Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Remédios caseiros para boca seca (xerostomia)

O tratamento para a boca seca pode ser realizado com medidas caseiras, como a ingestão de chás ou de outros líquidos ou a ingestão de determinados alimentos, que ajudam a hidratar a mucosa oral e agem estimulando a produção de saliva, evitando a desidratação.

Se estas medidas não forem suficientes para tratar o problema, o melhor será consultar o médico para perceber se pode existe alguma doença que esteja a causar este sintoma, para que seja feito um tratamento específico e mais adequado. Nesses casos, estes remédios naturais também poderão ser uma boa ajuda como complemento ao tratamento: 

Remédios caseiros para boca seca (xerostomia)

1. Ingerir alimentos ácidos

Ingerir alimentos ricos em ácido ascórbico, ácido málico ou ácido cítrico, provoca uma estimulação da produção de saliva, reduzindo a sensação de boca seca. Alguns dos alimentos com estas propriedades são o limão, laranja, maçã e pera, por exemplo.

Além destes alimentos, roer cenouras cruas diariamente também ajuda a reduzir a secura da boca.

2. Ingerir chá de camomila ou gengibre

Ótimas opções de chá para boca seca são o chá de gengibre ou de camomila, que devem ser ingeridos em pequenos goles, várias vezes ao dia. Estas plantas estimulam a produção de saliva e exercem ainda um efeito benéfico em dificuldades de digestão, o que pode ser um problema associado a boca seca.

Para preparar o chá de camomila basta adicionar 2 colheres de chá de flores secas de camomila, adicionar a uma xícara de água fervente e coar. Para preparar o chá de gengibre, basta colocar cerca de 2 cm da raiz de gengibre e 1L de água numa panela e deixar ferver por cerca de 10 minutos. Quando amornar, coar e beber várias vezes durante o dia.

3. Dormir com um umidificador

Ter um umidificador em casa, de preferência ligado durante a noite, reduz a sensação de boca seca, já que o ambiente fica mais úmido. Além disso, outra coisa que pode ajudar é dormir de boca fechada e respirar pelo nariz.

4. Beber muita água

Beber água ou bebidas sem açúcar com frequência, ajuda a manter a hidratação da cavidade oral e a aumentar a produção de saliva. No entanto devem ser evitadas algumas bebidas, como os refrigerantes, bebidas alcoólicas ou bebidas com cafeína, como o chá preto ou café, que aumentam a desidratação.

Além disso, chupar pedaços de gelo também é uma boa opção, porque ajuda a manter a mucosa oral hidratada.

5. Mascar chiclete

Mascar chiclete sem açúcar, de preferência com sabores ácidos, ajuda a estimular a produção de saliva. Deve-se também optar por chiclete com xilitol na composição, porque esta substância contribui para a hidratação da boca.

Se estes métodos naturais não forem suficientes para melhorar os sintomas, a pessoa deve ir ao médico para perceber qual a causa que pode estar na origem do problema. Saiba quais as principais causas da boca seca.

Além da adoção destas medidas, também é importante evitar alimentos muito salgados, enxaguantes que contenham álcool, evitar o cigarro e evitar medicamentos como os anti-histamínicos ou descongestionantes que tornam a boca ainda mais seca.


Bibliografia

  • UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA - UNB CURSO DE FARMÁCIA. O uso de fitoterápicos e plantas medicinais por pacientes diabéticos. 2017. Link: <bdm.unb.br>. Acesso em 08 Jul 2019
  • MAYOCLINIC. Dry mouth. Link: <www.mayoclinic.org>. Acesso em 08 Jul 2019
  • COIMBRA, Filipe. Xerostomia. Etiologia e Tratamento.. Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial. 50. 3; 2009
  • GIAFFERIS, Rosana Barbosa Leal et. al.. ESTRATÉGIAS TERAPÊUTICAS DISPONÍVEIS PARA XEROSTOMIA E HIPOSSALIVAÇÃO EM PACIENTES IRRADIADOS DE CABEÇA E PESCOÇO: MANUAL PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE. Revista UNINGÁ. 54. 1; 45-58, 2017
  • SILVA, Iomara Jossiérica de Oliveira et. al.. HIPOSSALIVAÇÃO • etiologia, diagnóstico e tratamento •. Revista Bahiana de Odontologia. 7. 2; 140-146, 2016
  • SIMÃO, Ana Rita Filipe. EFEITO DA INGESTÃO DE UMA INFUSÃO DE GENGIBRE NO FLUXO SALIVAR, GRAU DE XEROSTOMIA E QUALIDADE DE VIDA EM INDIVÍDUOS COM SÍNDROME DE SJÖGREN PRIMÁRIO DO INSTITUTO PORTUGUÊS DE REUMATOLOGIA. MESTRADO EM NUTRIÇÃO CLÍNICA, 2016. INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE EGAS MONIZ.
Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem