Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Saiba quais são os Peixes que a Grávida deve Evitar

O consumo de peixe de forma exagerada na gravidez pode ser prejudicial para a saúde por causa da alta concentração de mercúrio encontrada na sua carne do peixe. O mercúrio ingerido pela mãe através da alimentação passa pela placenta para o bebê e isso pode prejudicar o desenvolvimento neurológico do bebê, por isso, recomenda-se especialmente às mulheres evitar comer em excesso peixes, como:

  • Atum;
  • Cação;
  • Peixe espada.

Estes 3 são desaconselhados pois são peixes que tendem a ter uma grande quantidade de mercúrio na carne.

Porém, não é proibido para as gestantes comer peixes, mas é necessário cuidado com o consumo em grandes quantidades. Comer peixe durante a gestação é saudável, ele contêm ômega 3, iodo, fósforo e proteínas, sendo recomendado o consumo de peixe 2 a 3 vezes por semana, evitando, principalmente, peixes gordos e que comem outros peixes menores como fonte de alimentação.

Saiba quais são os Peixes que a Grávida deve Evitar

Grávida pode comer peixe cru?

O peixe cru na gravidez deve ser evitado, assim como os frutos do mar, porque estes alimentos podem ter bactérias e vírus e, por isso, provocar mais facilmente uma intoxicação alimentar. Assim, se recomenda o consumo de peixe e frutos do mar na gravidez apenas quando cozidos porque ao serem cozidos se diminui a possibilidade de provocarem uma intoxicação alimentar.

Se você gosta muito de sushi ou de pratos de peixe mal passados, espere um pouco até o nascimento do bebê e até lá prefira peixes bem passados.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...