Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Naegleria fowleri: o que é, principais sintomas e como se pega

Naegleria fowleri é um tipo de ameba de vida livre que pode ser encontrado em águas quentes não tratadas, como rios e piscinas comunitárias, por exemplo, e que pode entrar no organismo por meio do nariz e atingir diretamente o cérebro, onde destrói o tecido cerebral e causa sintomas como perda de apetite, dor de cabeça, vômito, febre e alucinações.

A infecção por Naegleria fowleri é rara e o seu diagnóstico e tratamento é difícil, por isso na maioria das vezes, o diagnóstico dessa infecção é feita post mortem. Apesar disso, sabe-se que o parasita é sensível à Anfotericina B e, por isso, caso haja suspeita de infecção por Naegleria fowleri, o médico indica o início do tratamento com esse medicamento.

Naegleria fowleri: o que é, principais sintomas e como se pega

Principais sintomas

Devido à capacidade dessa ameba de destruir o tecido cerebral, ela é popularmente conhecida como o parasita que come o cérebro. Os sintomas de infecção surgem cerca de 7 dias após o contato com o parasita e podem incluir:

  • Perda de apetite;
  • Dor de cabeça; 
  • Vômito; 
  • Febre; 
  • Alucinações; 
  • Visão embaçada; 
  • Alterações no estado mental. 

Quando os sintomas começam a surgir, podem ser facilmente confundidos com os da meningite bacteriana, porém quando a infecção está num estado mais avançado pode causar convulsões ou mesmo coma. Para diferenciar as duas doenças, o médico, além de avaliar a história clínica e os hábitos da pessoa, solicita a realização de exames para a meningite para que seja feito o diagnóstico diferencial e se possa iniciar o tratamento adequado.

Como é feito o diagnóstico e o tratamento

Como se trata de uma infecção rara, o diagnóstico de Naegleria fowleri é difícil, não havendo muitos recursos disponíveis para que seja feita a identificação. Os testes específicos para a identificação desse parasita são encontrados principalmente nos Estados Unidos, pois a maioria dos casos é identificada lá devido ao clima. Dessa forma, boa parte dos casos de infecção por Naegleria fowleri são diagnosticados após a morte do paciente.

Como é uma doença rara e o diagnóstico só acontece após o óbito, não há tratamento específico para esse parasita, entretanto medicamentos como o Miltefosina e a Anfotericina B são eficazes no combate à essa ameba, podendo ser recomendado pelo médico em caso de suspeita.

Como se pega este parasita

As infecções pela ameba Naegleria fowleri ocorrem quando o parasita entra no organismo através do nariz, e por isso, é mais comum que surja em pessoas que praticam desportos aquáticos como mergulho, esqui ou surf por exemplo, especialmente se esses esportes forem feitos em águas contaminadas. 

Nestes casos, o que acontece é que a água é forçada a entrar dentro do nariz e o parasita consegue chegar com maior facilidade ao cérebro. Esse parasita é considerado termotolerante, ou seja, consegue suportar variações de temperatura e por causa disso, consegue sobreviver nos tecidos humanos.

Naegleria fowleri: o que é, principais sintomas e como se pega

Como evitar a infecção

Na maioria dos casos, estes parasitas podem ser encontrados em regiões de água quente como: 

  • Lagos, lagoas, rios ou poças de lama com água quente; 
  • Piscinas não tratadas ou spas; 
  • Poços de água não tratada ou águas municipais não tratadas;
  • Fontes termais ou fontes de água geotérmica; 
  • Aquários. 

Apesar de perigoso, este parasita pode ser facilmente eliminado de piscinas ou spas com tratamentos de água adequados. 

Esta é considerada uma infecção rara e para evitar pegar esta infecção, deve evitar tomar banho em águas não tratadas. Além disso, esta é uma infecção que não é contagiosa, e por isso não é transmitida de pessoa para pessoa. 


Bibliografia

  • CENTER FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION. Naegleria fowleri. Link: <www.cdc.gov>. Acesso em 10 Dez 2018
  • WEBMD. Brain-Eating Amoeba. Link: <www.webmd.com>. Acesso em 10 Dez 2018
  • SIQUEIRA-BATISTA, Rodrigo et al. Neuroinfecção por Naegleria fowleri: aspectos clínico-terapêuticos, epidemiológicos e ecológicos. Revista de Neurociências. Vol 15. 4 ed; 310-316, 2007
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem