Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

10 formas naturais de tratar as pernas inchadas

Algumas formas de tratamentos naturais para as pernas inchadas são o uso de chá diurético, como o gengibre, beber mais líquidos durante o dia ou diminuir o consumo sal. Além disso, uma das melhores formas de aliviar esse desconforto é simplesmente elevar as pernas no final do dia ou fazer uma massagem de baixo para cima, para facilitar a circulação do sangue e evitar o acúmulo de líquidos nas pernas. 

As pernas inchadas podem surgir naturalmente com o envelhecimento ou na gravidez, mas também pode acontecer devido a doenças como insuficiência venosa, renal ou cardíaca, trombose ou uso de medicamentos como corticóides ou anticoncepcionais, por exemplo. Nestes casos, é importante fazer acompanhamento com o médico para fazer o tratamento mais adequado.

10 formas naturais de tratar as pernas inchadas

1. Remédios caseiros

Algumas opções de remédios caseiros são chás, infusões ou sucos com propriedades diuréticas ou anti-inflamatórias, para ajudar a eliminar líquidos e a diminuir o desconforto das pernas inchadas. Alguns exemplos são:

Chá de gengibre

O chá de gengibre é um ótimo diurético natural que permite aumentar a quantidade de urina eliminada durante o dia, diminuindo a carga de líquidos no sistema circulatório. Além disso, este chá também ajuda a diluir a concentração de sódio no organismo, que é uma das principais causas do inchaço nas pernas e pés.

Ingredientes

  • 4 a 6 fatias de 0,5 cm de gengibre;
  • 1 xícara de água;
  • 1 limão.

Modo de preparo

Descascar as fatias de gengibre e cortar em pedaços menores. Adicionar o gengibre em uma panela, adicionar a água e deixar ferver por 10 minutos. Deixar esfriar e coar. Espremer 1 limão e adicionar o suco no chá de gengibre.

Este chá deve ser bebido 2 a 3 vezes durante o dia, especialmente pela manhã e início da tarde, de forma a permitir que a eliminação aumentada de urina não afete a hora de dormir.

Infusão de salsinha

Além de ser um forte diurético natural, a salsinha também ajuda na saúde dos rins, permitindo eliminar mais rapidamente o excesso de líquidos e toxinas do organismo. Além disso, também diminui a concentração de sal no corpo, o que impede que os líquidos se acumulem tão rapidamente, contribuindo para reduzir o inchaço nas pernas.

Ingredientes

  • 1 punhado de salsinha;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Cortar a salsinha em pequenos pedaços e adicionar na xícara de água fervente. Deixar repousar por 5 a 7 minutos. Coar as folhas de salsinha e deixar esfriar.

Esta infusão deve ser ingerida morna, até 3 vezes por dia, para garantir melhores resultados.

Suco de abacaxi

O suco de gengibre é rico em substâncias anti-inflamatórias como a bromelina, além de ser uma fruta rica em água, promovendo a hidratação do corpo. Além disso, o abacaxi é diurético e ajuda na redução do inchaço nas pernas.

Ingredientes

  • ¼ de abacaxi;
  • 1 copo de água.

Modo de preparo

Descascar o abacaxi e cortar em pedaços menores. Adicionar o abacaxi e a água no liquidificador e bater. Beber imediatamente após o preparo.

Este suco pode ser bebido 1 vez ao dia, especialmente pela manhã ou início da tarde.

Confira outras receitas de suco de abacaxi para desinchar.

10 formas naturais de tratar as pernas inchadas

2. Diminuir o consumo de sal

A ingestão de grandes quantidades de sal na alimentação pode causar inchaço nas pernas e isto ocorre porque o sal contém muito sódio que retém água e, por isso, se tiver em grandes quantidades no corpo, aumenta a retenção de líquidos. Uma boa opção para evitar o acúmulo de líquido nas pernas é usar sal com baixo teor de sódio ou usar ervas aromáticas para reduzir o consumo do sal ou evitar adicionar sal às refeições. 

Assista como preparar o sal de ervas.

3. Beber líquidos

A ingestão de líquidos durante o dia pode ajudar a desinchar as pernas, pois quando o corpo não está hidratado o suficiente, a tendência é reter líquidos. Por isso, é importante tomar pelo menos de 8 a 10 copos de água por dia. 

4. Elevar as pernas

Colocar as pernas para cima, por pelo menos 20 minutos por dia, ajuda a estimular a circulação sanguínea, melhora o sistema linfático, além de proporcionar relaxamento, aliviando o inchaço das pernas.

Uma forma fácil de elevar as pernas é deitar na cama e colocar as pernas na cabeceira ou apoiar as pernas em almofadas ou travesseiros, por exemplo.

10 formas naturais de tratar as pernas inchadas

5. Movimentar as pernas

Praticar atividades físicas leves como caminhada ou hidroginástica, por exemplo, podem ajudar a diminuir o inchaço nas pernas pois melhora a circulação sanguínea e linfática.

Outra forma de movimentar as pernas, no caso de trabalhar sentado por muito tempo, é andar um pouco a cada hora, dentro da empresa ou andar um quarteirão na hora do almoço, por exemplo. No entanto, se o trabalho exigir ficar de pé por muito tempo, é importante flexionar os joelhos e os tornozelos a cada hora ou levantar-se com as pontas dos pés para ajudar a panturrilha a bombear o sangue das pernas para o coração, diminuindo o inchaço nas pernas.

6. Banho de imersão com sais de Epsom 

Os sais de Epsom são ricos em sulfato de magnésio que é facilmente absorvido pela pele, facilitando a circulação do sangue nas pernas e pés, reduzindo o inchaço e a inflamação.

Este banho de imersão é muito fácil de preparar e permite aliviar o inchaço rapidamente no final do dia, além de relaxar e pode ser feito antes de uma massagem nas pernas, por exemplo.

Ingredientes

  • 1 copo de sais de Epsom;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Colocar os sais de Epsom em um recipiente com água morna, mexer até que os sais estejam bem diluídos. Adicionar essa solução na água da banheira e ficar imerso por aproximadamente 15 a 20 minutos.

Outra forma de usar os sais de Epsom é em escalda pés. Neste caso, usar ½ xícara de sais de Epsom em 2 a 3 litros de água morna ou uma quantidade de água deve ser suficiente para cobrir os pés e chegar até, pelo menos, o meio da panturrilha. Diluir bem os sais, mexendo a água com a mão e colocar os pés no interior da água durante cerca de 15 minutos. Este processo pode ser feito por até 3 vezes por semana.

7. Banho de contraste

O banho de contraste é feito alternando o uso de água quente que promove a dilatação dos vasos sanguíneos e de água fria que promove a constrição desses vasos. Esta técnica, usada em fisioterapia, é muito eficiente para ajudar a drenar o líquido e desinchar as pernas e os pés.

Assista o vídeo como fazer o banho de contraste.

8. Massagem

A massagem ajuda a diminuir o inchaço nas pernas por estimular a circulação sanguínea e ajudar a melhorar a movimentação e eliminação de líquidos nas pernas, além de ser relaxante. A técnica para fazer a massagem é aplicar movimentos suaves no sentido dos pés para o coração. 

Outra opção para reduzir as pernas inchadas é a drenagem linfática que pode ser feita por um profissional ou em casa. Veja como fazer drenagem linfática em casa.

9. Perder peso 

O excesso de peso ou a obesidade reduz a circulação sanguínea e por isso pode causar inchaço nas pernas e nos pés. Além disso, o sedentarismo também dificulta a movimentação de líquidos que ficam retidos nas pernas causando o inchaço. 

O emagrecimento e a movimentação do corpo promovem uma melhor circulação sanguínea e linfática, reduzindo o aparecimento das pernas inchadas. 

Uma alimentação saudável para emagrecer e evitar o inchaço das pernas deve incluir frutas como melancia, abacaxi ou melão, que além de terem poucas calorias, são ricas em água, promovendo hidratação do corpo e aumento da urina, ou vegetais verde-escuros, como a couve, rúcula ou brócolis que são ricos em potássio e magnésio, que diminuem a retenção de líquidos e o inchaço nas pernas.  

Além disso, é essencial deixar de consumir produtos embutidos, como salame, presuntos ou mortadela e enlatados como ervilha, milho ou atum, por exemplo, pois contêm muito sódio, usado como conservante, que provocam aumento da retenção de líquidos e podem causar inchaço nas pernas. 

É importante consultar um endocrinologista ou nutricionista antes de iniciar qualquer dieta para que seja feita de acordo com as necessidades individuais.

10 formas naturais de tratar as pernas inchadas

10. Usar meias de compressão 

As meias de compressão funcionam como uma espécie de bomba que atuam contra a força da gravidade, ajudando o sangue a voltar dos pés para o coração. Assim, ajudam a evitar ou diminuir o inchaço nas pernas por melhorar a circulação sanguínea e linfática.

O ideal é usar meias de compressão prescritas pelo médico pois existem meias com compressão e tamanhos diferentes. Estas meias não devem ser usadas para dormir pois podem causar efeito contrário e atrapalhar o fluxo sanguíneo. Saiba como usar as meias de compressão.


 

Bibliografia >

  • CONCEIÇÃO, Sara Figueirôa da Silva Martins. Efeitos do Gengibre, do Alho e do Funcho na Saúde. Dissertação de mestrado em Ciências Farmacêuticas, 2013. Universidade Fernando Pessoa.
  • SANTOS, V.; et al. Physiology of the lower limb Edema: A Practical Approach. Journal of Aging & Inovation. 3. 2; 25-35, 2014
  • BRITO, Ana Paula Nunes Pereira; et al . Investigação de edema postural de membros inferiores em agentes de trânsito. Jornal Vascular Brasileiro. 12. 4; 1-7, 2013
  • ROSAS, Francisca; et al. Tratamento médico do linfedema dos membros inferiores. Angiologia e Cirurgia Vascular. 15. 2; 86-96, 2019
  • FARZAEI, Mohammad Hosein; et al. Parsley: a review of ethnopharmacology, phytochemistry and biological activities. J Tradit Chin Med. 33. 6; 815-826, 2013
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem