Odinofagia: o que é, principais causas e tratamento

Outubro 2021

A odinofagia é a dor que acontece ao engolir alimentos, bebidas ou saliva e que geralmente é causada por inflamações que afetam a faringe ou a laringe, como amigdalite, laringite ou faringite.

A odinofagia também pode acontecer devido a infecções no esôfago causada pelo fungo Candida albicans, principalmente em pessoas com o sistema imunológico enfraquecido devido a doenças ou a radioterapia, por exemplo, além de também poder ser consequência da COVID-19.

O tratamento da odinofagia deve ser feito pelo clínico geral ou otorrinolaringologista, de acordo com a causa desse sintoma, podendo ser indicado o uso de medicamentos, como antibióticos ou anti-inflamatórios, ou em alguns casos, cirurgia.

Odinofagia: o que é, principais causas e tratamento

Possíveis causas

As principais causas da odinofagia são inflamações ou infecções na boca, garganta ou no esôfago, causando dor para engolir, como por exemplo:

  • Resfriado comum ou gripe;
  • Faringite, laringite ou amigdalite;
  • Esofagite;
  • Azia ou refluxo gastroesofágico;
  • Úlcera no esôfago;
  • Estreitamento do esôfago;
  • Infecção pelo fungo Candida albicans;
  • Infecção do esôfago pelo vírus herpes simples;
  • Traumas físicos, na boca, esôfago ou garganta, como engolir espinho de peixe ou osso de frango, por exemplo;
  • Cirurgias na boca, esôfago ou garganta;
  • Hábito de fumar;
  • Consumo de álcool ou drogas de abuso;
  • Consumo por período prolongado de bebidas muito quentes ou muito frias;
  • Radioterapia para tratamento do câncer.

Além disso, a odinofagia também pode surgir devido a infecção pelo coronavírus, sendo um sintoma comum associado à COVID-19. Saiba identificar todos os sintomas da COVID-19.

Qual a diferença entre odinofagia e disfagia?

A odinofagia e a disfagia são condições relacionadas com o ato de engolir. No entanto, a disfagia é uma dificuldade para engolir, enquanto a odinofagia é a dor ao engolir, sendo que podem ocorrer ao mesmo tempo ou de forma separada.

As duas condições podem ser causadas por infecções ou inflamações, no entanto, a disfagia também pode ser causada por condições que afetam o sistema nervoso central, como AVC, paralisia cerebral, esclerose múltipla, demência ou tumor cerebral, por exemplo.

Além disso, a disfagia é considerada mais grave, pois pode causar tosse ou engasgo e resultar em irritação ou infecção nos pulmões e levar ao surgimento de pneumonia.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da odinofagia é feito pelo médico por meio da avaliação visual da garganta, e através do exame de endoscopia, permitindo uma avaliação completa das mucosas do esôfago e do estômago, além de exames para identificar as condições de saúde que podem estar causando a dor ao engolir.

Como é feito o tratamento

A odinofagia pode melhorar em alguns dias sem necessitar de tratamento, como nos casos de gripes ou resfriados, por exemplo.

No entanto, nos casos de infecções na boca, na garganta ou no esôfago, ou de outras condições de saúde, o médico pode indicar o tratamento de acordo com a causa, e pode incluir:

  • Antibióticos para tratar as infecções;
  • Remédios para refluxo gastroesofágico, como omeprazol, esomeprazol ou pantoprazol.
  • Anti-inflamatórios para aliviar a dor, nos casos de amigdalite, faringite ou laringite;
  • Spray anestésico para aliviar a dor na garganta;
  • Cirurgia, nos casos de refluxo gastroesofágico que não melhorou com o uso de remédios ou câncer no esôfago, por exemplo.

Além disso, durante o tratamento alguns cuidados são importantes para evitar a dor ao engolir, sendo recomendado consumir alimentos leves e macios e mastigar os alimentos por mais tempo para facilitar a deglutição, e evitar o consumo de álcool, drogas de abuso ou bebidas muito quentes ou frias.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • SANTOS-SÁNCHEZ, N. F.; SALAS-CORONADO, R. Origin, structural characteristics, prevention measures, diagnosis and potential drugs to prevent and COVID-19. Medwave. 20. 8; e8037, 2020
  • MURRO, D.; JAKATE, S. Radiation esophagitis. Arch Pathol Lab Med. 139. 6; 827-30, 2015
  • GUPTA, G.; MAHAJAN, K. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Acute Laryngitis. 2021. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK534871/>. Acesso em 27 Out 2021
  • MALLICK, S.; BENSON, R.; RATH, G. K. Radiation induced oral mucositis: a review of current literature on prevention and management. Eur Arch Otorhinolaryngol. 273. 9; 2285-93, 2016
  • ROBERTSON, K. D.; NAGRA, N.; MEHTA, D. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Esophageal Candidiasis. 2021. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK537268/>. Acesso em 27 Out 2021
  • HOSSAIN, S. M.; DE CAESTECKER, J. Acute oesophageal symptoms. Clin Med (Lond). 15. 5; 477-81, 2015
Mais sobre este assunto: