Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Síndrome de Reiter: o que é, sintomas e tratamento

A Síndrome de Reiter, também conhecida como artrite reativa, é uma doença que causa inflamação das articulações e tendões, principalmente nos joelhos, tornozelos e pés que surge cerca de 1 a 4 semanas após uma infecção urinária ou intestinal por Chlamydia sp., Salmonella sp. ou Shigella sp., por exemplo. Essa doença, além de ser caracterizada pela inflamação das articulações, também pode envolver os olhos e sistema urogenital, resultando em sintomas.

Essa doença é mais comum em homens jovens, entre os 20 e 40 anos, e não é contagiosa, porém como acontece como consequência de uma infecção, pode haver transmissão da Chlamydia por meio de contato sexual desprotegido. No entanto, nem sempre que a pessoa tem contato com as bactérias relacionadas, há desenvolvimento da doença.

O tratamento para a Síndrome de Reiter deve ser feito conforme orientação do médico e, apesar de não ter cura, tem controle e formas de aliviar os sintomas, sendo importante realizar sessões de fisioterapia durante o tratamento.

Síndrome de Reiter: o que é, sintomas e tratamento

Sintomas da Síndrome de Reiter

O sintomas da Síndrome de Reiter são, principalmente, a dor e inflamação das articulações, mas outros sintomas incluem:

  • Saída de pus do órgão genital;
  • Dor ao urinar;
  • Conjuntivite;
  • Aparecimento de feridas que não causam dor na boca, língua ou órgão genital;
  • Lesões na pele na planta dos pés e palma das mãos;
  • Presença de sujeira amarela debaixo das unhas das mãos e dos pés.

Os sintomas da Síndrome de Reiter surgem cerca de 7 a 14 dias após uma infecção e podem desaparecer ao fim de 3 ou 4 meses, contudo, é frequente voltarem a surgir ao fim de algumas semanas. O diagnóstico da Síndrome de Reiter pode ser feito através da avaliação dos sintomas apresentados pelo paciente, exame de sangue, exame ginecológico ou biópsia. Saiba como identificar os sintomas e como é o diagnóstico da Síndrome de Reiter.

Como é o tratamento

O tratamento para Síndrome de Reiter deve ser orientada por um reumatologista, mas, normalmente, o tratamento é feito com antibióticos, como Amoxicilina ou Ciprofloxacino, para tratar a infecção, caso ainda esteja ativa, e anti-inflamatórios não esteroides para aliviar os sintomas da inflamação.

Além disso, também é recomendado fazer fisioterapia para recuperar os movimentos das articulações inflamadas e reduzir a dores. Nos casos mais graves, pode ainda ser necessário utilizar medicamentos imunossupressores, como Metotrexato e Ciclosporina, para reduzir o processo inflamatório das articulações.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem