Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é oximetria e como é medida

A oximetria é um exame que mede a quantidade de oxigênio que está sendo transportado na circulação sanguínea, através de aparelhos que conseguem medir a concentração de gases nas células do sangue, o que também é chamado de saturação de oxigênio.

Na maioria das vezes, se busca medir a saturação de oxigênio do sangue das artérias, que são os vasos que levam oxigênio e nutrientes para os tecidos do corpo. Existem formas diferentes de se medir a oximetria, que são:

  • Não invasina: chamada de oximetria de pulso ou de dedo, é medida através de um aparelho chamado oxímetro, que tem um sensor capaz de medir a saturação de oxigênio e a frequência dos batimentos cardíacos, demonstrados em uma tela digital.
  • Invasiva: é a forma de se medir informações da oxigenação do sangue através da coleta de sangue ou pela introdução de um catéter que fica fixado no interior dos dos vasos sanguíneos, em que se coleta amostras de sangue para a medida dos dados, uma exame chamado de gasometria.

Nestes casos de baixa oxigenação de sangue, é necessário que o médico indique tratamentos adequados para melhorar a situação e evitar a sua piora, através de tratamentos como uso de máscara de oxigênio, nebulização ou medicamentos para diminuir a secreção pulmonar ou os batimentos cardíacos, por exemplo.

O que é oximetria e como é medida

Valores normais

Uma pessoa saudável, com oxigenação adequada do corpo, costuma ter uma saturação de oxigênio entre 95 e 100%. Quando a saturação atinge valores menores que 90% pode indicar que a oxigenação de sangue está deficiente, o que pode ser prejudicial para o corpo, o que acontece em doenças como asma, pneumonia, enfisema, insuficiência cardíaca ou doenças neurológicas, por exemplo.

Como se mede

As principais formas de se medir a saturação de oxigênio são:

1. Oxímetro de pulso

O que é oximetria e como é medida
O que é oximetria e como é medida

Também chamado de oxímetro de dedo, este tipo de medida é a mais utilizada pelos médicos e outros profissionais de saúde durante a avaliação clínica, principalmente em casos de doenças pulmonares, que causam dificuldade na respiração, assim como  cardíacas e neurológicas, ou durante uma anestesia, situações que podem dificultar a circulação de sangue nos vasos sanguíneos. 

  • Como funciona: possui um sensor de luz que capta a quantidade de oxigênio no sangue das artérias e a frequência dos batimentos cardíacos apenas com o contato com a pele. Estes sensores fazem medidas imediatas e regulares, e são desenvolvidos para uso nos dedos da mão, do pé ou orelha. 

2. Monitorização invasiva

O que é oximetria e como é medida
O que é oximetria e como é medida

Na monitorização invasiva, a saturação de oxigênio é medida diretamente na circulação sanguínea, através da coleta de sangue com uma seringa ou através da introdução de um catéter.

Este tipo de medida costuma ser utilizada nos casos em que o paciente precisa ser monitorizado continuamente ou de forma mais exata, o que é mais comum em situações como realização de grandes cirurgias, doenças cardíacas graves, arritmias, infecção generalizada, alterações súbitas da pressão arterial ou em casos de insuficiência respiratória, por exemplo. Saiba o que é insuficiência respiratória e como pode diminuir a oxigenação do sangue.

  • Como funciona: as principais formas invasivas de medir a saturação de oxigênio são através de um exame chamado gasometria, em que se coleta o sangue para uma seringa com medida da sua oxigenação em um aparelho, coletando-se com agulha ou do catéter que pode estar introduzido no vaso. Os vasos sanguíneos mais utilizados para este tipo de medida são a artéria radial ou femoral, mas outros também podem ser utilizados.

Nestes casos, geralmente, o paciente encontra-se em um ambiente hospitalar, e com uma doença em que há necessidade de uma monitorização do quadro clínico, com dados da circulação de sangue para o coração, ventilação do pulmão, medida da pressão arterial ou do bombeamento cardíaco, por exemplo.

Cuidados durante a oximetria

É muito importante que os aparelhos que fazem este tipo de medida sejam calibrados regularmente, para evitar resultados alterados. Além disso, durante o uso do oxímetro de pulso, alguns cuidados para se evitar a alteração do exame incluem:

  • Evitar uso de esmalte ou unhas postiças, pois alteram a passagem do sensor de luz;
  • Proteger o aparelho em caso de ambiente muito iluminado ou ensolarado;
  • Observar se o aparelho está bem posicionado;

Além disso, o medico deverá investigar doenças como anemia ou deficiências da circulação sanguínea, que podem interferir na medida da oxigenação do sangue.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...