Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é psicanálise, como é feita e para que serve

A psicanálise é um tipo de psicoterapia, desenvolvida pelo famoso médico Sigmund Freud, que serve para ajudar as pessoas a entenderem melhor seus sentimentos e emoções, assim como ajudar na identificação de como o inconsciente influencia os pensamentos e ações no dia-a-dia.

O psicólogo ou psiquiatra pode usar este tipo de abordagem para auxiliar no tratamento de pessoas com ansiedade, depressão e outros tipos de transtornos. No entanto, a psicanálise também pode ser realizada por qualquer pessoa que queira compreender suas experiências pessoais, que tenham problemas de relacionamentos ou dificuldade de concentração.

As sessões de psicanálise podem ser feitas com adultos, adolescentes e crianças, individualmente ou em grupo e duram em média 45 minutos, dependendo do terapeuta. Antes de iniciar as sessões, é importante procurar profissionais capacitados para que os resultados sejam positivos e satisfatórios.

O que é psicanálise, como é feita e para que serve

Como é feita

As sessões de terapia com psicanálise acontecem em um consultório ou clínica de um terapeuta ou psicanalista, que pode ser psicólogo ou psiquiatra, e duram em média 45 minutos. A frequência e quantidade de sessões são definidas pelo terapeuta, dependendo de pessoa para pessoa.

Durante uma sessão a pessoa se deita no sofá, chamado divã, e começa a falar sobre os sentimentos, comportamentos, conflitos e não faz contato visual com o terapeuta, para que não tenha vergonha em dizer o que sente. Assim como em outros tipos de psicoterapia, na hora que a pessoa está falando, o terapeuta vai procurando a origem dos problemas psíquicos e ajuda a pessoa a buscar maneiras de lidar com essas questões. Veja mais sobre os principais tipos de psicoterapia.

Na psicanálise, a pessoa pode falar o que vem na mente, sem nenhuma restrição e não deve-se preocupar com sentimentos de culpa ou vergonha, pois é assim que o terapeuta vai conseguir auxiliar na busca por respostas aos problemas atuais, sendo que as informações dadas são sempre mantidas em segredo.

Para que serve

Através da psicanálise uma pessoa pode adquirir conhecimentos da parte inconsciente de sua mente e isto pode ajudar a entender sentimentos, emoções e conflitos internos. Desta forma, este tipo de terapia pode ser indicada para qualquer pessoa que queira se autoconhecer e que queira entender porque sente determinadas emoções.

O terapeuta ao conversar com a pessoa, pode ajudar a identificar as causas que levam ao aparecimento de sintomas da ansiedade, depressão e alguns tipos de transtornos. No entanto, independente da realização da psicanálise, é importante seguir as recomendações de um médico psiquiatra, pois muitas vezes, é necessária utilização de medicamentos para o tratamento.

Além disso, outros problemas que a psicanálise pode ajudar a tratar incluem sentimentos de isolamento, mudanças graves de humor, auto-estima baixa, dificuldades sexuais, infelicidade constante, conflitos entre pessoas, dificuldade de concentração, preocupação excessiva e comportamento autodestrutivo, como uso de álcool ou drogas.

O que é psicanálise, como é feita e para que serve

Métodos de tratamento psicanalítico

A psicanálise tem abordagens e técnicas diferentes que serão indicadas de acordo com a recomendação do terapeuta, dependendo das necessidades de cada pessoa. Essas técnicas podem ser: 

  • Psicodinâmica: é uma técnica usada com adultos, onde o terapeuta fica sentado de frente para pessoa. Frequentemente seus objetivos são mais focados na resolução de um tipo particular de problema como depressão e ansiedade; 
  • Psicodrama: também usada em adultos, sendo que consiste em formar uma cena fictícia similar a algum acontecimento real da vida de uma pessoa, como uma briga, por exemplo. O terapeuta analisa as ações da pessoa para entender seus sentimentos e pensamentos;
  • Infantil: técnica usada em crianças e adolescentes com problemas específicos, como depressão, insônia, agressão extrema, pensamento obsessivo, dificuldade de aprendizagem e distúrbios alimentares;
  • Casais: serve para compreender a dinâmica de relacionamento entre casais, ajudando a aliviar as tensões e auxiliando na busca para resolução de conflitos;
  • Grupos psicanalíticos: é quando o terapeuta ajuda um grupo de pessoas a compreenderem juntos suas emoções, apoiando-se um no outro.

A psicanálise é usada para identificar e tratar muitos problemas e condições, e usa muitas técnicas diferentes. Embora possa ser um processo longo, a psicoterapia com psicanálise traz benefícios ao tratamento de várias condições de saúde, como depressão e ansiedade e ajuda a pessoa a viver melhor consigo mesmo e com os outros, independente da técnica utilizada.

Palavras que o médico pode utilizar

Para ajudar a pessoa a entender os sentimentos e emoções, o terapeuta pode utilizar algumas palavras que são muito utilizadas neste tipo de psicoterapia, como:

  • Inconsciente: é a parte da mente em que não é reconhecida através dos pensamentos do dia-a-dia, são sentimentos escondidos e que uma pessoa não sabe que tem;
  • Experiências infantis: são situações que ocorreram durante a infância, como desejos e medos que não foram resolvidos naquela época e que geram conflitos na fase adulta;
  • Significado dos sonhos: é utilizado para compreender desejos e fantasias não reconhecidos quando a pessoa está acordada, sendo que, muitas vezes, esses sonhos expressam significados inconscientes;
  • O ego, o id e o superego: o ego é a parte da mente que repreende ações e sentimentos, o id é a parte onde fica as recordações do inconsciente e o superego é a consciência.

Apesar de existir técnicas específicas da psicanálise, cada terapeuta pode usar diferentes abordagens dependendo de cada pessoa e dos objetivos que se quer alcançar.

Bibliografia >

  • INTERNATIONAL PSYCHOANALYTICAL ASSOCIATION. SOBRE A PSICANÁLISE. 2019. Disponível em: <https://www.ipa.world/IPA/IPA_Docs/Portuguese_about.pdf>. Acesso em 12 Nov 2019
  • AMERICAN PSYCHOLOGICAL ASSOCIATION. Psychoanalysis in Psychology. Disponível em: <https://www.apa.org/ed/graduate/specialize/psychoanalytic>. Acesso em 12 Nov 2019
  • SANTOS, Luciene. A psicanálise no mundo contemporâneo. Vol.41. 77.ed; 65 – 74, 2019
  • THE NATIONAL INSTITUTE OF MENTAL HEALTH. Psychotherapies. 2016. Disponível em: <https://www.nimh.nih.gov/health/topics/psychotherapies/index.shtml>. Acesso em 13 Nov 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem