Síndrome de couvade: o que é, sintomas, causas e tratamento

A síndrome de couvade corresponde a um conjunto de sintomas que podem aparecer nos homens durante a gestação da companheira, que exprimem psicologicamente a gravidez apresentando sensações semelhantes. Assim, o homem pode engordar, sofrer com enjoos, desejos, crises de choro ou mesmo depressão.

Os sintomas também demonstram a necessidade que muitos homens têm de se tornarem pais, ou a forte ligação afetiva e emocional com a mulher, que acaba por transferir para o marido uma série de sensações que costumam se manifestar somente na mulher.

Síndrome de couvade: o que é, sintomas, causas e tratamento

Sintomas da síndrome de couvade

Os homem pode apresentar sintomas físicos e psicológicos de gravidez, sendo os principais:

  • Náusea;
  • Azia;
  • Dor abdominal;
  • Inchaço;
  • Aumento ou diminuição do apetite;
  • Alterações respiratórias;
  • Dor nas costas;
  • Cãibras nas pernas;
  • Alterações no sono;
  • Ansiedade;
  • Inquietação;
  • Depressão;
  • Alteração do apetite sexual.

A síndrome de couvade não costuma causar distúrbios psíquicos, no entanto, é aconselhável procurar um especialista somente quando a situação foge de controle e passa a incomodar o casal e as pessoas próximas.

Possíveis causas

Ainda não se sabe ao certo o que causa esta síndrome, mas pensa-se que pode estar relacionada com a ansiedade do homem em relação à gravidez e à paternidade, ou que seja uma adaptação inconsciente do cérebro para que o futuro pai se possa relacionar e apegar ao bebê.

Esta síndrome é mais frequente em homens que têm um desejo muito forte de serem pais, que estão emocionalmente muito ligados à companheira grávida, e se a gravidez for de risco, há ainda maior probabilidade de manifestar estes sintomas.

Como é feito o tratamento

Como não é considerada uma doença, a síndrome de couvade não tem um tratamento específico, podendo os sintomas persistirem no homem até ao nascimento do bebê. Nestes casos é aconselhado que o homem tente relaxar, o que pode ajudar a atenuar os sintomas.

Caso os sintomas sejam muito intensos e frequentes, ou caso fuja do controle e passe a incomodar o casal e as pessoas próximas, é aconselhado consultar um terapeuta.

Esta informação foi útil?
Mais sobre este assunto: