Fiz um toque e senti uma bola, o que pode ser?

“Tenho a sensação de ter uma bola na entrada da vagina e sinto dor quando tento manter relações sexuais. Também sinto a bola quando faço algum esforço com a barriga. Fiz um toque e consegui sentir a bola com o dedo. O que é isso?”

Dr.ª Janessa Oliveira

Farmacêutica e Bioquímica

CRF-SP 22143

Dr.ª Janessa Oliveira
Não tem agenda disponível
Buscar Ginecologista perto de você

Sentir uma bola na vagina normalmente se deve ao que é popularmente chamado de “bexiga caída”. O nome médico para o problema é prolapso genital. O que causa isso é a perda de sustentação dos órgãos da parte baixa da barriga, que passam a fazer peso sobre o útero. Isso faz com que o útero e a vagina sejam empurrados para fora, criando a sensação de “bola”.

Outros sintomas que podem estar presentes são:

  • Sensação de peso no pé da barriga;
  • Dor ou perda de sensações durante as relações sexuais;
  • Incontinência e outros sintomas urinários;
  • Dificuldades para defecar.

A obesidade é um fator que contribui para sentir a bola na vagina, assim como fazer esforços (inclusive para quem tem tosse ou intestino preso). Outros fatores também aumentam o risco de ter o prolapso:

  • Ter filhos (quanto mais filhos, maior o risco),
  • Ter dado à luz bebês muito grandes e pesados;
  • Trabalho de parto difícil;
  • Idade (o risco aumenta com o envelhecimento);
  • Histerectomia (retirada cirúrgica do útero);
  • Já ter realizado uma cirurgia para corrigir o prolapso genital.

Reduzir o peso e tratar doenças respiratórias pode fazer com que deixe de sentir a bola na vagina, em alguns casos. Mas é importante procurar um ginecologista para aliviar os sintomas e resolver o problema.

Alguns tratamentos são possíveis — o ginecologista determina o que fazer dependendo da gravidade do caso. Os exercícios são como uma fisioterapia que ajuda principalmente a reduzir os sintomas relacionados ao aparelho urinário. Pode ser indicado o uso local de estrógenos. Os pessários são um tipo de diafragma colocado na vagina, apoiado no colo do útero, para manter o útero no lugar certo. A cirurgia é indicada nos casos mais graves.

75% dos leitores acham este conteúdo útil (12 avaliações nos últimos 12 meses)
  • Iremos publicar sua pergunta de forma anônima.
  • Faça uma pergunta clara, curta e sem incluir dados pessoais.
  • Não peça um diagnóstico ou 2ª opinião sobre tratamentos que já esteja realizando.
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta. O seu email nunca será publicado online.
Marque consulta com um Ginecologista perto de você!

Atendemos mais de 150 convênios em 9 estados do Brasil*.

Marcar Consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Perguntas relacionadas

Carne crescida nas partes íntimas, o que pode ser?

O aparecimento de uma carne crescida, nódulo ou bolinha na região genital pode ter diversas causas, desde um cisto da glândula de Bartholin, prolapso genital ou verruga genital. Entenda melhor o que pode ser uma carne crescida nas partes íntimas e qual médico consultar.

Foto do autor do artigo Dr.ª Janyele Sales
Dr.ª Janyele Sales

Soltar gases pela vagina é normal? O que pode ser?

Gases que saem pela vagina, principalmente durante o ato sexual, são normais e conhecidos como "flatos vaginais". Entenda melhor porque acontecem, o que fazer para diminuir e qual médico consultar em caso de dúvidas.

Foto do autor do artigo Dr.ª Janyele Sales
Dr.ª Janyele Sales

Estou com uma espinha no seio, o que pode ser?

A presença de uma bolinha dolorosa no seio, que parece uma espinha, geralmente é sinal de infecção na glândula de Montgomery. Entenda porque isso acontece, como identificar e qual médico consultar.

Foto do autor do artigo Dr.ª Janessa Oliveira
Dr.ª Janessa Oliveira

Sangramento vaginal em uma idosa, o que pode ser?

O sangramento vaginal em uma mulher após a menopausa pode estar associado à terapia de reposição hormonal ou problemas ginecológicos. Entenda melhor o que pode ser o sangramento vaginal em uma mulher idosa.

Foto do autor do artigo Jonathan Panoeiro
Jonathan Panoeiro

Soltar gases pela vagina é normal? O que pode ser?

Gases que saem pela vagina, principalmente durante o ato sexual, são normais e conhecidos como "flatos vaginais". Entenda melhor porque acontecem, o que fazer para diminuir e qual médico consultar em caso de dúvidas.

Foto do autor do artigo Dr.ª Janyele Sales
Dr.ª Janyele Sales

Carne crescida nas partes íntimas, o que pode ser?

O aparecimento de uma carne crescida, nódulo ou bolinha na região genital pode ter diversas causas, desde um cisto da glândula de Bartholin, prolapso genital ou verruga genital. Entenda melhor o que pode ser uma carne crescida nas partes íntimas e qual médico consultar.

Foto do autor do artigo Dr.ª Janyele Sales
Dr.ª Janyele Sales

Mais sobre este assunto

Imagem ilustrativa do artigo Carne crescida nas partes íntimas, o que pode ser?

Carne crescida nas partes íntimas, o que pode ser?

O aparecimento de uma \"carne crescida\", nódulo ou bolinha na região íntima da mulher pode ter diversas causas.

Imagem ilustrativa do artigo Soltar gases pela vagina é normal? O que pode ser?

Soltar gases pela vagina é normal? O que pode ser?

Gases que saem pela vagina, principalmente durante o ato sexual, são normais. O ar que entra no canal vaginal durante a relação e sai sob pressão faz um barulho semelhante ao dos gases...

Imagem ilustrativa do artigo Dor no pé da barriga: 15 principais causas (e o que fazer)

Dor no pé da barriga: 15 principais causas (e o que fazer)

A dor no pé da barriga pode ter diversas causas, podendo ser indicativo de gravidez, má digestão, pedra no rim, prisão de ventre ou endometriose, por exemplo. Veja o que pode ser a dor no pé da barriga e o que fazer em cada situação.

Imagem ilustrativa do artigo Infecção no útero: sintomas, causas e tratamento

Infecção no útero: sintomas, causas e tratamento

A infecção no útero é uma infecção que pode causar sintomas como dor no pé da barriga, corrimento e/ou sangramento vaginal e febre, em algumas mulheres. Confira o que é a infecção no útero, sintomas, diagnóstico, causas e tratamento.

Imagem ilustrativa do artigo Candidíase vaginal: o que é, sintomas, causas e tratamento

Candidíase vaginal: o que é, sintomas, causas e tratamento

A candidíase vaginal é uma das infecções mais comuns na mulher, que causa sintomas como intensa coceira, inchaço e corrimento esbranquiçado. Conheça mais sobre a candidíase vaginal, sintomas, causas e tratamento.

Imagem ilustrativa do artigo Caroço ou bolinha na vagina: o que pode ser (e como tratar)

Caroço ou bolinha na vagina: o que pode ser (e como tratar)

Um caroço ou bolinha na vagina é quase sempre sinal de inflamação das glândulas de Bartholin ou de Skene. No entanto, também pode ter causas mais simples, como um pelo encravado ou uma espinha. Veja as causas mais comuns para o aparecimento de um caroço na vagina e o que fazer em cada situação.

Imagem ilustrativa do artigo Feridas na vagina: o que pode ser e o que fazer

Feridas na vagina: o que pode ser e o que fazer

As feridas na vagina podem surgir devido a alergias a roupas íntimas ou lesões, causadas por atrito com a roupa ou contato íntimo, mas também pode indicar doenças sexualmente transmissíveis, como sífilis, cancro mole ou herpes genital. Veja as principais causas de feridas na vagina e o que fazer.

Imagem ilustrativa do artigo Ferida no colo do útero: o que é, sintomas, causas e tratamento

Ferida no colo do útero: o que é, sintomas, causas e tratamento

A ferida no colo do útero é a presença do revestimento do interior do útero no colo uterino, podendo causar sintomas como corrimento branco ou amarelado, sangramento vaginal ou dor no pé da barriga. Confira o que é a ferida no útero, sintomas, diagnóstico, causas e tratamento.