Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Metronidazol pomada: para que serve e como usar

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
outubro 2022

O metronidazol pomada é um medicamento com ação antiparasitária que ajuda no combate a infeções vaginais provocadas pelo parasita Trichomonas vaginalis, devendo ser usado de acordo com a orientação do ginecologista.

O metronidazol, além de pomada, está também disponível em outras apresentações, como em comprimidos e injeção, que estão disponíveis em farmácias, sob genérico ou com o nome Flagyl, podendo ser comprados mediante a apresentação de receita médica. Veja mais sobre o metronidazol.

No caso da embalagem do metronidazol pomada, além do tubo com a pomada, é composta por 10 aplicadores que devem ser usados para aplicar a pomada diretamente no interior da vagina, devendo ser descartado a seguir.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

O metronidazol em pomada é indicado pelo médico no tratamento da tricomoníase, já que possui atividade antimicrobiana, promovendo a eliminação do parasita e aliviando os sintomas. Saiba identificar os sintomas da tricomoníase.

Como usar

O metronidazol pomada deve ser usado de acordo com a orientação do médico, sendo normalmente recomendado o uso da pomada por 10 a 20 dias, 1 vez ao dia, de preferência à noite, com o auxílio do aplicador descartável.

Assim, para usar o metronidazol pomada deve-se:

  • Remover a tampa do tubo da pomada e prender no aplicador;
  • Pressionar a base do tubo para encher o aplicador com o produto;
  • Introduzir o aplicador totalmente na vagina e empurrar o êmbolo do aplicador até esvaziar por completo.

Para facilitar a introdução do creme, é aconselhado que a mulher fique na posição deitada.

A ação do medicamento não é afetada pela menstruação, porém, sempre que possível, o tratamento deve ser feito entre os ciclos menstruais, para que seja mais confortável.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais que podem ocorrer durante o tratamento com metronidazol em gel são queimação e coceira vaginal, dor de estômago, náuseas e vômitos, diarreia, dores de cabeça e reações cutâneas. É importante que o ginecologista seja informado sobre qualquer efeito sentido, pois assim é possível fazer ajustes no tratamento.

Quem não deve utilizar

Este medicamento está contraindicado para crianças, homens, mulheres grávidas ou que estejam amamentando e pessoas com alergia ao metronidazol ou outros componentes presentes na fórmula.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em outubro de 2022.

Bibliografia

  • DINGSDAG, S. A.; HUNTER, N. Metronidazole: an update on metabolism, structure-cytotoxicity and resistance mechanisms. J Antimicrob Chemother. 73. 1; 265-279, 2018
  • HERNÁNDEZ CERUELOS, A.; et al. Therapeutic uses of metronidazole and its side effects: an update. Eur Rev Med Pharmacol Sci. 23. 1; 397-401, 2019
Mostrar bibliografia completa
  • SANOFI-AVENTIS FARMACÊUTICA LTDA. Flagyl (metronidazol). 2016. Disponível em: <https://www.saudedireta.com.br/catinc/drugs/bulas/flagyl.pdf>. Acesso em 06 out 2022
  • SANOFI-AVENTIS FARMACÊUTICA LTDA. Flagyl pediátrico. Disponível em: <https://www.saudedireta.com.br/catinc/drugs/bulas/flagylped.pdf>. Acesso em 06 out 2022
  • SANOFI. Flagyl. 2016. Disponível em: <https://www.onofre.com.br/estaticos/bulas/072656.pdf>. Acesso em 06 out 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.