Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Parto normal provoca incontinência urinária?

O parto normal pode provocar incontinência urinária, devido aos danos que pode provocar à integridade da musculatura e inervação do assoalho pélvico, que são muito importantes para a manutenção da continência urinária. No entanto, isso não significa que todas as mulheres que têm um parto normal, venham a sofrer deste problema.

Os fatores que podem aumentar o risco de desenvolver incontinência urinária após o parto incluem:

  • Trabalho de parto induzido;
  • Peso do bebê superior a 4 kg;
  • Parto prolongado.
Parto normal provoca incontinência urinária?

Nestas situações, existe um maior risco da mulher ter incontinência urinária porque os músculos pélvicos ficam mais flácidos, deixando escapar mais facilmente a urina.

Geralmente, nos partos que se dão naturalmente, em que a mulher se encontra tranquila do início ao fim e quando o bebê tem peso inferior a 4 kg, os ossos da pelve abrem-se ligeiramente e os músculos pélvicos distendem-se completamente, regressando depois ao seu tônus normal. Na maior parte destes casos, as chances de sofrer de incontinência urinária são muito reduzidas.

Como é feito o tratamento

Em caso de incontinência urinária, o tratamento que é geralmente mais utilizado é a prática de exercícios de Kegel, que são exercícios de contração e fortalecimento dos músculos pélvicos, podendo ser realizados com ou sem o acompanhamento de um profissional de saúde. Saiba como realizar os exercícios de Kegel.

Além disso, em alguns casos, o tratamento também pode ser realizado através da fisioterapia ou da cirurgia para a reparação do períneo, no entanto a realização de cirurgia não é recomendada logo após o parto. Veja mais sobre o tratamento para a incontinência urinária

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem