Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como é o Pós Operatório da Lipoaspiração

No pós-operatório da lipoaspiração o paciente pode sentir dor e, é comum aparecerem hematomas e inchaço na área operada e, embora o resultado seja quase imediato, é ao fim de 1 mês que a área lipoaspirada tem o aspecto real. 

A recuperação depois da lipoaspiração depende da quantidade de gordura retirada e do local que foi aspirado, porém as primeiras 48 horas são aquelas que exigem mais cuidados, principalmente com a postura e com a respiração para evitar complicações.

Como é o Pós Operatório da Lipoaspiração

Na maior parte das vezes a pessoa pode voltar ao trabalho, caso não seja muito exigente fisicamente, após 15 dias da cirurgia e, vai se sentindo melhor a cada dia. O tratamento fisioterapêutico pode iniciar após o 3º dia da lipo com drenagem linfática manual e orientações em relação à postura e com exercícios respiratórios. À cada dia pode-se adicionar um técnica diferente ao tratamento, de acordo com a necessidade.

Como reduzir a dor após lipoaspiração

A dor á o sintoma mais comum estando presente após todas as cirurgia por lipoaspiração. Ela resulta do estímulo gerado pelas cânulas de sucção e de como o tecido foi tratado durante o procedimento. 

Para aliviar a dor, o médico pode prescrever analgésicos e repouso durante a primeira semana. Mas a drenagem linfática manual pode começar a ser feita no 3º dia do pós-operatório na área não tratada e após cerca de 5 a 7 dias, já é possível realizar a DLM na região lipoaspirada.

Esta técnica é excelente para diminuir o inchaço corporal e ir aos poucos removendo as manchas roxas, sendo muito eficaz no alívio da dor. Ela pode ser realizada diariamente ou em dias alternados. Podem ser realizadas cerca de 20 sessões de tratamento. Veja como é feita em: Drenagem linfática.

Como é o Pós Operatório da Lipoaspiração

Como reduzir as marcas roxas após a lipoaspiração

Além de beber muita água para hidratar o corpo e facilitar a produção de urina que irá remover as toxinas em excesso, pode ser indicado recorrer à endermologia, para incrementar a drenagem linfática. Também pode ser usado o ultrassom de 3Mhz que ajuda a melhorar a circulação sanguínea eliminando as marcas.

Como cuidar da cicatriz

Nos primeiros 3 dias você deve observar se os pontos da lipoaspiração estão secos e se está formando uma 'casquinha'. Se tiver alguma alteração deve-se entrar em contato com o médico e verificar se há necessidade de  trocar o curativo.

Em casa, se a cicatriz estiver seca e cicatrizando bem, você pode fazer uma suave massagem aplicando um creme hidratante ou gel com propriedades cicatrizantes para fazer movimentos circulares, de um lado para o outro e de cima para baixo. Observe também a sensibilidade da pele, e se ela estiver com pouco ou com muita sensibilidade passar várias vezes ao dia um pedacinho de algodão no local pode ajudar a normalizar essa sensação.

Como é o Pós Operatório da Lipoaspiração

Como reduzir o tecido duro

Algumas pessoas tem a tendência de formar mais fibrose que outras. A fibrose é quando o tecido que fica por baixo e ao redor da cicatriz fica duro ou parece estar preso, como se estivesse 'costurado' ao músculo.

A melhor forma de evitar o desenvolvimento desse tecido em excesso é com a massagem feita exatamente nesse local. O ideal é que esse tecido seja tratado até 20 dias depois da lipoaspiração, mas se não for possível, pode-se recorrer a outros tratamentos para sua remoção, como a endermologia e a radiofrequência, por exemplo.

Como reduzir o inchaço local

Se imediatamente acima ou abaixo da cicatriz surgir uma região inchada, que parece ser uma 'bolsa' cheia de água, isso é um seroma. Este pode ser removido através da aspiração realizada na clínica ou no hospital e deve-se observar a cor desse líquido porque se estiver infectado o líquido será turvo ou com mistura de cores. O ideal é que se apresente claro e uniforme, como a urina, por exemplo. Uma outra forma de remover completamente esse acúmulo de líquido é através da radiofrequência realizada pelo fisioterapeuta.

O que comer após a lipoaspiração

A alimentação no pós operatório deve ser leve, à base de caldo, sopa, saladas, frutas, legumes, verduras e carnes magras grelhadas. Além disso, é fundamental beber bastante água para ajudar a drenar o líquido em excesso mas também é recomendado comer mais alimentos ricos em albumina como a clara de ovo, para reduzir o inchaço.

Recomendações importantes

Na lipoaspiração ao abdômen deve-se:

  • Ficar com a cinta elástica durante 2 dias sem tirar;
  • Tirar a cinta ao final de 48 h para fazer a higiene pessoal e voltar a colocar, usando durante pelo menos 15 dias;
  • Não fazer esforços;
  • Deitar sem pressionar o local aspirado;
  • Mexer as pernas com frequência para evitar a trombose venosa profunda.

​Além disso, é importante, tomar os medicamentos para a dor indicados pelo médico para aliviar a dor e se possível iniciar a fisioterapia dermato funcional 3 dias após a cirurgia. O tempo de tratamento varia de acordo com a técnica utilizada e necessidade de cada pessoa, mas geralmente são necessárias entre 10 e 20 sessões que podem ser realizadas diariamente ou em dias alternados.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...