Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

AIDS e HIV: Como prevenir e Formas de Transmissão

A principal forma de prevenção da AIDS é usar a camisinha em todas as relações sexuais. Estas podem ser compradas em supermercados, farmácias e drogarias, mas também são distribuídos gratuitamente nos postos de saúde e nas campanhas de prevenção da AIDS realizadas pelo governo.

No entanto, existem outras formas importantes de prevenção contra a AIDS, como:

  • Utilizar seringas e agulhas descartáveis;
  • Usar luvas para manipular feridas ou líquidos corporais;
  • Seguir o tratamento da AIDS durante a gravidez para evitar a contaminação do bebê;
  • Não amamentar o bebê em caso de AIDS.

O HIV é transmitido através do sangue e outras secreções do corpo e, é evitando o contato com estas substâncias que se pode evitar a contaminação. No entanto, também existe um medicamento chamado Truvada que é indicado para prevenir o HIV, que pode ser tomado antes da exposição ao vírus ou até 72 horas depois. Este remédio ainda não é comercializado no Brasil e encontra-se em fase de estudos para que possa ser utilizado pelo SUS.

Como colocar o preservativo masculino 

É preciso saber colocar a camisinha corretamente para realmente estar protegido e a camisinha masculina deve ser colocada no pênis ereto antes de qualquer contato íntimo, como mostram as imagens a seguir, sendo que deve primeiro verificar a data do preservativo e pressionar a ponta da camisinha para evitar a acumulação de ar e desenrolar ate à base do pênis.

Pressionar a ponta da camisinha para evitar a acumulação de ar
Pressionar a ponta da camisinha para evitar a acumulação de ar
Retirar cuidadosamente e dar um nó
Retirar cuidadosamente e dar um nó

Além disso, deve-se retirar a camisinha com cuidado para não encostar nas secreções para não ser contaminado e, para retirá-la deve-se segurar a ponta, onde está a secreção, rodar ligeiramente, apertando para que a secreção não saia e então puxar a camisinha, retirando-a do pênis e jogando-no lixo dando um nó para não sair liquido.

A transmissão da AIDS ocorre através do contato com o sangue, secreção vaginal, esperma, ou leite materno contaminado com o vírus HIV.

O vírus HIV, ao entrar no organismo do indivíduo, irá enfraquecer o seu sistema imune e causar sintomas como febre, mal-estar geral, tosse seca e dor de garganta que, geralmente, só se manifestam 3 a 6 semanas após a infecção e que podem ser confundidos com uma gripe ou resfriado. Desta forma, se o indivíduo teve algum comportamento de risco, como contato íntimo sem preservativo, ou usou seringas de um indivíduo infectado, deve realizar um teste de HIV após 40 a 60 dias para confirmar se tem ou não AIDS.

Como se transmite a AIDS

A transmissão da AIDS só ocorre quando há contato direto com o sangue ou secreções de um indivíduo infectado, sendo que ela não é transmitida através de beijos ou do contato com o suor de um indivíduo contaminado, por exemplo.

Se pega AIDS através de:Não se pega AIDS através de:
Relação sexual sem preservativo com indivíduo infectadoBeijo, mesmo na boca, abraço ou aperto de mão
De mãe para filho através do parto ou amamentaçãoLágrimas, suor, roupas ou lençóis
Contato direto com sangue infectadoUsar o mesmo copo, talher ou prato
Usar a mesma agulha ou seringa que um indivíduo infectadoUsar a mesma banheira ou piscina

Apesar da AIDS ser uma doença altamente contagiosa, é possível conviver, almoçar, trabalhar ou ter um relacionamento amoroso com alguém infectado, pois beijar, compartilhar utensílios de cozinha ou apertar a mão, por exemplo, não transmitem a AIDS. Porém, se a pessoa com HIV tiver um corte na mão, por exemplo, é necessário ter alguns cuidados, como não apertar a mão ou usar luvas para não entrar em contato com o sangue.

Veja quais os sintomas da AIDS e como fazer o teste de HIV:

Transmissão vertical da AIDS

A transmissão vertical da AIDS refere-se à contaminação que passa da mãe portadora de AIDS para o seu bebê, seja através da placenta, trabalho de parto, parto ou amamentação.

Esta contaminação pode ocorrer se a carga viral da mãe estiver muito alta ou se ela amamentar o bebê.

Para evitar a transmissão vertical da AIDS, recomenda-se que a mãe siga o tratamento mesmo durante a gravidez para diminuir ao mínimo sua carga viral e que ela não amamente seu bebê, oferecendo o leite materno de outra mulher, que pode ser conseguido no banco de leite humano.

Saiba mais sobre o tratamento da AIDS na gravidez em: AIDS na gravidez.

Será que peguei Aids?

Para saber se pegou Aids é preciso no infeciologista ou clínico geral, aproximadamente 3 meses após a relação para fazer exame de sangue e, geralmente caso a relação sexual tenha acontecido com um paciente infectado com HIV, o risco de ter a doença é maior.

Desta forma, quem teve algum comportamento de risco e suspeita que possa ter sido contaminado com o vírus HIV deve fazer o teste do HIV, de forma anônima e gratuita, em qualquer CTA - centro de testagem e aconselhamento. No entanto, o teste também pode ser feito em casa de forma segura e rápida. Veja: Teste caseiro do HIV.

É recomendado fazer o teste após 40 a 60 dias do comportamento de risco, ou quando surgirem os primeiros sintomas relacionados a AIDS, como candidíase persistente, por exemplo. Veja: Sintomas da AIDS.

Em alguns casos, como profissionais de saúde que se picaram em agulhas infectadas ou para vítimas de estupro, é possível pedir ao infeciologista para tomar uma dose profilática de remédios para o HIV, até 72 horas, que diminui o risco de desenvolver a doença.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar