Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Proctalgia fugaz: o que é, sintomas e como tratar

A proctalgia fugaz é a contração involuntária da musculatura do ânus, de caráter benigno, que pode durar alguns minutos e ser bastante dolorosa. Essa dor normalmente ocorre à noite, é mais frequente em mulheres entre 40 e 50 anos e não tem causa definida, mas pode acontecer devido ao estresse, ansiedade ou tensão, por exemplo. 

O diagnóstico da proctalgia fugaz é feito baseado em critérios clínicos para excluir outras causas de dor no ânus e indicar a necessidade de tratamento, que pode ser feito por meio de psicoterapia e fisioterapia para ensinar a pessoa a relaxar e contrair a musculatura anal, aliviando os sintomas.

Proctalgia fugaz: o que é, sintomas e como tratar

Principais sintomas

O sintoma mais característico da proctalgia fugaz é a dor no ânus que dura de segundos a minutos e que pode ser muito intensa, sendo semelhante a uma cãibra. As crises de dor não são muito comuns, mas algumas pessoas podem apresentar crises dolorosas duas a três vezes por mês, por exemplo. Saiba mais sobre as causas de dor anal.

O início dos sintomas da proctalgia fugaz ocorre normalmente entre os 40 e 50 anos e, apesar de ser uma condição benigna, algumas doenças mais graves podem apresentar a proctalgia como sintoma, como por exemplo o câncer de intestino e o câncer anal. Veja como identificar o câncer anal.

Como diagnosticar

O diagnóstico da proctalgia fugaz é feito pelo médico baseado nos sintomas descritos pela pessoa e em alguns critérios clínicos que excluem outras doenças que podem causar dor no ânus, como por exemplo hemorroidas, abcessos e fissuras anais. Assim, o diagnóstico é feito levando em consideração os seguintes critérios:

  1. Frequência em que a dor no ânus ou no reto ocorrem;
  2. Duração e intensidade da dor;
  3. Ausência de dor no ânus entre os episódios de dor.

A partir da avaliação dos sinais e sintomas da proctalgia fugaz o médico consegue confirmar o diagnóstico e indicar a melhor opção de tratamento.

Como é feito o tratamento

O tratamento da proctalgia fugaz é estabelecido pelo médico de acordo com a intensidade, duração e frequência das contrações do ânus, não sendo indicado qualquer tipo de tratamento para aquelas pessoas cuja proctalgia não é frequente.

A proctalgia fugaz não tem cura e, por isso, o tratamento recomendado pelo coloproctologista tem como objetivo aliviar a dor. Assim, pode ser recomendada a realização de exercícios de biofeedback, que é uma técnica fisioterapêutica em que são realizados exercícios que ensinam a pessoa a contrair e relaxar a musculatura anal.

Além disso, é importante regularizar o trato gastrointestinal, por meio de uma dieta equilibrada e a prática de exercícios, e, em alguns casos, realizar psicoterapia para aliviar a ansiedade e a tensão, já que a proctalgia fugaz também pode ser causada por alterações emocionais e psicológicas.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar