Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Primeiros socorros para fratura exposta

A fratura exposta acontece quando existe uma ferida associada à fratura, podendo ser possível observar o osso ou não. Nestes casos, há maior risco de desenvolver uma infecção e, por isso, é muito importante saber o que fazer para evitar esse tipo de complicações.

Assim, no caso de uma fratura exposta é aconselhado que:

  1. Chame uma ambulância, ligando para o 192;
  2. Explore a região da lesão;
  3. Se existir sangramento, eleve a zona afetada acima do nível do coração;
  4. Cubra o local com panos limpos ou uma compressa esterilizada, se possível;
  5. Tente imobilizar as articulações que se encontram antes e depois da fratura, utilizando talas que podem ser improvisadas, com barras de metal ou de madeira, que devem ser previamente almofadadas.

No caso de o ferimento continuar sangrando muito, deve-se tentar fazer ligeira pressão, com um pano limpo ou uma compressa na região à volta da ferida, evitando apertos ou compressões que dificultem a circulação do sangue.

Além disso, é importante lembrar que nunca se deve tentar movimentar a vítima ou colocar o osso no lugar, pois, além da dor intensa, pode ainda provocar lesões graves nos nervos ou que piorem o sangramento, por exemplo.

Primeiros socorros para fratura exposta

Principais complicações da fratura exposta

A principal complicação de uma fratura exposta é a osteomielite, que consiste na infecção do osso por vírus e bactérias que podem entrar pela ferida. Este tipo de infecção, quando não é tratada de forma adequada pode continuar evoluindo até afetar todo o osso, podendo ser necessário fazer amputação do osso.

Assim, é muito importante que, no caso de fratura exposta, se chame imediatamente uma ambulância e se cubra o local com um pano limpo ou compressa esterilizada, de preferência, para proteger o osso das bactérias e vírus.

Mesmo após o tratamento da fratura, é muito importante estar atento a sinais de infecção do osso, como dor intensa no local, febre acima de 38ºC ou inchaço, para informar o médico e iniciar o tratamento adequado se necessário.

Saiba mais sobre esta complicação e o seu tratamento.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem