Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como curar a Sífilis

A sífilis é uma doença sexualmente transmissível grave que, quando é devidamente tratada, tem 98% de chance de cura. A cura da sífilis pode ser alcançada em apenas 1 ou 2 semanas de tratamento, mas quando ela não é tratada ou não é tratada corretamente, pode perdurar por 2 anos ou mais.

A causa mais comum de abandono do tratamento é achar que a doença já foi vencida, por já não haver nenhum sintoma aparente e, por isso, é importante seguir todas as orientações médicas até que o médico diga que já não é preciso realizar o tratamento porque a sífilis está curada.

Como curar a Sífilis

A sífilis tem cura espontânea?

A sífilis não cura sozinha e não existe uma cura espontânea dessa doença. No entanto, após o surgimento da ferida, mesmo sem o tratamento, é possível que a pele cicatrize totalmente, mas isso não significa que houve uma cura natural da sífilis, mas sim uma progressão da doença.

Quando a pessoa não tem sintomas, o que pode estar a acontecer é que a bactéria agora está se espalhando pelo corpo de forma silenciosa. Se não for feito o tratamento, a doença poderá surgir na forma secundária, levando ao surgimento de as manchas na pele. Sem tratamento, estes sintomas podem desaparecer sozinhos e a bactéria pode então afetar os órgãos e sistemas, dando origem a sífilis terciária.

Desta forma, o desaparecimento das feridas e manchas na pele não indica a cura da sífilis, mas sim a evolução da doença, sendo que, a única forma de eliminar estas bactérias do corpo é através do uso de antibióticos.

Saiba reconhecer os sintomas de cada fase da sífilis.

Como é feito o tratamento

Geralmente, o tratamento para curar a sífilis é feito com o uso de injeções semanais de Penicilina, como o Benzetacil, por exemplo. A concentração de penicilina, a quantidade de doses e os dias em que devem ser tomadas variam de acordo com o tempo que a doença está instalada no indivíduo.

Exames que comprovam a cura da sífilis

Os exames que testam a cura da sífilis são o exame de sangue VDRL e o exame do líquor.

A cura da sífilis é alcançada quando os exames de VDRL e do líquor são considerados normais, entre 6 e 12 meses após o início do tratamento. Considera-se que os exames estão normais quando há uma diminuição de 4 titulações na quantidade de anticorpos circulantes no sangue, por exemplo:

  • VDRL cai de 1/64 para 1/16;
  • VDRL cai de 1/32 para 1/8;
  • VDRL cai de 1/128 para 1/32.

Isto significa que não é necessário que os valores de VDRL sejam iguais a zero para dizer que a cura da sífilis foi alcançada.

Após alcançar a cura, a pessoa poder ser novamente contaminada, caso entre novamente em contacto com a bactéria causadora da doença, por isso, recomenda-se o uso do preservativo em todas as relações sexuais.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem