Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sardas: o que são e como tirar

As sardas são pequenas manchas marrom que, normalmente, surgem na pele do rosto, mas que podem aparecer em qualquer outra parte da pele que está frequentemente exposta ao sol, como braços, colo ou mãos.

São mais comuns nas pessoas de pele clara e ruivas, que sofrem influência da herança familiar. Elas são causadas pelo aumento da melanina, que é o pigmento que dá cor à pele, e tendem a escurecer mais durante o verão.

Embora sejam benignas e não provoquem qualquer problema para a saúde, geralmente quem tem muitas sardas pretende eliminá-las por questões estéticas e, isso, pode ser feito muito simplesmente evitando-se a exposição solar excessiva. Porém, se apenas isso não resultar, pode-se consultar um dermatologista para iniciar o tratamento para clarear as manchas.

Sardas: o que são e como tirar

Como tirar sardas do rosto

A melhor forma de tirar ou clarear sardas do rosto, ou de qualquer outra parte da pele, é consultar um dermatologista, pois, embora existam vários tipos de tratamento, precisam ser adequados para o tipo de pele.

Assim, o dermatologista pode indicar um dos seguintes tratamentos:

  • Cremes clareadores, com hidroquinona ou ácido kójico: permitem clarear a pele ao longo de vários meses de uso e podem ser comprados na farmácias, mesmo sem receita médica;
  • Cremes retinóides, com tretinoína ou tazaroteno: são muitas vezes usados em conjunto com os cremes clareadores para diminuir a cor das sardas;
  • Criocirurgia: é utilizado nitrogênio líquido, no consultório, para congelar e remover as células de pele mais escuras que estão provocando as sardas;
  • Laser: utiliza luz pulsada para clarear as manchas das sardas, podendo ser feito no consultório do dermatologista;
  • Peeling químico: este tipo de peeling que só pode ser feito por um profissional e que remove as camadas danificadas da pele, clareando as sardas.

Seja qual for o tipo de tratamento selecionado, é importante que se utilize sempre um protetor solar com FPS 50 e se evite a exposição solar excessiva, pois os raios UV podem danificar a pele e, além de escurecer ainda mais as sardas, podem causar problemas graves como câncer. Saiba quais as manchas que podem indicar câncer de pele.

Confira ainda a receita de alguns remédios caseiros para clarear as sardas em casa.

Como ter sardas

As sardas são uma característica genética e, por isso, quem não tem sardas, geralmente, não consegue desenvolvê-las, uma vez que a pele se bronzeia uniformemente.

Porém, pessoas que têm sardas muito suaves podem escurecê-las através da exposição solar. No entanto, é importante fazê-lo de forma segura, utilizando um protetor solar de fator de proteção mínimo de 15, uma vez que os raios do sol podem aumentar o risco de câncer de pele.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...