Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Síndrome de burnout

A síndrome de burnout é uma consequência do acúmulo excessivo de estresse em trabalhadores que têm um profissão muito competitiva ou com muita responsabilidade, tornando o dia de trabalho em um sacrifício que envolve nervosismo, sofrimento psicológico e problemas físicos, como distúrbios gastrointestinais, por exemplo.

Normalmente, a síndrome de burnout é mais frequente em professores e profissionais de saúde que não vêem as suas capacidades de trabalho valorizadas por seu chefe ou colegas de trabalho.

Além disso, a síndrome de burnout também pode surgir quando se planejam objetivos de trabalho muito difíceis, fazendo que, ao fim de algum tempo, o trabalhador ache que não tem capacidades suficientes para os atingir.

Tratamento para síndrome de burnout

O tratamento para síndrome de burnout deve ser orientado por um psicólogo, mas normalmente é recomendado que o paciente tire umas férias, faça atividades relaxantes, como dançar, ir ao cinema ou sair com os amigos, e evite o excesso de trabalho, reorganizando os objetivos mais exigentes que tinha planejado.

Porém, caso os sintomas se mantenham, o psicólogo pode recomendar psicoterapia ou indicar um psiquiatra para iniciar a ingestão de remédios antidepressivos, como Sertralina ou Fluoxetina.

Para saber como é feito o tratamento consulte:Tratamento para sindrome de Burnout.

Sintomas da síndrome de burnout

Os principais sintomas da síndrome de burnout incluem:

  • Dores de cabeça frequentes;
  • Excesso de cansaço no trabalho;
  • Dores musculares constantes;
  • Falta de motivação para fazer o trabalho;
  • Aumento da atitude cínica e respostas negativas;
  • Isolamento dos colegas de trabalho;
  • Demorar muito tempo para fazer uma tarefa;
  • Chegar muitas vezes atrasado ao trabalho ou ficar em casa.

Estes sinais e sintomas podem ser difíceis de perceber, pois a síndrome de burnout vai se desenvolvendo ao longo de várias semanas ou meses, não surgindo de um dia para o outro.

No entanto, sempre que existir dúvidas sobre o surgimento da síndrome de burnout é recomendado consultar um psicólogo para fazer o diagnóstico e iniciar o tratamento, caso seja necessário.

Saiba mais sobre este problema em:

Mais sobre este assunto:
Carregando
...