Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Como não pegar HIV (e principais formas de transmissão)

A principal forma de evitar pegar HIV é usar camisinha em todos os tipos de relações sexuais, seja anal, vaginal ou oral, já que essa é a principal forma de transmissão do vírus.

No entanto, o HIV também pode ser transmitido por qualquer outra atividade que facilite o contato de secreções de uma pessoa infectada, com o sangue de outra pessoa não infectada. Assim, alguns outros cuidados muito importantes incluem:

  • Não compartilhar agulhas ou seringas, utilizando-se sempre seringas e agulhas novas e descartáveis;
  • Não entrar em contato direto com feridas ou líquidos corporais de outras pessoas, devendo-se utilizar luvas;
  • Fazer uso do PrEP, caso se tenha um risco aumentando de exposição ao HIV. Entenda melhor o que é o PrEP e quando deve ser usado.

O HIV é transmitido através do sangue e outras secreções do corpo e, é evitando o contato com estas substâncias que se pode evitar a contaminação. No entanto, também existe um medicamento chamado Truvada, que é indicado para prevenir o HIV, que pode ser tomado antes da exposição ao vírus ou até 72 horas depois. Saiba como usar e quais os efeitos colaterais deste remédio.

Como se transmite o HIV

A transmissão do HIV só ocorre quando há contato direto com o sangue ou secreções de um indivíduo infectado, sendo que ela não é transmitida através de beijos ou do contato com o suor de um indivíduo contaminado, por exemplo.

Se pega HIV através de:Não se pega HIV através de:
Relação sexual sem preservativo com indivíduo infectadoBeijo, mesmo na boca, abraço ou aperto de mão
De mãe para filho através do parto ou amamentaçãoLágrimas, suor, roupas ou lençóis
Contato direto com sangue infectadoUsar o mesmo copo, talher ou prato
Usar a mesma agulha ou seringa que um indivíduo infectadoUsar a mesma banheira ou piscina

Apesar do HIV ser uma doença muito contagiosa, é possível conviver, almoçar, trabalhar ou ter um relacionamento amoroso com alguém infectado, pois beijar, compartilhar utensílios de cozinha ou apertar a mão, por exemplo, não transmitem o HIV. Porém, se a pessoa com HIV tiver um corte na mão, por exemplo, é necessário ter alguns cuidados, como não apertar a mão ou usar luvas para não entrar em contato com o sangue.

Veja quais os sintomas e como fazer o teste de HIV:

Transmissão vertical do HIV

A transmissão vertical da HIV refere-se à contaminação que passa da mãe portadora de HIV para o seu bebê, seja através da placenta, trabalho de parto ou amamentação. Esta contaminação pode ocorrer se a carga viral da mãe estiver muito alta ou se ela amamentar o bebê.

Para evitar a transmissão vertical da HIV, recomenda-se que a mãe siga o tratamento, mesmo durante a gravidez, para diminuir a sua carga viral, e recomenda-se que ela não amamente seu bebê, devendo oferecer o leite materno de outra mulher, que pode ser conseguido no banco de leite humano, ou leite adaptado.

Saiba mais sobre o tratamento do HIV na gravidez.

Será que peguei HIV

Para saber se pegou HIV é preciso ir no infeciologista ou clínico geral, aproximadamente 3 meses após a relação, para fazer exame de sangue e, caso a relação sexual tenha acontecido com um paciente infectado com HIV, o risco de ter a doença é maior.

Desta forma, quem teve algum comportamento de risco e suspeita que possa ter sido contaminado com o vírus HIV, deve fazer o teste, que pode ser feito de forma anônima e gratuita, em qualquer CTA - centro de testagem e aconselhamento. Além disso, o teste também pode ser feito em casa de forma segura e rápida. 

É recomendado fazer o teste 40 a 60 dias após o comportamento de risco, ou quando surgirem os primeiros sintomas relacionados com o HIV, como candidíase persistente, por exemplo. Saiba identificar os sintomas de HIV.

Em alguns casos, como profissionais de saúde que se picaram em agulhas infectadas ou para vítimas de estupro, é possível pedir ao infeciologista para tomar uma dose profilática de remédios para o HIV, até 72 horas, que diminui o risco de desenvolver a doença.

Bibliografia >

  • INFOSIDA. Emtricitabina / Fumarato de disoproxilo de tenofovir. Disponível em: <https://infosida.nih.gov/drugs/406/truvada/0/patient>. Acesso em 05 Jun 2019
  • INFOSIDA. Prevención del VIH. Disponível em: <https://infosida.nih.gov/understanding-hiv-aids/fact-sheets/20/48/conceptos-basicos-sobre-la-prevencion-de-la-infeccion-por-el-vih>. Acesso em 05 Jun 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem