Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Síndrome de Reiter

A Síndrome de Reiter, também conhecida como artrite reativa, é uma doença que causa inflamação das articulações e tendões, principalmente nos joelhos, tornozelos e pés. Além disso, a síndrome de Reiter pode estar acompanhada de inflamação nos olhos, como conjuntivite ou inflamações na uretra, intestino ou membranas mucosas, como as da boca, trato urinário, vagina ou pênis.

Geralmente, a Síndrome de Reiter é mais comum em homens jovens, entre os 20 e 40 anos, após infecções na pele ou nos órgãos genitais, boca, trato urinário ou intestino. A Síndrome de Reiter não é contagiosa, porém, pode ser causada por doenças sexualmente transmissíveis, como clamídia.

A Síndrome de Reiter não tem cura mas o seu tratamento pode ser feito com o uso de antibióticos, anti-inflamatórios e sessões de fisioterapia.

ConjuntiviteConjuntivite
Lesões na planta dos pésLesões na planta dos pés

Fonte da imagem 2: Centers for Disease Control and Prevention

Sintomas da Síndrome de Reiter

O sintomas da Síndrome de Reiter são, principalmente, a dor e inflamação das articulações, mas outros sintomas incluem:

  • Saída de pus do órgão genital;
  • Dor ao urinar;
  • Conjuntivite, como mostra a imagem 1;
  • Aparecimento de feridas que não causam dor na boca, língua ou órgão genital;
  • Lesões na pele na planta dos pés e palma das mãos, como mostra a imagem 2;
  • Presença de sujeira amarela debaixo das unhas das mãos e dos pés.

Os sintomas da Síndrome de Reiter surgem cerca de 7 a 14 dias após uma infecção e podem desaparecer ao fim de 3 ou 4 meses, contudo, é frequente voltarem a surgir ao fim de algumas semanas.

O diagnóstico da Síndrome de Reiter pode ser feito através da avaliação dos sintomas apresentados pelo paciente, exame de sangue, exame ginecológico ou biópsia.

Tratamento para Síndrome de Reiter

O tratamento para Síndrome de Reiter deve ser orientada por um reumatologista, mas, normalmente, o tratamento é feito com antibióticos, como Amoxicilina ou Ciprofloxacino, para tratar a infecção e anti-inflamatórios não esteroides, como Indometacina, para aliviar a inflamação das articulações.

Além disso, também é recomendado fazer fisioterapia para recuperar os movimentos das articulações inflamadas e reduzir a dores. Nos casos mais graves, pode ainda ser necessário utilizar medicamentos imunossupressores, como Metotrexato e Ciclosporina, para reduzir o processo inflamatório das articulações.

Veja uma forma natural de aliviar a dor nas articulações em: Remédio caseiro para inflamação das articulações.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...