Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Como identificar o retardo mental e principais causas

O retardo mental, também conhecido como deficiência intelectual, é uma condição, geralmente irreversível, caracterizada por uma capacidade intelectual inferior à normal, o que pode trazer como consequência dificuldades de aprendizado e de adaptação social, que normalmente está presente desde o nascimento ou que se manifesta nos primeiros anos da infância.

A deficiência intelectual pode ser identificada por meio da observação do atraso no desenvolvimento da criança, além de poder ser confirmada através do teste de quociente de inteligência (QI) realizado pelo pediatra ou psicólogo, que também ajuda a classificar o retardo mental e, assim, indicar a melhor forma de acompanhar a criança.

Como identificar o retardo mental e principais causas

Principais causas 

Na maioria dos casos, a causa do retardo mental é desconhecida, mas várias condições durante a gravidez podem causar ou contribuir para o desenvolvimento do retardo mental na criança, como o uso de certas drogas, o consumo excessivo de álcool, a radioterapia e a má nutrição.

As dificuldades associadas ao parto prematuro, o traumatismo crânio-encefálico ou a concentração muito baixa de oxigênio durante o parto também podem causar retardo mental.

Além disso, as anomalias cromossômicas, como na síndrome de Down, são causas comuns de retardo mental, porém esse quadro pode ser consequência também de outros distúrbios hereditários que podem ser corrigidos antes que o retardo mental ocorra, como no caso da fenilcetonúria ou do cretinismo, por exemplo. 

Como identificar o retardo mental

O retardo mental pode ser identificado a partir da observação do comportamento e desenvolvimento da criança, principalmente no que diz respeito ao desenvolvimento da linguagem, comunicação e habilidades sociais.

No entanto, para confirmar o retardo mental e o nível, o psicólogo ou pediatra pode indicar a realização do teste de quociente de inteligência, também chamado de teste de QI, que avalia as habilidades ligadas à inteligência, raciocínio lógico e resolução de problemas das crianças. Assim, de acordo com o resultado do teste de QI, é possível classificar o retardo mental como:

  • Retardo mental leve, em que o QI está entre 50 e 69;
  • Retardo mental moderado, em que o QI está entre 35 e 49;
  • Retardo mental grave, em que o QI está entre 20 e 40;
  • Retardo mental profundo, em que o QI está abaixo de 20.

Assim, de acordo com o grau do retardo mental, é possível indicar medidas que ajudem a estimular o desenvolvimento da criança e suas habilidades sociais, podendo ser recomendada a realização de sessões com o psicólogo e/ou fonoaudiólogo.

Como identificar o retardo mental e principais causas

Principais características

As características do retardo mental podem variar de acordo com a sua gravidade, de forma que a pessoa pode apresentar sinais e sintomas mais ou menos leves. O retardo mental pode ser classificado em:

Retardo mental leve 

Nesse tipo de retardo mental, as crianças com um grau leve de retardo mental podem atingir um nível de leitura similar aos das crianças que cursam entre a 4ª e a 6ª série escolar, aprender as habilidades educacionais básicas necessárias no dia-a-dia.

Essas pessoas geralmente não apresentem defeitos físicos evidentes, mas podem apresentar epilepsia e necessitam de supervisão de instituições educacionais especiais. São frequentemente imaturos e pouco refinados, com pouca capacidade de interação social. A sua linha de pensamento é muito específica e em geral, eles são incapazes de generalizar. Possuem dificuldades para ajustar-se a situações novas e podem apresentar uma má capacidade de julgamento, falta de prevenção e credulidade excessiva, e são capazes de cometer atos impulsivos.

Saiba mais sobre o retardo mental leve.

Retardo mental moderado 

No retardo mental moderado, a criança apresenta uma maior lentidão para aprender a falar  ou sentar, mas se receber treinamento e apoio adequados, os adultos com esse grau de retardo mental conseguem viver com alguma independência. A intensidade do apoio deve ser estabelecida para cada paciente e algumas vezes pode ser preciso apenas uma pequena ajuda, para que consiga estar integrado. Veja mais sobre o retardo mental moderado.

Retardo mental grave 

Como características do retardo mental grave pode-se destacar uma incapacidade de aprendizagem mesmo quando comparada a uma criança com um retardo menos intenso, especialmente nos casos em que o QI é inferior a 19. Nesses casos, em geral a criança pode não conseguir aprender a falar e necessita de muita ajuda para as atividades diárias, como higiene e alimentação, mesmo na vida adulta. Confira outras características do retardo mental grave.

Esta informação foi útil?

Sua opinião é importante! Escreva aqui como podemos melhorar o nosso texto:

Ficou alguma dúvida? Clique aqui para ser respondido.
Verifique o email de confirmação que lhe enviamos.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem