Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como é o parto com fórceps e quais as consequências

O fórceps obstétrico é um instrumento utilizado para extrair o bebê em determinadas condições que podem resultar em perigo para a mãe ou para o bebê, mas que só deve ser utilizado por um profissional de saúde com experiência na sua utilização.

Geralmente, este procedimento é realizado caso se verifique sofrimento fetal, dificuldades para a expulsão do bebê devido a exaustão da mãe ou caso a grávida sofra de uma condição que possa ser agravada por exercer muita força durante a expulsão.

Como é o parto com fórceps e quais as consequências

Quando utilizar os fórceps

O trabalho de parto compreende, quatro períodos, em que o primeiro consiste na dilatação, o segundo vai do final da dilatação até a expulsão do feto, o terceiro corresponde à expulsão da placenta e anexos fetais, e o quarto prolonga-se por uma hora após o parto.

Caso ocorra alguma dificuldade durante o segundo período do parto, pode ser necessário recorrer ao uso de fórceps, que geralmente são usados para exercer tração ou corrigir anomalias de posição, mas para isso, a dilatação já deve estar completa.

Além disso, o uso de fórceps também está indicado caso ocorra sofrimento fetal, prolapso do cordão no período de expulsão ou caso existam condições maternas que contraindiquem o esforço de expulsão, como no caso de cardiopatias, pneumopatias, tumores cerebrais ou aneurismas, cujo esforço pode conduzir a um acidente vascular hemorrágico.

Como é o parto com fórceps

A mulher deve ser informada sobre o procedimento, a bexiga deve ser esvaziada, o colo deve estar completamente dilatado e deve ser realizada uma analgesia eficaz e o profissional deve conhecer bem o instrumento escolhido.

Após lubrificação, cada lâmina é deslizada ao lado da cabeça do feto, podendo ser necessário realizar uma episiotomia para ampliar o canal de parto. Caso não ocorra descida da cabeça, mesmo com a utilização de fórceps, pode ser necessário realizar uma cesariana. Veja como se realiza uma cesária.

Possíveis riscos

A utilização de fórceps durante o trabalho de parto é um fator de risco para o desenvolvimento de incontinência urinária na mãe e para a ocorrência de traumatismo vaginal ou perineal, que é muito superior em relação ao parto espontâneo sem a utilização de fórceps.

No caso do bebê, a utilização deste instrumento pode resultar no aparecimento de hematomas na cabeça, que geralmente desaparecem durante as semanas seguintes. A utilização de fórceps raramente causa sequelas permanentes no bebê.

Quais as contra-indicações da utilização de fórceps

As contra-indicações para o parto com fórceps são a falta das condições para a execução do procedimento e a falta de experiência do obstetra com este instrumento.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem