Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Chá de framboesa para acelerar o trabalho de parto

Um excelente remédio caseiro para acelerar o parto, utilizado muito popularmente e com comprovação científica é o chá de folhas de framboesa, pois possui propriedades que ajudam a tonificar e a preparar os músculos do útero para o parto, ajudando a que o trabalho de parto progrida a um bom ritmo e não seja tão doloroso.

Vários estudos indicam que, embora as substâncias da folha de framboesa não afetem a primeira fase do trabalho do parto, parecem facilitar a parte final da contração do útero e a saída do bebê, reduzindo as chances de complicações ao nascer, diminuindo a necessidade de usar instrumentos como fórceps ou ventosa.

O chá de folhas de framboesa pode, então, ser tomado no terceiro trimestre de gestação, a partir das 32 semanas, mas deve ser sempre feito com supervisão e orientação do obstetra.

Chá de framboesa para acelerar o trabalho de parto

Como preparar e tomar o chá de framboesa

O chá de framboesa deve ser preparado com as folhas de framboesa, pois possuem substâncias diferentes do fruto.

Ingredientes

  • 1 a 2 colher (de chá) de folhas de framboesa picadas;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as folhas de framboesa à água fervente, tampar e deixar repousar por até 10 minutos. Depois, coar, adoçar com mel a gosto e beber inicialmente 1 xícara do chá por dia, aumentando gradualmente para 3 xícaras do chá por dia.

Em alternativa ao chá, também se pode tomar cápsulas de folhas de framboesa, na dosagem de 2 cápsulas, de 1,2 g, por dia, e de acordo com a indicação de um obstetra ou fitoterapeuta.

Em todos os estudos, as folhas de framboesa não causaram qualquer efeito colateral na grávida, nem no bebê, sendo consideradas seguras durante a gravidez, desde que seja feita orientação com um médico.

Saiba outras formas saudáveis e naturais para acelerar o trabalho de parto.

Quando não tomar o chá

O chá de folhas de framboesa não deve ser tomado nos casos em que:

  • A grávida teve um trabalho de parto anterior rápido, que durou até 3 horas;
  • Está planejada uma cesária por motivos médicos;
  • A gestante já teve uma cesária ou parto prematuro antes;
  • A mulher teve sangramento vaginal durante a gravidez;
  • Existe histórico familiar ou pessoal de câncer de mama ou ovário, endometriose ou miomas;
  • O bebê está mal posicionado para o parto;
  • A grávida teve algum problema de saúde na gravidez;
  • Gravidez de gêmeos;
  • O trabalho de parto tem que ser induzido.

Caso a gestante sinta contrações de Braxton Hicks depois de beber o chá, deve diminuir a sua quantidade ou parar de tomá-lo. 

Saiba como identificar as contrações e os sinais do trabalho de parto.


Bibliografia

  • MILLS, Edward et al.. Herbal Medicines in Pregnancy & Lactation: An Evidence-Based Approach. United Kingdom: Taylor & Francis, 2006. 244-247.
  • SIMPSON, M. et al. Raspberry leaf in pregnancy: its safety and efficacy in labor. Journal of Midwifery & Women's Health. Vol.46. 51-59, 2001
  • EXPECTANCY. Raspberry leaf tea in pregnancy: Information for mums-to-be. 2014. Link: <expectancy.co.uk>. Acesso em 05 Abr 2019
  • EMA. Assessment report on Rubus idaeus L., folium. 2014. Link: <www.ema.europa.eu>. Acesso em 05 Abr 2019
Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem