Existe algum risco de ter relação ao usar creme vaginal?

“Estou usando um creme vaginal receitado pelo ginecologista. Posso ter relações com meu namorado durante o tratamento? Qual o risco de ter relação durante o uso do creme vaginal?”

Jonathan Panoeiro

Neuropediatra

CRM-RJ 52-110154-4

Jonathan Panoeiro
Não tem agenda disponível
Buscar Ginecologista perto de você

Normalmente, o creme vaginal deve ser usado em dias seguidos e sem atividade sexual durante o período do tratamento, principalmente quando se está tratando uma infecção. 

Alguns destes cremes são medicamentos indicados para tratar infecções e necessitam de um tempo para agir na mucosa da vagina. Assim, a atividade sexual pode atrapalhar a absorção da pomada e a sua ação. 

No caso de cremes vaginais usados para repor estrogênio na mucosa da vagina, é recomendado evitar ter relação imediatamente após a sua aplicação, porque seu parceiro pode acabar também absorvendo o medicamento durante o contato sexual.

Os principais riscos relacionados com a relação sexual durante o tratamento com creme vaginal são:

  • Não tratar completamente a infecção, necessitando recomeçar o tratamento e aumentando o risco de complicações como doença inflamatória pélvica;
  • Transmissão de infecções sexualmente transmissíveis para o parceiro;
  • Absorção do medicamento pelo parceiro durante o contato sexual;
  • Risco de gravidez, porque alguns preservativos podem ser enfraquecidos por cremes que contém estrogênio.

Assim, o ideal é consultar o ginecologista para saber se é possível ter relações durante o uso do creme vaginal com segurança e tirar todas as suas dúvidas sobre o tratamento indicado.

100% dos leitores acham este conteúdo útil (4 avaliações nos últimos 12 meses)
Marque consulta com um Ginecologista perto de você!

Atendemos mais de 150 convênios em 9 estados do Brasil*.

Marcar Consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

  • Iremos publicar sua pergunta de forma anônima.
  • Faça uma pergunta clara, curta e sem incluir dados pessoais.
  • Não peça um diagnóstico ou 2ª opinião sobre tratamentos que já esteja realizando.
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta. O seu email nunca será publicado online.

Perguntas relacionadas

Usando pomada vaginal posso ter relação?

Normalmente, não é recomendado ter relações sexuais durante o uso da pomada vaginal, que serve para tratar...

Jonathan Panoeiro

Existe algum remédio para mau cheiro na vagina?

Não existe um remédio específico, ou pomada, que possa ser usado para corrigir o mau cheiro vaginal. No entanto,...

Dr.ª Janyele Sales

Existe algum remédio para mau cheiro na vagina?

Não existe um remédio específico, ou pomada, que possa ser usado para corrigir o mau cheiro vaginal. No entanto,...

Dr.ª Janyele Sales

Qual é o risco de ter plaquetas baixas?

O principal risco quando as plaquetas estão muito baixas é a hemorragia. Entenda porque isso pode acontecer, em que...

Dr.ª Janessa Oliveira

Qual o risco de morte na cirurgia de vesícula?

Sempre existe um risco de morte quando uma cirurgia é realizada. No caso da cirurgia de retirada de vesícula, esse...

Dr.ª Janessa Oliveira

Existe pomada para ressecamento na menopausa?

As pomadas para ressecamento na menopausa ajudam a melhorar a perda de elasticidade e permitem lubrificar a região...

Dr.ª Janessa Oliveira

Mais sobre este assunto

Usando pomada vaginal posso ter relação?

Normalmente, não é recomendado ter relações sexuais durante o uso da pomada vaginal. ...

Existe algum remédio para mau cheiro na vagina?

Não é esperado que a vagina apresente mau cheiro, portanto não há nenhum remédio ou pomada vaginal específicos para isso.

Coceira na vagina: 12 causas comuns (e o que fazer)

A principal causa de coceira na vagina é a alergia na região íntima, geralmente causada pelo uso de produtos íntimos ou calcinhas de...

10 pomadas para coceira na vagina (e como usar)

As pomadas para coceira na vagina, como miconazol, nistatina, isoconazol, dexametasona, metronidazol ou estrogênio, podem ser indicados...

Feridas na vagina: o que pode ser e o que fazer

As feridas na vagina podem surgir devido a alergias a roupas íntimas ou lesões, causadas por atrito com a roupa ou contato íntimo, mas...

Caroço ou bolinha na vagina: o que pode ser (e como tratar)

Um caroço ou bolinha na vagina é quase sempre sinal de inflamação das glândulas de Bartholin ou de Skene. No entanto, também...

Ardência ou queimação na vagina: o que pode ser (e o que fazer)

O ardor na vagina pode ser provocada por alergias, infecções como candidíase, alterações hormonais ou doenças na pele. Saiba o que...

Candidíase vaginal: o que é, sintomas, causas e tratamento

A candidíase vaginal é uma das infecções mais comuns na mulher, que causa sintomas como intensa coceira, inchaço e corrimento...