Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Rickettsia: o que é, sintomas, tratamento e doenças causadas por essa bactéria

A Rickettsia corresponde a um gênero de bactérias gram-negativas que podem infectar piolhos, carrapatos, ácaros ou pulgas, por exemplo. Caso esses animais mordam as pessoas, podem transmitir essa bactéria, havendo desenvolvimento de doenças de acordo com a espécie de Rickettsia e o artrópode responsável pela transmissão, como febre maculosa e o tifo.

Essa bactéria é considerada microrganismo intracelular obrigatório, ou seja, só consegue se desenvolver e multiplicar no interior das células, o que pode levar ao surgimento de sintomas graves caso não seja identificada e tratada rapidamente. As principais espécies de Rickettsia que infectam e causam doenças em pessoas são a Rickettsia rickettsii, Rickettsia prowazekii e Rickettsia typhi, que são transmitidas ao homem por meio de um artrópode que se alimenta de sangue.

Rickettsia: o que é, sintomas, tratamento e doenças causadas por essa bactéria

Sintomas de infecção por Rickettsia sp.

Os sintomas de infecção por Rickettsia sp. são semelhantes e nas fases inciais da doença normalmente são inespecíficos, sendo os principais:

  • Febre alta;
  • Dor de cabeça intensa e constante;
  • Aparecimento de manchas vermelhas no tronco e nas extremidades;
  • Mal estar geral;
  • Cansaço excessivo;
  • Fraqueza.

Nos casos mais graves, pode ainda haver aumento do fígado e do baço, diminuição da pressão, problemas renais, gastrointestinais e respiratórios, podendo haver parada respiratória e, consequentemente, óbito caso não seja tratada e identificada rapidamente.

Principais doenças

As doenças causadas por bactérias do gênero Rickettsia sp. são transmitidas através do contato com fezes de carrapatos, pulgas ou piolhos infectados ou através da sua saliva quando mordem as pessoas, sendo essa forma de transmissão mais comum. As principais doenças são:

1. Febre maculosa

A febre maculosa é causada pela mordida do carrapato estrela infectado pela bactéria Rickettsia rickettsii, que atinge a circulação sanguínea da pessoa, espalha-se pelo corpo e entra nas células, se desenvolvendo e multiplicando e levando ao aparecimento dos sintomas, que demoram entre 3 e 14 dias para aparecer.

A febre maculosa é mais comum durante os meses de junho a outubro, que é quando os carrapatos estão mais ativos, e pode ser transmitida durante todo o seu ciclo de vida, que dura entre 18 e 36 meses.

É importante que a febre maculosa seja identificada e tratada assim que surgirem suspeitas ou sintomas da doença para que exista maior chance de cura e diminuição do risco de complicações, como inflamação do cérebro, paralisia, insuficiência respiratória ou insuficiência renal, por exemplo. Saiba mais sobre a febre maculosa.

2. Tifo epidêmico

O tifo epidêmico é também causada pela bactéria Rickettsia sp., podendo ser transmitido pelo piolho, no caso da Rickettsia prowazekii, ou pela pulga, no caso da Rickettsia typhi. Os sintomas normalmente surgem entre 7 e 14 dias após a infecção pela bactéria e normalmente 4 a 6 dias após o aparecimento do primeiro sintoma, é comum aparecer manchas e erupções cutâneas que se espalham rapidamente pelo corpo.

Como é o tratamento

O tratamento para as infecções por Rickettsia sp. é feito com antibióticos, normalmente Doxiciclina ou Cloranfenicol, que devem ser utilizados de acordo com a orientação do médico mesmo que não existam mais sintomas. É comum que cerca de 2 dias depois do início do tratamento a pessoa já apresente melhoras, no entanto é recomendado continuar utilizando o antibiótico para evitar a recorrência da doença ou resistência.


Bibliografia

  • MANUAL MSD. Visão geral das infecções por riquétsias. Link: <www.msdmanuals.com>. Acesso em 06 Jun 2019
  • FIOCRUZ. O que são rickettsias?. Link: <www.invivo.fiocruz.br>. Acesso em 06 Jun 2019
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Guia de Atualização em Saúde. 2016. Link: <portalarquivos2.saude.gov.br>. Acesso em 06 Jun 2019
  • Caracterização de Rickettsia spp. circulante em foco silencioso de febre maculosa brasileira no Município de Caratinga, Minas Gerais, Brasil. Cad. Saúde Pública. Vol 22. 3 ed; 495-501, 2006
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem