Ninfoplastia: o que é, como é feita e recuperação

junho 2022
  1. Quando é indicada
  2. Como é feita
  3. Recuperação
  4. Quem não deve fazer

A ninfoplastia é uma cirurgia estética da região íntima que permite reduzir o tamanho dos pequenos lábios vaginais, sendo utilizada principalmente em mulheres que têm hipertrofia dessa área.

Esta cirurgia é relativamente rápida, durando cerca de 1 hora, e geralmente a mulher passa apenas 1 noite internada, tendo alta no dia seguinte. A recuperação pode causar algum desconforto e, por isso, é muito importante seguir todas as recomendações do médico e evitar esforços físicos, incluindo não ir trabalhar nos primeiros 10 a 15 dias.

As cirurgias íntimas, como a ninfoplastia, podem ser feitas através do SUS no Brasil. Para isso, a mulher deve ser avaliada por um ginecologista do SUS que irá encaminhar para um cirurgião.

Quando é indicada

A ninfoplastia normalmente é realizada nas seguintes situações:

  • Quando os pequenos lábios vaginais são muito grandes, o que pode levar ao acúmulo de secreções e/ ou de urina, aumentando o risco de infecções;
  • Quando há frequente formação de feridas na região, devido à maior fricção entre os lábios;
  • A anatomia dos lábios vaginais provocam desconforto durante a relação sexual;
  • O tamanho dos lábios causa desconforto, vergonha ou baixa auto-estima;

Assim, nessas situações, a realização da ninfoplastia é capaz de prevenir a ocorrência de infecções e feridas, melhorar o desempenho sexual e deixar a mulher mais confortável para usar todo tipo de roupas, mesmo que sejam justas, já que os lábios vaginais já não estarão tão proeminentes ao ponto de incomodar na calcinha de rende ou na calça jeans, por exemplo.

No entanto, é importante que o ginecologista seja consultado para que seja possível esclarecer todas as dúvidas relacionadas com a ninfoplastia e, assim, ser possível realizar a cirurgia com segurança.

Como é feita a cirurgia

A ninfoplastia é feita em ambulatório com anestesia local e com ou sem sedação, e dura entre 40 minutos a 1 hora. Durante o procedimento, o médico corta os pequenos lábios e costura suas bordas de forma que não se veja cicatriz.

A sutura é feita com fios absorvíveis, que acabam por ser absorvidos pelo organismo, não sendo por isso necessário voltar ao hospital para retirar os pontos. No entanto, em certos casos o médico pode optar por pontos comuns, que devem ser retirados após 8 dias.

Como é a recuperação da cirurgia

Após a cirurgia é normal a região íntima ficar bastante inchada, avermelhada e com marcas arroxeadas, sendo alterações normais e esperadas. A mulher normalmente recebe alta no dia seguinte ao procedimento, podendo retornar ao trabalho e às suas atividades diárias cerca de 10 à 15 dias depois. Além disso, algumas orientações que podem ser dadas pelo médico após a ninfoplastia são:

  • Repousar por cerca de 8 dias, ou de acordo com a recomendação médica;
  • Usar roupas leves, folgadas e confortáveis;
  • Permanecer deitada na primeira semana depois da cirurgia, com as pernas ligeiramente mais elevadas que o resto do tronco para facilitar o retorno venoso, e diminuir a dor e o inchaço da região genital;
  • Evitar dirigir nos primeiros dias após a cirurgia, pois a posição do condutor pode causar dor e sangramento;
  • Evitar ter relações sexuais e praticar atividade física 40 a 45 dias após a cirurgia;
  • Pode ser recomendada a realização de drenagem linfática, para diminuir o inchaço.
  • Em caso de dor e desconforto, o médico pode indicar o uso de paracetamol e/ ou ibuprofeno;
  • Não consumir bebidas alcoólicas ou fumar até 10 dias após a cirurgia ou de acordo com a orientação médica.

Embora a recuperação não seja igual para todas as mulheres, geralmente a cicatrização completa dá-se cerca de 6 meses depois, que é o momento em que a cicatrização finalizou totalmente e o resultado final pode ser observado, mas pequenas mudanças podem ser observadas dia após dia.

Como fazer a higiene local

Durante a recuperação, a região vaginal deve manter-se limpa e seca e podem ser colocadas compressas geladas no local, principalmente nos primeiros dias, para aliviar a inflamação e combater o inchaço. Deve-se colocar compressas frias durante 15 minutos, 3 vezes ao dia.

Após urinar e defecar a mulher deve sempre lavar a região com água fria ou soro fisiológico, e aplicar uma solução antisséptica com uma gaze limpa. O médico pode recomendar ainda que coloque uma camada de pomada cicatrizante ou com ação bactericida, para evitar a coceira que acontece durante a cicatrização, e evitar que infeccione. Esse cuidado deve ser realizado após cada ida ao banheiro durante, pelo menos, 12 a 15 dias.

Deve-se usar um absorvente íntimo macio, que possa absorver ao máximo o sangue, mas sem estar pressionando a região. A calcinha deve ser de algodão e larga o suficiente para se sentir confortável nos primeiros dias. Não é recomendado usar roupas justas como legging, meia calça ou calça jeans nos primeiros 20 dias.

Quem não deve fazer a cirurgia

A ninfoplastia é contraindicada antes dos 18 anos, para pessoas que tenham a diabetes descontrolada, hipertensão ou insuficiência cardíaca. Não é recomendado fazer a cirurgia durante a menstruação ou muito próximo do dia da próxima vinda da menstruação, porque o sangue menstrual pode deixar a região mais úmida, e favorecer a infecção.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em junho de 2022.
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.