Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Noz-da-índia: para que serve, como usar e efeitos colaterais

A noz-da-índia é uma semente do fruto da árvore Aleurites moluccana e que tem aparência similar à macadâmia. Por ter propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e laxantes, acredita-se que a noz-da-índia pode ajudar na prevenção de situações como aterosclerose, prisão de ventre e infarto.

Conhecida também como Nogueira-de-Iguape, Nogueira-do-Litoral ou Nogueira da índia, a noz-da-índia possui ação diurética e, por isso, é popularmente usada para ajudar na perda de peso.

A noz-da-índia pode ser encontrada em sementes ou na forma de cápsulas. No entanto, por conter toxalbumina e forbol, que são substâncias tóxicas e que, mesmo em baixas quantidades, podem causar vômito, diarreia, taquicardia e problemas nos rins, a produção e a comercialização de noz-da-índia e de produtos feitos com essa semente são proibidas no Brasil.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

Os possíveis benefícios da noz-da-índia para a saúde são:

1. Prevenir doenças cardiovasculares

Por ter efeito hipocolesterolêmico e antioxidante, a noz-da-índia pode diminuir os níveis de colesterol “ruim”, o LDL, colesterol total e triglicerídeos no sangue, prevenindo doenças cardiovasculares, como infarto, AVC e aterosclerose.

2. Facilitar a cicatrização de feridas

Devido às suas propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, diminuindo a inflamação e o inchaço, a noz-da-índia pode ajudar na renovação dos tecidos e cicatrização.

3. Combater a prisão de ventre

Por ter propriedades laxantes, a noz-da-índia acelera o trânsito intestinal, podendo ajudar a combater a prisão de ventre.

4. Aliviar dores

A noz-da-índia possui ação analgésica, reduzindo a percepção e a transmissão dos estímulos que causam a dor.

5. Ajudar no tratamento de úlceras no estômago

Devido à suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, a noz-da-índia pode ajudar no tratamento de úlceras no estômago. Além disso, a noz-da-índia tem propriedades analgésicas, podendo aliviar a dor que as úlceras gástricas provocam.

A noz-da-índia emagrece?

A noz-da-índia é conhecida popularmente por emagrecer, porque possui ação diurética e laxante, estimulando a eliminação do excesso de líquido corporal pela urina e fezes, o que promove a perda de peso.

No entanto, o emagrecimento, ou seja, a perda de gordura corporal, só é possível através da diminuição das calorias da dieta e da prática regular de exercícios físicos. Veja outras dicas para emagrecer rápido.

Como usar

A noz-da-índia é usada popularmente na forma de sementes ou cápsulas.

  • Sementes de noz-da-índia: normalmente é indicado fracionar a semente em 4 ou 8 partes iguais e tomando 1 pedaço por dia com 1 copo de água;

  • Noz-da-índia em cápsulas: geralmente recomenda-se ingerir 1 cápsula por dia, tomada com 1 copo de água.

É importante lembrar que ainda não existem estudos científicos que comprovem uma dosagem segura e eficaz para consumo da noz-da-índia. Por isso, a produção e comercialização da noz-da-índia e de produtos feitos com essa semente não são permitidas no Brasil.

Possíveis efeitos colaterais

A noz-da-índia contém a toxalbumina e o forbol, que são substâncias muito tóxicas. Assim, os possíveis efeitos colaterais da noz-da-índia são:

  • Enjoo e vômitos;
  • Forte cólica abdominal;
  • Diarreia;
  • Sede intensa;
  • Desidratação;
  • Irritação e vermelhidão nos lábios e boca;
  • Pupilas dilatadas;
  • Queda da pressão;
  • Desmaio;
  • Batimento cardíaco acelerado;
  • Dificuldade para respirar;
  • Febre;
  • Lentidão nos movimentos;
  • Cãibras nas pernas;
  • Formigamentos e alteração da sensibilidade;
  • Dor de cabeça.

Nos casos mais graves, a noz-da-índia pode causar alterações no funcionamento dos rins e coração, podendo causar a morte. Estes sintomas podem surgir cerca de 20 a 40 minutos após o consumo dessa semente.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em janeiro de 2023.

Bibliografia

  • AGÊNCIA NAVIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA-ANVISA. Noz da Índia está proibida no Brasil. Disponível em: <https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2017/noz-da-india-esta-proibida-no-brasil#:~:text=Anvisa%20pro%C3%ADbe%20uso%20e%20venda,n%C3%A3o%20t%C3%AAm%20registro%20na%20Ag%C3%AAncia.>. Acesso em 12 jan 2023
  • CASTILHO, P, F et al. Aleurites Moluccana (L.) Willd.: Características gerais, farmacológicas e fitoquímicas. Evidência. Vol.19. 2.ed; 275-292, 2019
Mostrar bibliografia completa
  • ROSA, Matheus. EFEITOS FISIOPATOLÓGICOS DA INGESTÃO DE NOZ DA ÍNDIA (ALEURITES MOLUCCANA) EM RATOS WISTAR OBESOS E NÃO OBESOS. Dissertação apresentada obtenção do título de Mestre., 2018. Universidade Federal de Lavras.
  • CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL. Nota Técnica do Civitox sobre intoxicação pelo uso da “Noz da Índia”. Disponível em: <https://www.crfms.org.br/noticias/alerta/3503-nota-tecnica-do-civitox-sobre-intoxicacao-pelo-uso-da-undefinednoz-da-indiaundefined>. Acesso em 03 fev 2021
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.

Tuasaude no Youtube

  • 4 CHÁS SEGUROS PARA EMAGRECER

    18:55 | 281552 visualizações
  • Perca barriga com estes 7 exercícios

    11:10 | 492055 visualizações