeito. É recomendado que o tratamento para compulsão alimentar seja iniciado por meio de consulta com um psicólogo, pois assim é possível identificar o que levou à compulsão alimentar e, dessa forma, trabalhar esse aspecto durante as sessões de terapia.

É através das sessões de terapia que os sintomas de compulsão alimentar podem começar a ser diminuídos, sendo importante o tratamento complementar com remédios, que deve ser feito sob recomendação médica, e orientação nutricional.

A toma de remédios é importante para regular a função hormonal e, assim, diminuir a fome física e emocional gerada por ansiedade, estresse e depressão. Estes medicamentos devem ser receitados pelo médico endocrinologista e necessitam de receita médica para serem comprados. Conheça os remédios para compulsão alimentar.

O nutricionista é um profissional muito importante para orientar a pessoa no que ele deve comer e quando comer. Este profissional é especializado na alimentação e poderá dar dicas preciosas para vencer a fome, comendo alimentos certos. Já os exercícios servem para melhorar o humor e desviar a atenção da comida, enquanto que as sessões de psicoterapia serão úteis para tratar a parte emocional do indivíduo.

Veja outras dicas que podem ajudar a curar a compulsão alimentar:

PARA VOCÊ QUE VIVE ATACANDO A GELADEIRA

37 mil visualizações

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem