Conheça Todos os Perigos da Fotodepilação

A fotodepilação, que incluí a luz pulsada e a depilação a laser, é um procedimento estético com poucos riscos, que quando feito de forma errada pode provocar queimaduras, irritação, manchas ou outras alterações na pele. 

Este é um tratamento estético que visa a eliminação do pêlo corporal através do uso de luz pulsada ou de laser. Ao longo das diversas sessões de fotodepilação, os pêlos vão sendo gradualmente enfraquecidos ou destruídos, saiba mais em Entenda como funciona a fotodepilação

Conheça Todos os Perigos da Fotodepilação

Principais Riscos da Fotodepilação

1. Pode causar manchas ou queimaduras na pele

Quando feita incorretamente, a Fotodepilação pode causar manchas ou queimaduras na região a tratar, devido ao aquecimento da região a ser tratada, incorreto manuseamento do material ou devido à utilização de pouco gel durante o procedimento. 

Este risco pode ser reduzido se a técnica foi realizada por uma profissional experiente, que saberá como realizar a técnica corretamente, manuseando o aparelho de forma adequada e utilizando as quantidades de gel necessárias. 

2. Pode causar irritação e vermelhidão na pele

Depois das sessões, a pele pode ficar bastante avermelhada e irritada podendo até existir algum desconforto, dor e sensibilidade no local tratado. 

Nestas situações, é possível a utilização de cremes hidratantes calmantes, com aloe vera ou camomila em sua composição ou óleo hidratantes e regeneradores como o Bio Oil. 

3. Pode ser necessário um maior número de sessões do que o esperado

A eficácia da técnica varia de pessoa para pessoa, uma vez que depende da cor da pele e do pêlo, e por isso podem ser necessário um maior número de sessões para eliminar o pêlo do que o esperado. Geralmente, esta técnica é mais eficaz em peles brancas com pêlos escuros e as características da pele, a região a depilar, o sexo e idade são fatores que também podem influenciar o resultado. 

Conheça Todos os Perigos da Fotodepilação

Apesar de ser considerada uma técnica definitiva, existe sempre o risco de com o passar do tempo alguns pêlos voltarem a crescer, o que pode ser resolvido com algumas sessões de tratamento. 

Contraindicações da Fotodepilação

Apesar de ser considerado um procedimento com poucos riscos, a Fotodepilação é contraindicada em alguns casos específicos, como: 

  • Quando a pele está bronzeada;
  • Tiver doenças agudas ou crônicas na pele; 
  • Tiver processos inflamatórios ou doenças infecciosas; 
  • Se for portador de diabetes;
  • Tiver doenças no coração; 
  • Estiver grávida; 
  • Estiver em tratamento com medicamentos que alterem a sensibilidade da pele; 
  • Tiver tendência para formar queloides na pele; 
  • Tiver glaucoma. 

Além disso, este tratamento estético também não deve ser realizado por pacientes com varizes na região a tratar. 

Apesar de todos estes riscos, a Fotodepilação é considerado um procedimento estético bastante seguro e não causa câncer, uma vez que não provoca qualquer tipo de alteração nas células da pele. 

Mais sobre este assunto: