6 remédios caseiros comprovados para ansiedade

Os remédios caseiros para ansiedade são uma ótima opção para quem sofre com excesso de estresse, mas também podem ser usados por pessoas que têm diagnóstico de transtorno generalizado de ansiedade, pois são uma forma completamente natural de aliviar os sintomas, como dificuldade para relaxar ou insônia.

Esses remédios caseiros possuem substâncias com propriedades calmantes, sedativas e relaxantes, que melhoram a qualidade do sono e ajudam a combater a ansiedade e o estresse.

No entanto, o uso destes remédios nunca deve substituir o tratamento indicado pelo médico, nem a realização de sessões de psicoterapia, especialmente no caso da ansiedade, devendo apenas ser um tratamento complementar para ajudar a controlar a ansiedade por mais tempo.

Confira ainda outras dicas naturais para ansiedade no vídeo:

1. Kava-kava

Kava-kava é uma planta medicinal, conhecida cientificamente como Piper methysticum, que tem na sua composição kavalactonas, substâncias naturais que têm demonstrado uma ação semelhante às benzodiazepinas, que são um dos principais tipos de remédios usados no tratamento médico da ansiedade.

De acordo com alguns estudos [1,2], as kavalactonas parecem facilitar a ação do GABA, um neurotransmissor que diminui a ação do sistema nervoso central, ajudando a pessoa a relaxar. Além disso, o kava-kava também parece conter outros constituintes ativos, que atuam em algumas regiões específicas do cérebro, especialmente na amígdala e no hipocampo, diminuindo os sintomas de ansiedade.

Embora uma das formas mais comuns de consumir o kava-kava seja através do chá de suas raízes, uma melhor opção consiste em tomar um suplemento de kava-kava, que se compra em lojas de produtos naturais, pois é mais fácil controlar a quantidade de substância ativa que está se ingerindo. Na forma de suplemento é aconselhado tomar 50 a 70 mg de extrato purificado, 3 vezes ao dia, ou de acordo com o médico ou fitoterapeuta.

Ingredientes

  • 2 colheres (de sopa) de raiz de kava-kava;
  • 300 mL de água.

Modo de preparo

Colocar a raiz de kava-kava para ferver com a água por 10 a 15 minutos. Depois deixar amornar e coar. Beber 2 a 3 vezes por dia.

2. Valeriana

A valeriana é uma excelente opção para pessoas que estão sofrendo com ansiedade devido a insônia ou noites mal dormidas. Isso acontece porque a valeriana contém ácido valérico na sua composição, um componente que atua nas células do sistema nervoso e que tem efeito tranquilizante, além de ajudar a regularizar o ciclo de sono.

Segundo alguns estudos [3,4], esta planta pode não ser tão eficaz na ansiedade generalizada, pois ajuda principalmente a regular o sono.

A valeriana é quase sempre consumida na forma de chá, no entanto, também pode ser consumida como suplemento. Nesse caso, o ideal é tomar 300 a 450 mg, 3 vezes ao dia, ou de acordo com a indicação de um médico ou fitoterapeuta.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de raiz de valeriana;
  • 300 mL de água fervente.

Modo de preparo

Colocar a raiz de valeriana na água fervente e deixar repousar 10 a 15 minutos, depois coar e deixar amornar. Beber 30 a 45 minutos antes de deitar.

Junto com a raiz de valeriana também se pode acrescentar uma colher de chá de outra erva calmante, como a passiflora ou a lavanda, por exemplo.

3. Ashwagandha

A ashwagandha, também conhecida como ginseng indiano, é outra planta medicinal com efeito comprovado contra o transtorno de ansiedade e o estresse crônico. Esta planta é muito utilizada na Índia devido à sua ação adaptogênica, que ajuda a regular o stress do organismo, diminuindo a produção de Cortisol que é um hormônio produzido em períodos de stress e que faz mal para o bom funcionamento do organismo em quantidades aumentadas por muito tempo.

Além da ação adaptogênica, a ashwagandha também tem substâncias que atuam no sistema nervoso central da mesma forma que o neurotransmissor GABA, deixando a pessoa mais relaxada.

A ashwagandha pode ser consumida na forma de chá, no entanto, a planta também pode ser encontrada na forma de suplemento. No caso do suplemento, estudos indicam que a dose deve ser entre 125 a 300 mg, 2 vezes ao dia. O ideal é sempre fazer uso do suplemento com orientação de um médico ou fitoterapeuta.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de pó de ashwagandha;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Juntar a ashwagandha em pó na xícara de água fervente e tampar por 10 a 15 minutos. Depois coar a mistura, deixar amornar e beber 2 a 3 vezes por dia.

4. Erva cidreira

A erva cidreira é uma planta medicinal da espécie Melissa officinalis, rica em compostos fenólicos e flavonóides, como o ácido rosmarínico, com propriedades calmantes, sedativas e relaxantes, que melhoram a qualidade do sono e ajudam a combater a ansiedade e o estresse.

Isto porque o ácido rosmarínico age aumentando a atividade de neurotransmissores no cérebro, como o GABA, que contribui para a sensação de relaxamento do corpo, de bem-estar e tranquilidade e diminuição dos sintomas de ansiedade como agitação e nervosismo.

Alguns estudos [5,6] mostram que tomar o chá de erva cidreira duas vezes ao dia por 15 dias melhora o sono em pessoas com insônia e que a combinação de erva-cidreira e valeriana pode ajudar a aliviar a inquietação e os distúrbios do sono. Além disso, tomar a erva cidreira na forma de cápsulas 300 a 600 mg de erva-cidreira três vezes ao dia, reduz os sintomas de ansiedade.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de folhas de erva-cidreira;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as folhas de erva-cidreira na água fervente, tampar e deixar repousar por alguns minutos. A seguir, coar e beber de 3 a 4 xícaras deste chá por dia.

5. Camomila

A camomila é uma planta medicinal da espécie Matricaria recutita, que tem efeito comprovado das suas propriedades calmantes que ajudam a reduzir os sintomas da ansiedade, pois é rica em compostos fenólicos, glicosídeos e óleos essenciais, com propriedades calmantes e relaxantes.

Alguns estudos [7,8]mostram que a camomila pode auxiliar no tratamento do transtorno da ansiedade generalizada, depressão, estresse e hiperatividade graças à sua propriedade calmante e aos seus compostos bioativos. Além disso, essa planta medicinal possui um tipo de flavonoide chamado apigenina, que atua em receptores do cérebro e promove efeito tranquilizante e sedativo.

A camomila pode ser consumida na forma de chá preparado com as flores secas ou saquinhos de chá, e deve ser usada com orientação de um médico ou outro profissional de saúde que tenha experiência com o uso de plantas medicinais.

Ingredientes

  • 2 colheres (de chá) de flores secas de camomila.
  • 250 mL de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as flores secas de camomila em uma xícara com a água fervente, tampar, deixar repousar durante cerca de 5 a 10 minutos e coar antes de beber.

Este chá pode ser bebido 3 vezes por dia, e caso seja necessário pode ser adoçado com uma colher de chá de mel.

Além disso, o chá de camomila pode ser preparado com outros ingredientes como erva doce, hortelã pimenta ou erva-dos-gatos seca, para aumentar seu efeito calmante e antiespasmódico. Confira outras forma de preparar o chá de camomila.

6. Lavanda

A lavanda, também conhecida como alfazema, é uma planta medicinal com propriedades sedativas, relaxantes, calmantes e ansiolíticas comprovadas, que ajudam a melhorar a ansiedade, a qualidade do sono e o humor.

De acordo com alguns estudos [9,10], a lavanda apresenta benefícios para o transtorno de ansiedade generalizada, inquietação e agitação. Além disso, essa planta medicinal também mostrou melhorar o sono, a insônia e o bem estar geral, reduzir o estresse e combater a depressão.

A lavanda pode ser usada na forma de chá preparado com as flores, mas também pode ser usado na forma de óleo essencial na aromaterapia, adicionando 3 a 4 gotas em um aromatizador elétrico ou colocando no travesseiro ou roupa de cama, para relaxar e melhorar o sono.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de flores de lavanda;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de Preparo

Adicionar as flores de lavanda na xícara de água fervente e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Depois, coar, deixar amornar e beber. Este chá deve ser bebido até 3 vezes por dia, sendo recomendado tomar após cada refeição principal.

Cuidados ao utilizar os remédios caseiros

Os remédios caseiros apresentados para tratar os sintomas de ansiedade possuem substâncias ativas e, por isso, devem sempre ser utilizados apenas com orientação de um médico ou fitoterapeuta.

Além disso, estes remédios estão contraindicados para grávidas, mulheres a amamentar, crianças ou pessoas com algum problema relacionado ao sistema imune.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em setembro de 2022. Revisão clínica por Manuel Reis - Enfermeiro, em setembro de 2022.

Bibliografia

  • KOULIVAND, P. H.; et al. Lavender and the Nervous System. Evid Based Complement Alternat Med. 2013. 681304, 2013
  • KASPER, S.; et al. Silexan in anxiety disorders: Clinical data and pharmacological background. World J Biol Psychiatry. 19. 6; 412-420, 2018
Mostrar bibliografia completa
  • MCKAY, D. L.; BLUMBERG, J. B. A review of the bioactivity and potential health benefits of chamomile tea (Matricaria recutita L.). Phytother Res. 20. 7; 519-30, 2006
  • MAO, J. J.; et al. Long-term chamomile (Matricaria chamomilla L.) treatment for generalized anxiety disorder: A randomized clinical trial. Phytomedicine. 23. 14; 1735-1742, 2016
  • ROH, D.; et al. Valerian extract alters functional brain connectivity: A randomized double-blind placebo-controlled trial. Phytotherapy Research. 33. 4; 939-948, 2019
  • CASES, Julien; et al. Pilot trial of Melissa officinalis L. leaf extract in the treatment of volunteers suffering from mild-to-moderate anxiety disorders and sleep disturbances. Mediterranean Journal of Nutrition and Metabolism. 4. 211–218, 2011
  • SCAGLIONE, Francesco; ZANGARA, Andrea. Valeriana Officinalis and Melissa Officinalis Extracts Normalize Brain Levels of GABA and Glutamate Altered by Chronic Stress. Journal of Sleep Disorders and Management. 3. 1; 1-7, 2017
  • O´KENNEDY, David; LITTLE, Wendy; SCHOLEY, Andrew B. Attenuation of laboratory-induced stress in humans after acute administration of Melissa officinalis (Lemon Balm). Psychosom Med. 66. 4; 607-613, 2004
  • AMSTERDAM, J. D.; et al. Chamomile (Matricaria recutita) may provide antidepressant activity in anxious, depressed humans: an exploratory study. Altern Ther Health Med. 18. 5; 44-9, 2012
  • KUCHTA, K.; et al. Kava (Piper methysticum) Extract for the Treatment of Nervous Anxiety, Tension and Restlessness. Drug Res (Stuttg). 71. 2; 83-93, 2021
  • OOI, S. L.; et al. Kava for Generalized Anxiety Disorder: A Review of Current Evidence. J Altern Complement Med. 24. 8; 770-780, 2018
  • PITTLER, M. H.; ERNST, E. Kava extract versus placebo for treating anxiety. Cochrane Database Syst Rev. . 2003. 1; CD003383, 2003
  • SAMAD Noreen et al . Banana fruit pulp and peel involved in antianxiety and antidepressant effects while invigorate memory performance in male mice: Possible role of potential antioxidants. Pakistan journal of pharmaceutical sciences. 30. 3; 989-995, 2017
  • KIM Hyo-Won et al. Effectiveness of the Sleep Enhancement by Green Romaine Lettuce (Lactuca sativa) in a Rodent Model. Biological and Pharmaceutical Bulletin. 42. 10; 1726-1732, 2019
  • EUROPEAN MEDICINES AGENCY. European Union herbal monograph on Hypericum perforatum L., herba (traditional use). Disponível em: <https://www.ema.europa.eu/en/documents/herbal-monograph/draft-european-union-herbal-monograph-hypericum-perforatum-l-herba-traditional-use-revision-1_en.pdf>. Acesso em 28 out 2020
  • SARRIS, Jerome et al.. Kava for the treatment of generalized anxiety disorder RCT: analysis of adverse reactions, liver function, addiction, and sexual effects. Phytotherapy Research. Vol.27, n.11. 2013
  • RAKEL, David. Integrative Medicine. 4 ed. Elsevier, 2018. 46-51.
  • PRATTE, Morgan A. et al.. An Alternative Treatment for Anxiety: A Systematic Review of Human Trial Results Reported for the Ayurvedic Herb Ashwagandha (Withania somnifera). Journal of Alternative and Complementary Medicine. Vol.20, n.12. 901-908, 2014
  • SARRIS, Jerome et al.. Kava in the treatment of generalized anxiety disorder: a double-blind, randomized, placebo-controlled study. Journal of Clinical Psychopharmacology. Vol.33, n.5. 643-648, 2013
  • HERBARIUM. Hipérico. 2009. Disponível em: <https://img.onofre.com.br/raiadrogasil_bula/52559.pdf>. Acesso em 19 dez 2019
Revisão clínica:
Manuel Reis
Enfermeiro
Pós-graduado em fitoterapia clínica e formado pela Escola Superior de Enfermagem do Porto, em 2013. Membro nº 79026 da Ordem dos Enfermeiros.

Tuasaude no Youtube

  • Os poderosos benefícios do CHÁ DE LOURO

    09:57 | 251916 visualizações
  • Alimentos para combater o estresse e a ansiedade

    02:05 | 489668 visualizações