Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

7 causas de pontadas na vagina e o que fazer

As pontadas na vagina podem ser causadas por algumas situações como a realização de determinados exercícios físicos em excesso, que forçam a região pélvica ou pode aparecer por causa do aumento do tamanho do bebê após o terceiro trimestre de gestação.

Alguns problemas de saúde podem levar ao surgimento de pontadas na vagina, como o vaginismo e varizes na vulva, podendo também serem verificados outros sintomas como sangramento vaginal fora do período menstrual, inchaço e corrimento vaginal, sendo muito importante consultar um médico ginecologista para identificar a causa e indicar o tratamento adequado.

7 causas de pontadas na vagina e o que fazer

Desta forma, as principais causas de pontadas na vagina são:

1. Gravidez

No último trimestre da gravidez, após a 27ª semana de gestação, o bebê ganha bastante peso, assim como ocorre o aumento do volume de líquido circulante e isto gera uma pressão e redução do fluxo sanguíneo na região da vagina. Por causa disso, é comum que mulheres grávidas sintam pontadas e inchaço na vagina, além de sensação de queimação na região.

O que fazer: esta situação é comum no final da gravidez, porém se junto com as pontadas na vagina surgir algum tipo de sangramento é importante consultar o obstetra para avaliar os sintomas e iniciar o tratamento mais adequado.

Se as pontadas forem apenas por causa do peso do bebê pode-se colocar uma compressa fria na região da vagina para aliviar a dor. Também é importante evitar ficar muito tempo em pé e manter-se em repouso, pois isto também ajuda a diminuir os sintomas.

2. Exercícios físicos

Alguns tipos de exercícios físicos podem levar ao aparecimento de pontadas na vagina, principalmente aqueles em que são necessários pegar peso, fazer agachamentos e que exigem muitos esforços dos músculos pélvicos, como a elevação pélvica com bola. 

A realização de hipismo ou equitação, que são atividades que requerem que uma pessoa monte em um cavalo e a prática de ciclismo também podem causar pontadas na região da vagina, por causa da pressão que esses exercícios fazem na região vulvar.

O que fazer: as pontadas na vagina causadas pela realização de exercícios físicos podem ser aliviadas com repouso e aplicação de compressa fria no local. Também é importante usar roupas de algodão e menos apertadas para não piorar os sintomas.

3. Vulvodínia

A vulvodínia, também chamada de vestibulite vulvar, é caracterizada pelo aumento da sensibilidade dos nervos da região por pelo menos três meses, levando ao aparecimento de desconforto, dor, ardor, irritação e pontadas neste local.

Estes sintomas surgem simplesmente ao tocar partes internas ou externas da vulva e por isso, as mulheres com vulvodínia sentem pontadas e dor durante ou após as relações sexuais, durante a inserção de tampões ou absorventes internos, ao usarem roupas muito apertadas, durante exames ginecológicos, ao andarem de bicicleta ou até mesmo quando ficam muito tempo sentadas.

O diagnóstico da vulvodínia é feito por um ginecologista, através das queixas da mulher e por meio de um teste em que é avaliada a sensibilidade do local quando o médico toca com um cotonete ou outro dispositivo médico na região vulvar. 

O que fazer: o tratamento para vulvodínia é indicado por um ginecologista em conjunto com outros especialistas como neurologista e dermatologista, pois nem sempre se sabe a causa exata e é necessário uma investigação mais ampla. No entanto, o tratamento consiste geralmente no uso de medicamentos para tomar ou pomadas para aliviar a dor, assim como exercícios do assoalho pélvico e neuroestimulação elétrica transcutânea, também chamado de TENS, que devem ser orientados por um fisioterapeuta.

4. Infecções sexualmente transmissíveis

As infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), conhecidas anteriormente como DSTs, são doenças provocadas por microrganismos que são transmitidos pelo contato íntimo desprotegido e que podem levar ao surgimento de vários sintomas como corrimento amarelado ou esverdeado, ardência, queimação, inchaço, dor e pontadas na vagina.

A clamídia é uma infecção sexualmente transmissível causada pela bactéria Chlamydia trachomatis e é uma das principais infecções que levam à dor e às pontadas na vagina. Quando essa infecção não é tratada, bactéria pode permanecer do sistema genital da mulher e causar a inflamação da região pélvica, caracterizando a Doença Inflamatória Pélvica (DIP), que também pode acontecer devido à gonorreia não tratada, que também é uma IST.

Alguns vírus também podem ser transmitidos por via sexual e causar dor e pontadas na vagina principalmente durante as relações sexuais, como é o caso da infecção pelo vírus da herpes e pelo HPV.

O que fazer: ao aparecerem os sintomas é indicado procurar um ginecologista para fazer exames ginecológicos e de sangue para confirmar o diagnóstico e em seguida fazer recomendações sobre o tratamento de acordo com a doença identificada, que pode ser feito com medicamentos antibióticos. No entanto, essas infecções podem ser evitadas com uso de preservativo, seja o masculino quanto o feminino.

Veja mais formas de prevenir e tratar as infecções sexualmente transmissíveis:

5. Vaginismo

O vaginismo é uma condição que acontece por causa de contrações involuntárias dos músculos da região pélvica e vagina, levando à dificuldade da mulher em manter relações sexuais, pois provocam dor intensa e pontadas no canal vaginal. Geralmente, o vaginismo está relacionado à problemas psicológicos, como aversão sexual, porém também pode surgir devido partos complicados, cirurgias e fibromialgia.

O que fazer: após o diagnóstico ser confirmado por um ginecologista, o tratamento indicado pode ser baseado no uso de medicamentos para reduzir os espasmos musculares da vagina, uso de dilatadores, técnicas de relaxamento e psicoterapia. Veja melhor como é feito o tratamento para o vaginismo.

6. Varizes na vulva

As varizes na vulva, conhecidas também por varicosidade vulvar, se caracteriza pela presença de veias dilatadas nas regiões dos grandes e pequenos lábios. O surgimento deste problema de saúde está associado ao aumento da pressão provocada pelo peso do bebê durante a gravidez, à trombose venosa de outras partes do corpo e à vulvodínia. 

Nem sempre as varizes na vulva causam sintomas, sendo visível apenas as veias mais grossas na vagina, porém em algumas mulheres podem aparecer queimação, dor e pontadas na vagina ou na parte interna da coxa, que piora ao ficar muito tempo em pé, durante a menstruação ou após uma relação íntima. 

As mulheres com varizes na vulva, também podem apresentar outros problemas de saúde como endometriose, miomas, prolapso uterino ou incontinência urinária, por isso o diagnóstico deve ser feito por um ginecologista após a realização de exames.

O que fazer: o tratamento para varizes na vulva inclui o uso de medicamentos para aliviar a dor e reduzir os trombos de sangue e anticoncepcionais, para regular os hormônios femininos. Dependendo da gravidade desta condição, também pode ser recomendado pelo médico a embolização das varizes ou cirurgia para remover as veias atingidas.

7. Cistos de Bartholin

As pontadas na vagina podem surgir por causa de cistos na glândula de Bartholin, que é responsável pela lubrificação do canal da vagina durante o contato íntimo. Os cistos obstruem essa glândula e isto faz com não haja lubrificação na vagina, causando dor e pontadas na vagina durante e depois das relações sexuais.

Os cistos de Bartholin são tumores benignos e podem também levar ao aparecimento de abscesso, que são caroços com pus, e por isso é recomendado procurar atendimento de um ginecologista para fazer o diagnóstico e indicar o tratamento mais apropriado. Conheça as causas dos cistos de Bartholin.

O que fazer: o tratamento é indicado pelo ginecologista e depende do tamanho dos cistos de Bartholin identificados, porém pode ser recomendado o uso de antibióticos, se houver infecção associada, drenagem, cauterização ou remoção cirúrgica do cisto.

Quando ir ao médico

É importante procurar atendimento médico quando além das pontadas na vagina surgirem outros sinais e sintomas como:

  • Dor e ardência para urinar;
  • Sangramento fora do período menstrual;
  • Febre;
  • Corrimento esverdeado ou amarelado;
  • Coceira vaginal;
  • Presença de bolhas na vagina.

Estes sintomas podem indicar outras doenças, como por exemplo herpes genital, infecção urinária e vulvovaginites e são condições que, muitas vezes, são transmitidas sexualmente e por isso é importante ter o hábito de usar camisinha. Confira o que são vulvovaginites e qual o tratamento.

Bibliografia >

  • CARVALHO, Joana C.G.R. et al. Terapêutica multimodal do vaginismo: abordagem inovadora por meio de infiltrac¸ão de pontos gatilho e radiofrequência pulsada do nervo pudendo. Brazilian Journal of Anesthesiology. Vol.67, n.6. 632-636, 2017
  • GAVRILOV, Sergey G. Vulvar varicosities: diagnosis, treatment, and prevention. International Journal of Women’s Health 2017:9. Vol.9. 463—475, 2017
  • WOMEN'S HEALTH QUEENSLAND WIDE INC . Pelvic varicose veins. Disponível em: <https://womhealth.org.au/conditions-and-treatments/pelvic-varicose-veins>. Acesso em 20 Jan 2020
  • MONTEIRO, Marilene V.C. et al. Vulvodínia: diagnóstico e tratamento. FEMINA. Vol.43, n.2. 71-75, 2015
  • SPECK, Neila M.G. et al. Tratamento do cisto da glândula de Bartholin com laser de CO2. Einstein. Vol.14, n.1. 25-29, 2016
  • FEDERAÇÃO BRASILEIRA DAS ASSOCIAÇÕES DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA. Manual de Orientação Doenças Infectocontagiosas. 2010. Disponível em: <https://www.febrasgo.org.br/images/arquivos/manuais/Manuais_Novos/Doencas-_Infectocontagiosas.pdf>. Acesso em 21 Jan 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem