Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Pericoronarite: o que é, sintomas e como é feito o tratamento

A pericoronarite é uma situação em que há a inflamação, acompanhada ou não de infecção, em um dente que está parcialmente coberto pela gengiva, resultando em dor, inchaço local e, muitas vezes, mal hálito. Apesar da pericoronarite poder acontecer em qualquer dente, é mais comum de ser percebida nos terceiro molares, popularmente conhecidos como sisos.

Essa situação acontece principalmente pelo acúmulo de resto de alimentos que se acumulam na região e, por ser muitas vezes de difícil acesso, a escovação dos dentes não é suficiente para removê-los. Assim, favorece a proliferação de bactérias, resultando em inflamação e infecção.

O tratamento para a pericoronarite é feito conforme orientação do dentista, sendo normalmente recomendado o uso de medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos para aliviar a dor e, quando não há sinais de infecção, pode ser recomendada a remoção do excesso de gengiva ou do siso.

Pericoronarite: o que é, sintomas e como é feito o tratamento

Como é feito o tratamento

O tratamento para a pericoronarite é feito conforme a orientação do dentista, sendo normalmente indicado o uso de anti-inflamatórios e analgésicos para diminuir o inchaço e aliviar a dor, como o Ibuprofeno e o Paracetamol, por exemplo. Quando há sinais de infecção, o dentista pode recomendar o uso de antibióticos para combater a infecção, como a Amoxicilina, por exemplo.

Quando os sinais inflamatórios e infecciosos desaparecem, o dentista pode optar pela remoção do siso ou a realização da gengivectomia, que consiste na remoção da gengiva que está em excesso, facilitando a saída do dente.

O tratamento da pericoronarite normalmente dura poucos dias, no entanto, caso não seja feito da maneira correta ou a higienização dos dentes não seja feita ou seja realizada de forma incorreta, pode haver complicações, como infecções graves, por exemplo, que podem prolongar o tempo de tratamento. Saiba como deve ser feita a higienização bucal.

Tratamento caseiro

O tratamento caseiro pode ser feito com o objetivo de aliviar os sintomas, mas não substituem a orientação do dentista. Para aliviar o inchaço e as dores, pode-se fazer uma compressa com água gelada na região por cerca de 15 minutos.

Além disso, pode-se fazer bochecho com água morna e sal, pois ajudam a combater possíveis agentes infecciosos e acelerar o processo de cicatrização, mas isso só deve ser feito conforme orientação do dentista, caso contrário poderá agravar o quadro clínico da pessoa.

Sintomas de pericoronarite

Os sintomas da pericoronarite surgem principalmente entre os 20 e os 30 anos, ou antes, que é o período em que normalmente os dentes sisos passam a aparecer e causar desconforto. Assim, a pericoronarite pode ser percebida por meio dos seguintes sintomas:

  • Dor leve ou que irradia para os ouvidos ou cabeça;
  • Inchaço local;
  • Mal-hálito;
  • Sangramento das gengivas;
  • Dificuldade para mastigar ou engolir;
  • Aumento dos gânglios do pescoço;
  • Mal-estar;
  • Febre baixa.

Além disso, é sinal de pericoronarite a alveolite, que corresponde à infecção e inflamação da parte interior do osso em que se encaixa o dente. Entenda mais sobre a alveolite.

O diagnóstico da pericoronarite é é feito pelo dentista a partir da análise dos sintomas apresentados pela pessoa, bem como avaliação da gengiva e dos exames de imagem, em que é observada a posição dos dentes na arcada dentária, além de local e posição de crescimento do siso, ajudando o dentista a definir a melhor forma de tratamento.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem